madeixa

Out of my body || Astrid + (?)

Não achou um pouco afastado?  Deu de ombros confusa mas mesmo assim atendeu ao pedido. Tirou as sandálias e caminhou na grama levemente molhada com seus pés descalços para onde havia lhe dito para ir, Astrid deixou que um suspiro escapasse pelos lábios entreabertos para depois uni-los em uma linha reta. Os olhos castanhos claros se fixavam na paisagem a sua frente, com o vento agradável e gelado batendo em seu rosto e deixando suas medias madeixas livres. Ouvia-se o som tão agradável de Mumford & Sonds que lhe trazia uma calmaria boa. Ela se sentou na grama deixando as sandálias ao seu lado e encolheu as pernas abraçando os joelhos e apoiando o queixo.

Preferiu ficar em pé e bem encostada no coqueiro, estava assustada com a possibilidade de alguma formiga a ferrar e agora com a possibilidade de um coco cair em sua cabeça. Ufa pensou consigo mesma ao ouvir a voz da pessoa, mas ainda assim não estava tranquila com as possibilidades   Eu quero ver só o que você vai me dar em troca se caso eu te vença… E somos dois, porque tem um terceiro copo aqui? Ela olhava dentro da sacola totalmente curiosa e ansiosa sobre o que fariam ali em breve.

                                                                                                                                                        @lottiex

Se tinha alguém que entedia-lhe sobre o quão tediosos e monótonos eram aqueles eventos, esse alguém era a princesa da Inglaterra. A marquesa discretamente procurava a amiga com o olhar, visto que as máscaras atrapalhavam bastante na hora de reconhecer quem era quem, mas os cabelos quase brancos da garota eram um ponto fraco para revelarem sua identidade. Na ponta dos pés, Florence enxergou as madeixas alheias inconfundíveis de relance, mas não tardou a disparar até a garota. De costas para ela, Florence cochichou discretamente “Aposta quanto que uma garrafa de vinho em um esconderijo podem ser mil vezes melhores do que esse baile?” provocou, rindo em seguida, baixinho. “Sabe onde me encontrar.” murmurou então, se afastando da loira como um fantasma que desaparecia, usando de toda a sua habitual discrição para ir até um dos esconderijos secretos do castelo, abaixo de uma escada aparentemente maciça, junto de uma garrafa de vinho que havia roubado da caótica cozinha antes mesmo da festa começar. Ali, sentada e finalmente podendo livrar seu rosto da incômoda máscara, Florence abriu a garrafa e tomou um gole à espera de Charlotte.

@chuck-sprouse

Jason e sua banda foram convidados para que tocassem não só no desfile de Peyton, como também no de Kylie, o que traziam a todos os integrantes grande empolgação. Um show daqueles era um grande passo na carreira de cada um dos cinco amigos. A sensação de estar ali, catando enquanto as modelos desfilavam os looks, Jason interagia não só com a platéia, mas também com elas. A guitarra começara a soar enquanto o cabeludo, após remexer as madeixas, caminhava pela passarela antes da música começar e quando sua deixa fora dada, levou o microfone aos lábios. “Nicky’s in the corner With a black coat on Running from a bad home With some cat inside.” Piscou para a câmera e quando virou-se para voltar a seu lugar, ela entrara na passarela. Charlotte. Sua Chuck. “Now where did you find her Among the neon lights That haunt the streets outside…” Andara de contra a ela, seus olhos fixos naqueles que tanta falta sentira e era provável que muitos ali percebiam tal atração. “She says… stay with me.”

Desiderio

Eu já decidi, não adianta mais fugir
cheguei a conclusão
de simples compreensão
que na próxima oportunidade que surgir
na noite que cair
te colocarei em uma cama
despida de todo o drama
te deixarei amarrada pela sensualidade
e impedida de qualquer lucidez.
No nosso ninho de loucura
tua pele branca, quente e nua
as madeixas sempre curtas
como uma gueixa do ocidente
e o olhar de menina pura
com gosto de pura aguardente.

H.

Friday I’m in love | Jily

@allhailpotter

Lily Evans se encontrava nervosa e, na verdade, não se lembrava de ter estado mais nervosa do que isso antes. As veias pareciam pulsar, vibrar em ansiedade pelo que estava a esperando no dia, o coração desgovernado batia tanto que parecia ser capaz de sair por sua boca, algo que estava acontecendo já há algumas semanas com a dona das madeixas avermelhadas. Depois de tanto tempo tendo uma impressão errada de James Potter quando se tratava de seus convites para sair, a garota teve provas totalmente contrárias quando permitiu abrir-se mais para que ele a demonstrasse tudo. Depois de ter sido confrontada por ele sobre estar apaixonada e acabar se dado contra do fato, novamente algo do qual o maroto já tinha percebido muito antes dela, o chamou para sair. Proferiu perfeitamente as palavras “go out with me, Potter” para ele, ato que achou completamente justo e merecido depois de ter o melhor amigo a chamando para sair tantas vezes e sendo dispensado com as palavras de que “we’re just friends, James”. A garota agora queria fazer daquilo especial, um encontro que nenhum dos dois se esqueceria.

Tinha conversado com Remus e Sirius sobre a ideia de levar Jamie para York, local em que nascera e praticamente seu lugar favorito. Tinha a ideia de um jantar ao ar livre, tendo ajuda no quesito cozinhar já que era péssima no que dizia respeito à culinária, não importando o quanto se esforçasse. Rems então ofereceu-se de bom grado em pegar a ideia que Lils tinha e colocar em ação, assim quando ela chegasse lá com o moreno tudo estaria em seu devido lugar para os dois. Já estava nervosa e, quando recebeu a mensagem do amigo Lupin dizendo que tudo havia sido precisamente arrumado, tal nervoso aumentou. Tinha passado um bom tempo decidindo até mesmo o que ia usar, mas isso porque não parava de andar de um lado para o outro dentro do dormitório, escutando inclusive um comentário brincalhão de Mary dizendo que a ruiva acabaria por fazer buracos no chão por não parar quieta. Por fim, pelo amor que tinha por saias, acabou vestindo uma preta com meia calça para não passar frio, e seus coturnos. Escolheu uma blusa quentinha vermelha, enquanto as madeixas vibrantes e onduladas foram simplesmente mantidas soltas, e ela não usava nada mais do que a maquiagem usual: o delineador e o gloss de cereja que ele tanto gostava também. Pegou a mochila com alguns itens que poderia precisar caso eles fossem mesmo ficar mais do que apenas a sexta no lugar, como já comentado por ambos. Ao sair do quarto para encontrá-lo, bateu na porta dos marotos enquanto mexia compulsivamente na pulseira que o dono dos óculos retangulares lhe dera, como que em uma maneira de distrair-se das sensações que tomavam a garota, vez ou outra mexendo também em sua corrente de corça.