luto-eterno

Era um domingo normal, e uma noticia acabou o dia, a noite, a semana, a vida. As vezes é difícil acreditar que você não vai voltar mais, e a cabeça mais uma vez se enche de perguntas, 98% delas não tem respostas o que me deixa completamente triste, mais uma vez. Os olhos se enchem de lágrimas ao lembrar do seu sorriso, da sua voz, de você e elas rolam a perceber que não vou mais seu sorriso ver, sua voz ouvir, que perto de mim não irei mais te sentir. Na cabeça um filme de todos os momentos que tivemos juntos se passa, e a saudade mais uma vez invade destruindo a fortaleza que tento construir a alguns dias. Porque você se foi? De saudades vou viver. Mas tenho a esperança que um dia irei te reencontrar e de saudades não viverei mais. Enfim, desculpa por não ter dito antes, Eu te amo.
— 

Eterno, Hugo Borges.

 Érica Matos.

Ele me ajudou a me segurar nos meus primeiros passos, foi com ele que eu dei os melhores abraços
Hoje eu sinto falta daquele cara que me ajudou a enfrentar a vida
Hoje só há saudade da sua partida, momentos bons eu levo comigo
E deles faço o meu abrigo
Fecho os olhos e vejo como era bom
Jogar bola na praia e soltar pipa e rabiola
Passar o domingão no Maraca
Vendo o nosso Mengão ganhar vendo aquele brilho intenso no teu olhar
Sei que muitas das vezes vacilei contigo
Mas sempre fiz de ti o meu melhor amigo
Segredos com você compartilhei e nos piores momentos contigo eu chorei
Meu herói, onde eu irei honrar teu nome, faço dele meu orgulho e meu escudo
Vou explanar que você foi e é o cara melhor do mundo
Lágrimas rolam pelo rosto…

Peito travado os meus olhos estão ficando embaçados. Queria te abraçar agora pai
Saudade no meu peito corroi, sei que ainda vamos nos reencontrar e dos nossos velhos momentos vamos recordar
Toda noite faço a minha oração, peço ao meu Deus que você esteja em boas mãos
Seu filho vai ser um grande vencedor do jeito que tu sempre sonhou

Obrigado pai pelo grande herói que foi em minha vida me ensinou a sempre a perdoar e que rancor não devemos guardar
Vou terminando por aqui, e você continua olhando por mim Saudade bate a todo momento mas é dela que eu tiro o meu grande fortalecimento.

—  Eu te amo e não é pouco, e sei que isso vai ser eterno! Meu herói, meu pai. (T.H Oliveira)
É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser, quando me lembro de você
Que acabou indo embora, cedo demais
Quando eu lhe dizia, me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse: Eu gosto de você também
Só que você foi embora cedo demais
Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Dias assim, dias de chuva, dia de sol
E o que sinto não sei dizer
Vai com os anjos, vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade, até a próxima vez
É tão estranho
Os bons morrem antes
E lembro de você e de tanta gente que se foi cedo demais
E cedo demais. Eu aprendi a ter tudo que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz
Do resto não sei dizer
Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mas eu sei
Que você está bem agora
Só que neste ano eu sei que o verão acabou
Cedo demais.
—  Os bons morrem jovens, Legião Urbana.