lprats

“Nós estamos juntos em algum lugar.Bem, é sempre melhor quando estamos juntos. É sempre melhor quando estamos juntos. Eu acredito em memórias, elas parecem tão bonitas quando eu durmo. E quando eu acordo você parece tão bonita dormindo perto de mim. Mas não há tempo o suficiente. E não há nenhuma música que eu poderia cantar. E não há uma combinação de palavras que eu poderia dizer . Mas eu ainda vou te falar uma coisa . Somos melhores juntos. ” (Better Together - Jack Johnson)

Desculpa, mas é que… Bom, você já deve ter notado isso… Eu sou uma suicida em potencial. Sou sustentada por um fio prestes a arrebentar.

é, as coisas nunca vão ser simples.. é, nada vai ser como eu quero, ou muito menos quando eu quero. Eu devo estar numa outra órbita, ou indo na contra-mão, porque não é possível! eu queria ser forte, eu queria ao menos conseguir demonstrar isso.. eu queria não ligar, eu queria ser fria, e queria poder deixar tudo se foder sem me esforçar pra mudar qualquer coisa. eu… eu sei lá. sou muito sei lá. tô muito sei lá. sei lá por que.

“I feel so close to you right now, It’s a force field.”

to viciada nessa música.. mesmo sem me sentir próxima de alguém.. mesmo não me sentindo próxima de ninguém. Eu ando me afastando de tudo que tenta me cativar, e de tudo que me é desagradável. Eu cansei. Cansei de ter que resolver as coisas.. de ver tudo dando errado, pra depois juntar os cacos, e dar certo, ou dar errado novamente e tentar arrumar novamente, e novamente e novamente … Não ando tendo paciência pra todo esse processo. É tão mais fácil ficar evitando. Pelo menos eu só tenho um trabalho. O de evitar. e ponto. O arrependimento e a culpa não são trabalhos, são as cruzes que tenho que carregar.. nada mais que isso. Olha só, a garota que dizia não se arrepender de nada. Eu não acho certo mesmo não.. Continuo com a minha teoria de que aconteceu porque tinha acontecer! Mas esse nozinho que fica na minha garganta é alguma coisa. É, infelizmente é. AH, FODASE. Não é essa a resposta mais banalizada pra tudo e todos? Acho que é o lema dos que se afastam, dos que evitam. O meu lema, ultimamente. Não eu não sinto ninguém tão perto agora, quando eu senti não estava e não pretendo e nem quero sentir tão cedo. Quero me amar mais, antes de se quer pensar em gostar de mais alguém.

eu já não sei mais se é insegurança, medo ou.. ou se eu.. só faço isso isso porque ainda gosto de você. eu tento mostrar a todos e provar pra mim mesma que a última opção está descartada, mas.. eu acho que só sei finjir bem, manipular mentiras, e tenho um sorriso de “estou bem, acredite” mais falso do que qualquer outra coisa em mim. Por que diabos eu ainda me importo? Por que as coisas ainda me lembram você, droga! já passaram alguns meses.. parei de contar depois dos três.. e eu não vou contar agora. Não por preguiça, mas por que me dói de algum modo saber disso.. Afinal, esse é o mesmo tempo de namoro que vocês tem né? Eu ás vezes fico pensando se você pelo menos guardou as cartas que te mandei.. as vezes fico pensando o que você fez com o perfume que eu te dei, ou o que você faz quando vê a árvore que entalhou nosso nome (porque você a vê!)… Eu fico pensando se fui tão importante pra você , quanto foi pra mim.. e as resposta pra isso tudo me vêm quando eu idiota fico fuçando nas suas redes sociais e vejo vocês mandando declarações de amor um pro outro, vejo fotos dos dois se beijando, se abraçando, rindo, sendo felizes.. vejo você chamando ela do mesmo jeito que me chamava.. vejo você sendo mais feliz com ela do que eu acho que foi comigo.. PUTA QUE PARIU que merda de vida! Vou me apaixonar logo pelo primeiro otário que me fez feliz, só isso, só me fez feliz. E o pior, o otário ainda já tava amando.. Fui só o step. SOU UMA OTÁRIA MESMO. Ach que já apagou tudo meu que existia em você, ou no seu quarto, ou na sua gaveta. Se você não fez isso, ela fez, tenho certeza. E por incrível que pareça eu não desejo o pior pra vocês.. até porque pra mim o pior são vocês juntos né, mas enfim. Eu só não queria ter essa sensação deter usada e descartada. só isso. p.s: eu nem te odeio tanto assim..

Provocar reflexão é uma necessidade, não “heroísmo”; o que eu faço aqui é tentar mostrar um sentido e valor na existência. Os que fazem por modinha ou fama eu só observo.

- Vinícius Camani

e quando você não sabe o que fazer? e quando tudo parece nada e o nada parece tudo? e quando você prefere fugir do que encarar? e quando não se tem resposta pras suas perguntas? em? quando ouvir música no último volume, ignorar, ou sonhar são suas únicas formas de “escapar”. eu não sei se quero, não sei se sinto falta. não sei mais nada.

ando pensando tanto que as vezes paro e me pego em transe. ando ignorando tanto as coisas que faço isso até sem querer. ando fazendo o que não quero pra agradar e não fazendo o que quero com medo. ou sei lá, receio. a maldita ferida que não cicratiza e o maldito você que eu nunca paro de pensar. que droga. até quando vai ser assim? eu otaria que faz tudo errado, eu otaria que não sabe esquecer, eu otaria que me afasto de tudo que tenta me fazer feliz. eu otaria. e só. sozinha.

hoje eu te vi de uma maneira diferente. nunca tinha te levado tão a sério… nunca tinha sido legal com você.. sei lá, pode ser que me arrependa por ter sido tão sincera, por ter demonstrado sentimentos, ou talvez não. Bom, nunca se sabe. E você é a minha maior dúvida.

eu, bom, eu nunca fui boa com palavras e nem com sentimentos. eu nunca soube demonstrá-los e sempre tentei esconde-los das outras pessoas. eu engolia o choro quando brigava com a minha mãe pra não demonstrar fraqueza, assim como eu me segurava pra não abraça-la pra não demonstrar o quanto a amava, eu nunca quis demonstrar meus sentimentos eu sempre os escondia o máximo que eu podia. por que? não sei. talvez medo, medo do que eles poderiam fazer comigo. é acho que eu tinha um trauma de algo que ainda não tinha acontecido, mas é, aconteceu. Acho que eu demonstrei demais, me doei demais, me entreguei demais, me joguei de cabeça sem sequer imaginar algum obstáculo, e hoje eu vejo que errei, que pequei nisso, e vejo que é tarde demais. eu não sei se agora consigo demonstrar tudo o que sinto, acho na verdade que é impossível fazer isso…. mas como todo mundo dizia quando eu tava no meio da tempestade que era ter te perdido, PASSA! e o melhor, você APRENDE! Não sei se vou saber não me fuder tanto daqui pra frente, mas você ter sido tão estúpido, tão imaturo, idiota, e aaaaaahrgh NOJENTO quando terminou comigo me fez aprender muito, me fez amadurecer, me fez ser forte, gostar de viver, gostar de mim mesma, e saber demonstrar, e principalmente saber pra quem demonstrar. Eu não choro na frente das pessoas, porque pra elas não posso demonstrar que ainda é um ponto fraco em mim, não fico triste por sua causa perto da minha mãe porque tenho que mostrar pra ela que passou que não me importa mais, tento mostrar pra você que eu “tô por cima” mesmo me sentindo como uma poeirinha no seu pé.. eu tento não demonstrar e tento demonstrar, eu TENTO. nem sempre eu consigo. porque afinal, eu nunca fui boa com sentimentos e ainda virão muitas paixões, e muitas decepções, e muitos outros sentimentos com os quais eu vou ter que aprender a lidar.

suspiro. penso. paro. eu não sei se estou tentando te esquecer ou tentando me lembrar de você, mas sei que você tá muito presente ultimamente.. e quanto mais eu fuço ou quanto mais eu fujo, mais você aparece, mais você me persegue… e mais eu me desaponto, e mais eu fico triste e.. se fosse a uns três meses atras eu ainda iria chorar. mas agora não. simplesmente porque eu não sei mais se o que eu sinto é ódio ou amor por você…. e pelas nossas lembranças. malditas lembranças……………. benditas lembranças. lembranças. a única coisa que restou de você em mim.

tanto tempo passou, tanta coisa mudou. a pessoa que eu considerava mais importante que tudo pra mim agra não tenho nem no facebook. e quem eu nunca dei muito valor que tá comigo agora. a amizade reforçou, brinquei mais, sorri mais, saí mais, dancei, gritei, chorei, mas passou. e agora tudo é tão mais fácil e TÃO MELHOR! na boa, foi bom, foi, e quando foi pra ser ruim então……. mas agora fi, EU TO NA PAZ, minha vida tá sem rumo, e assim tá bom demais.