Imagine com Louis Tomlinson

“Pedido: Faz um com o Louis em que eles têm uma filha juntos só que o Lou não dá muita atenção para e fica brincando só com o Freddie e a filha deles acham que o Louis não gosta dela pois ela é menina”

 Ficou um pouco curtinho, mas boa leitura! 

~~~~~~~~~~

– PAPAI –  Louise gritou animada assim que viu o pai entrando com o irmão mais velho.  

 – Oi. – Louis disse curto. – Freddie quer comer ou beber alguma coisa? – Abaixou-se para falar com o menor.

– Estou com muita fome, pai. – O menino respondeu. – Oi S/n. – Acenou para mim.

– Oi garotão, como você está hoje? – Baguncei o cabelo do menino que gargalhou.

– Pai? Você prometeu que iria montar minha casinha. – A voz fina de minha filha ecoou pela sala.

– Eu faço isso outro dia Louise, eu vou no jogo do Doncaster Rovers com o Freddie hoje. – Louis tentou me dar um beijo, mas eu desviei. – O que foi? – Perguntou, mas eu neguei com a cabeça.

– Mas papai, você nunca tem tempo. – Cruzou os braços fazendo bico. - Eu não sei quando você vai ficar de folga novamente.

– Não quero ficar bravo com você logo de manhã Louise. – Louis engrossou a voz.

A menina não disse mais nada, apenas saiu da sala e subiu para o seu quarto batendo os pés.  

– Sua filha está ficando muito mimada, S/n. – Louis cruzou os braços.

– Vai se fo… – Parei logo que lembre que o Freddie ainda estava na sala. – Você é um idiota, Tomlinson. – Falei e deixei-os sozinhos na sala e fui em direção ao quarto da minha filha.

Freddie foi um fruto de um relacionamento rápido de Louis, no real muito rápido, ele conheceu a Briana em um pub e ela engravidou. Enquanto eu e ele, apenas tínhamos uma amizade colorida e depois de dois meses que Freddie nasceu, Louis me pediu em namoro e dois anos depois nos casamos e eu engravidei. Meu relacionamento com Freddie sempre foi muito bom, o trato como se fosse meu filho e o mesmo ficou muito contente quando soube que iria ganhar uma irmãzinha, ao contrário de Louis.

E agora o menino está com 9 anos, um verdadeiro homenzinho, lindo e adorável. Ele passa final de semana sim, final de semana não aqui em casa. Louis vira outra pessoa quando está com Freddie e isso afeta muito a minha filha, já que ele a deixa de lado as vezes, a minha pequena sempre tenta fazer de tudo para agradar o pai, tem vários uniformes do time favorito dele, até já me pediu para colocá-la em uma escolinha de futebol, para que talvez possa passar mais tempo com o pai.

 

– Meu amor? – Sussurrei entrando no quarto de minha filha. – Lou? – Minha filha estava de bruços na cama e seus soluços já ecoavam pelo quarto todo. – Ei meu bebê. – Corri para cama, pegando minha filha a colocando em meu colo. – Você está assim por conta do seu pai? – Perguntei e a menina assentiu e me abraçou, colocando suas mãozinhas pequenas em volta do meu pescoço e deixando seu rosto em meu peito.

– Por que o papai não gosta de mim, mamãe? – Perguntou com a voz embargada pelo choro. – É por que eu sou uma menina?

– Não meu amor, não é nada disso. – Ela me olhou.

– É sim mamãe, ele prefere o Freddie porque ele é um menino. – Voltou a deixar a cabeça encostada em meu peito.

– Ele ama você e o Freddie igualmente, não há nenhuma diferença entre vocês. – Segurei seu rostinho delicado, limpando as lágrimas que caiam com os polegares. – Acho que seu pai só tem medo de te machucar, você sabe como eles são brutos. – Sussurrei e então ela me olhou com aqueles olhinhos azuis que estavam cobertos por lagrima.  

– Eu sei que não é isso mamãe. – Fungou. – Ele é tão legal com o Freddie e comigo ele é chato. – Cruzou os braços.

– Ele é um bobão, mas eu prometo que vou conversar com ele sobre isso ok? – Perguntei dando beijinhos em seu rosto.

– Você já fez isso mamãe. – Suspirou.

– Já estamos indo. – Louis parou na porta e entrou no quarto quando viu Louise chorando. – O que aconteceu Louise? – Sentou-se na cama ao nosso lado.

 – Por que você não gosta de mim, papai? – Foi direta.

 – Da onde você tirou isso, Louise? – A pegou no colo. – Eu te amo.

– Você nunca me dá atenção e sempre é chato comigo, você prefere o Freddie. – A menor cruzou os braços e saiu do colo dele. – Você prefere ele porque é um menino. – Ficou em pé na nossa frente.  

– Não é nada disso, meu amor. – Tentou relar na menininha. – Eu amo vocês dois e não é só porque você é uma menina que eu te ame menos, pelo contrário, eu te amo mais que tudo na minha vida. – Pegou a menina no colo. – Você e a sua mãe são as mulheres da minha vida.

– Por que você não me dá atenção, papai? Eu sinto falta de você. – Deitou a cabecinha no peito do pai.

– Eu prometo que vou melhorar, ok? – Abraçou a menina. – Vou pegar férias e nós vamos viajar, que tal? – Falou e a menina o olhou animada.

– Isso é sério? – Deu pulinhos em seu colo. – Você é o melhor pai do mundo. – O abraçou.

– Eu te amo muito. – Apertou ainda mais a garotinha. – Agora quem quer ir no jogo do Doncaster Rovers? – Falou animado e menina pulou do seu colo.

– EU VOU PEGAR MEU UNIFORME. – Louise correu animada parando em frente do seu guarda-roupa.

– Eu te amo. – Me selou. – Desculpe por isso.

– Está tudo bem, amor. – O abracei. – Ela te desculpou, está tudo bem agora. – Louis sorriu.

instagram

B A C K T O Y O U inspired makeup
#Preview ✨

Made with Instagram
2

I’m proud of who I am
No more monsters, I can breathe again
And you said that I was done
Well, you were wrong and now the best is yet to come
‘Cause I can make it on my own
And I don’t need you, I found a strength I’ve never known
I’ll bring thunder, I’ll bring rain, oh
When I’m finished, they won’t even know your name

You brought the flames and you put me through hell.
I had to learn how to fight for myself
And we both know all the truth I could tell
I’ll just say this is “I wish you farewell”.

I hope you’re somewhere prayin’, prayin’
I hope your soul is changin’, changin’
I hope you find your peace
Falling on your knees, prayin’.