louca por ele

Um final trágico.

Ela era louca por ele, e ele louco por ela… Os dias iam passando, ela se afastando, aos poucos eles mal enviavam um simples “oi” por mensagem, e assim tudo ia se acabando, virando um nada, no fundo ela queria, mas… o medo de se machucar era maior. E assim aconteceu, os anos passaram, ela mal lembrava de sua existência, mesma coisa com ele, eles se bloquearam com o passar dos anos, como se nada tivesse acontecido. Até um dia, que eles simplesmente se esbarraram, em um super mercado, só podia ser o destino pois o lugar estava lotado, naquele momento, o nada virou tudo novamente, seus olhos se encheram de lagrimas, ela sentiu tanto a falta dele, daqueles olhos, daquela boca, mas por medo, tudo havia ido embora, pra um caminho sem volta! E ela sabia disso, por isso, ela engoliu seu choro e tudo que estava sentindo ali, com uma vontade de sair correndo mas ao mesmo tempo não, ele simplesmente colocou a mão em seu rosto, limpando poucas lágrimas que haviam caído, com um sorriso no rosto, ele disse: Bom te ver. Ela já estava desesperada mas não mostrava, apenas respondeu com um leve sorriso forçado e verdadeiro por dentro, e se foi, saiu andando. Uns iram pensar porque ela não ficou mais ali, mas é assim o medo, te impede de fazer as coisas, o futuro. Não deixe as coisas simplesmente acontecerem, se você acredita em algo, tente, tente até não ter mais forças… A força você recupera com o tempo, mas o medo, ele só aumenta.

Autora: Karla Ouverney

E ele vai, e eu sei que uma parte de mim segui junto com ele. Não sei dizer perfeitamente o que é, mas que faz uma falta danada. O engraçado, é que ele tem esse domínio de me deixar perdidamente enfeitiçada, louca de amores por ele. E como não deixaria,  tendo essa facilidade surpreendente de me deixar feliz.
—  E ele vai e a saudade bate.

anonymous asked:

hey, eu amo tanto esse tumblr namoralzinha ♡♡♡ eu já tinha vindo aqui como gringa um tempinho atrás e disse que amo esse tumblr mas sempre bom relembrar ushaush <3 Poderia fazer icons do baek com touca do casaco? eu sou louca por ele assim, obgg c:

aqui amor~~

muito obrigada mesmo fsdfksdofksd ♥♥ espero que goste dos icons~~

É ele meu namorado, todo errado, todo largado, sem relógio no braço faz sua hora, chega e sai nem diz onde vai. Eu? Sou o oposto dele, a certa da relação, quem diria que uma menina como eu ia amar um garanhão. Mas já são meses, se bobear, podemos dizer anos, se batendo, se conhecendo, se namorando. Hoje eu sou louca por ele, larguei meu mundo, e to entrando no dele - o porque eu não sei - apenas me apaixonei como alguém que cai do céu, gradativamente, sem ao menos pensar nos pôs e contras. Cai naquela lábia, viciei no seu sabor, tomei gosto pelas aventuras e me enlouqueço de tanto amor. Ele me leva onde ninguém nunca me fez conhecer, me faz querer mais, me faz ser aquela que nunca sonhei, menina mimada, que de santa não tinha nada, tomou gosto pela louca que era amar e viver com alguém tão errado ao ponto de ser certo, com seus próprios ideais faz do mundo seu ponto de paz. Mal sabe ele que pode ter tudo de mim, do início ao não fim, vou ser dele, como toda dama que tem o seu vagabundo. Eu te amo.
—  Sem-sentidoa
Por mais que a raiva tome conta, por mais que eu rasgue as suas correspondências, por mais que eu arranhe seu carro toda vez que você estaciona para trabalhar. Por mais que eu tenha clonado sua secretaria eletrônica e apagado todos os seus recados. Por mais que eu tenha arruinado seus encontros e dito para aquela loirinha que você fede, eu te amo. E faço tudo isso pra que você perceba que nada vai dar certo se você não estiver comigo.
—  O amor ta tão na moda
— Vai sentir minha falta?
— Provavelmente não e você?
— Provavelmente sim.
— Porque?
— Você me distrai.
— Não, é porque você me ama, admita.
— Eu não amo você.
— Mas gosta do meu cabelo.
— Ele é bagunçado.
— Gosta do meu corpo.
— Você é magrinho.
— Ama caras altos, assim como eu.
— Você parece uma girafa, é horrível.
— Ta, mas você adora meu amiguinho aqui em baixo. Sei que é louca por ele, fala a verdade.
— Hm, é razoável, já vi melhores.
— Não me magoa.
— Não me estressa.
—Você é linda, sabia?
— Ta.
— O que você tem?
— Nada.
— Sabe que eu te amo né?
— Mentiroso. 
— Gostosa.
O silencio permaneceu durante um tempo. A lua apareceu para iluminar a noite, e isso a fez ficar sonolenta. Estava prestes a se entregar ao sono quando o ouvir sussurrar:
— Ei, também vou sentir sua falta.
É normal ter aquelas paixõezinhas de escola, eu já tive várias, mas teve uma em especial que eu realmente amei de verdade.. Foi aquele garoto lindo que fazia palhaçada, que eu amava mexer no cabelo dele, que fazia hora com minha cara (mas eu gostava, afinal ele né!) que estudou comigo desde o 5º ano, mas que só fui sentir algo por ele no 9º ano. Eu simplesmente era louca por ele, fazia de tudo pra ficar perto dele, ajudava ele no que eu podia, as outras pessoas da sala e até professores diziam que eu gostava dele, eu sempre negava, é claro, mas no fundo eu sabia que eles tinham razão, diziam que ele gostava de mim também e como eu queria que tivessem certos… mas se ele gostava de mim ou não, isso eu nunca vou saber. Eu amava quando ele ficava me perturbando com as besteiras dele, quando me cutucava, fazia cosca.. lembro que uma vez uma professara viu ele fazendo cosquinha em mim e disse que a gente parecia um casal de namorado, bem que poderíamos ser, mas infelizmente ele se mudou, perdi o contato com ele, mas espero que um dia eu possa encontrar com ele de novo.
—  Relampejaste - (sobre aquele menino que nunca vou esquecer)