louca apaixonada

você não sabia, baby, mas o sol roubou um planeta anão e talvez tenha roubado mais uns planetas por aí. você não sabe porque sou sempre eu quem pesquisa essas coisas loucas pelas quais sou apaixonada e você só olha o céu pra admirar a lua. lá em cima é imenso, baby, e você é só um grão.

Saudade

Realmente, com saudade não se brinca, dói, machuca, da vontade de sair correndo de onde está, pra fuzilar essa saudade..
Mas se tem saudade, é porque tem amor. Saudade pode até doer, mas não vai doer mais do que o abraço apertado que vou te dar quando te encontrar..mas com muito carinho, claro. Saudade é um sentimento incrível, tem gente que fala que é tranquilo..mas um dia quero escrever saudade em um tijolo e jogar na cara dessas pessoas pra elas ver como saudade dói.
Eu gosto de sentir saudade, porque depois na volta, vai ter mais amor, e quem ama de verdade, com a saudade o amor só aumenta. Na despedida..“Vou sentir sua falta, e muita saudade também..” mas quando retorna, é aquele sorriso de ponta a ponta entre as orelhas, dela pulando no meu colo pra me abraçar como louca apaixonada. Enfim, eu estou com muita saudade dela.

- Guilherme Marques.

Desastrada, louca, neurótica e apaixonada por você. Azarada, maluca e grossa, mas apaixonada por você. Confusa, malcriada, sem freio na língua e apaixonada por você. E apaixonada por você e apaixonada por você.
—  Metáforas sobre nós.
Eu sonho em um dia, alguém se ajoelhar com um buquê de rosas em mãos e se declarar para mim no meio de um lugar público. Seria muito pedir e desejar uma loucura de amor assim? Talvez para mim, sim. Afinal, ninguém nunca foi capaz de fazer algo do tipo por mim. Ninguém nunca me fez uma declaração, ou bancou o louco demonstrando seu amor por mim. Esse papel sempre foi o meu. Sempre sou eu quem faço esse tipo de coisa. Por que agora seria diferente? Sempre me iludiam dizendo que iriam fazer tal coisa, e nunca fizeram. Quanto a mim, bom, sempre aguardava ansiosa por isso. Na verdade, o papel de louca apaixonada sempre pertenceu a mim. Sempre sou eu quem faço as tais loucuras de amor por alguém. Sempre fui eu a responsável por dar carinho, demonstrar afeto, quando na verdade a pessoa que mais precisava ganhar carinho e afeto, era euzinha aqui. Só queria que pelo menos uma vez na vida, alguém cumprisse com sua promessa. Já estou tão acostumada com faladores, que hoje é impossível acreditar em uma palavra sequer de alguém.
—  Sempre
Vou logo deixando claro, eu gosto mesmo é quando você me chama por um apelido carinhoso. Vou logo deixando claro, eu gosto é quando você me abraça por trás e prendendo meus braços, retruca: vai amor, tenta se soltar. Vou logo deixando claro, eu gosto é quando você me senta em seu colo, dá um beijo em meu pescoço, faz aquele carinho gostoso - que deixarei bem claro- só você sabe fazer… Vou logo deixando claro, eu gosto é quando nossos lábios se encontram, e se beijam deliciosamente como no nosso primeiro encontro. Vou logo deixando claro, sou uma louca e eterna apaixonada por você.
—  Tati Bernardi
A primeira vez em que te notei foi como ser nocauteada. Tive medo da dor, mas mesmo assim enfrentei, encarei, olhei. Fiz força para te ouvir falando de outras e com outras, e fiz mais força ainda para acreditar que a única que mexia com o seu coração era eu. Tive receio de me abrir tão completamente que depois não conseguisse me fechar novamente. Ler seus olhos, seus lábios, seus gestos, se tornaram um passatempo atraente em meio ao tédio da minha rotina. Ver você me olhando com esses olhos castanhos e a alma transparente era como entrar em êxtase e eu pensava que nunca mais algo poderia me atingir. Mas sempre alguma coisa me atingia, me deixava perdida, louca, apaixonada, sofrendo com sensações e sentimentos que nunca haviam se instalado em mim antes. E essa coisa, acredite, era você. Era você, é você, e sempre será você.
—  JE T'AIME.