livros da magia

Scorpius não poderia estar mais relaxado do que naquele momento. Respirava lentamente enquanto lia um de seus livros favoritos de História da Magia – pela centésima vez. Conseguiria imaginar as pessoas o julgando apenas com os olhares por ele estar lendo um livro como aquele. Mas, não conseguia evitar, amava os fatos tanto quanto amava duelar. Por isso, ao menos poderia reparar se estivesse alguém perto dele, só conseguia se importar com as palavras.