livro-de-receitas

SANGRIA DE CHAMPANHE E FRUTOS VERMELHOS

SANGRIA DE CHAMPANHE E FRUTOS VERMELHOS

Tinha-me esquecido completamente de partilhar aqui esta receita…fiz para o dia dos namorados mas não sei porque é que nunca mais a publiquei…esta receita é do chefe HSP e é simplesmente divinal..agora que o calor começa apertar, é excelente!

INGREDIENTES (4 pessoas):

  • 1 garrafa de champanhe, 1 garrafa de vinho rosé, 1 garrafa de gasosa, 1 molho de manjericão, gelo q.b., 1 embalagem das pequenas…

View On WordPress

Bolo de Iogurte

INGREDIENTES (6 a 8 pessoas):
• 1 iogurte com aroma de banana, 5 ovos, 2 medidas de iogurte de farinha branca de neve, 2 medidas de açúcar, 1 medida de iogurte de óleo, 1 c.café de fermento, spray Espiga.

PREPARAÇÃO (50 minutos):
1. Comece por separar as claras das gemas;
2. Bata as claras em castelo, reservando no final e entretanto adicione o açúcar aos ovos e mexa bem;
3. Em seguida, adicione o…

View On WordPress

Vem aí, em agosto… #NovoMenuP6.. Comemorando 9 anos de história, com antigos e novos sucessos. O Menu que dará origem ao #LivroP6, com mais de 100 receitas deliciosas!! “Novo Menu P6” (em agosto) e “Livro de Receitas P6” (em breve!!) #COMPARTILHE.. Fotografados neste post, em sequência: @giba7oficial @castrocarol @malurodriguesoficial @lua_blanco @camilaqueiroz @tiagoabravanel @jessika_alves @juulianapaiva by paris_6

Crepe de ovo com salmão fumado e rúcula

Crepe de ovo com salmão fumado e rúcula

INGREDIENTES (1 pessoa):
• 2 ovos, rúcula, salmão fumado a gosto, queijo grego, 5 azeitonas verdes, sal e pimenta q.b., óleo em spray.

PREPARAÇÃO (5 minutos):
1. Comece por bater os ovos, temperando com um pouco de sal e pimenta;
2. Prepare um crepe de ovo, com os ovos batidos, numa frigideira untada com um pouco de óleo em spray
3. Uma vez pronto, retire e reserve;
4. Parte em pequenos pedaços o…

View On WordPress

Socializando (Amber x Boram)

No intervalo de uma atividade  outra, Amber sempre dava uma paradinha pra abastecer. Gastava muita energia e estava sempre precisando repor, e antes da aula de dança nada melhor que comer glicose pra dar uma carga a mais. Dando um passada na cantina, escolheu alguns bolinhos de chocolate com cobertura colorida - escolheu muito mais por causa das cores do que pelo bolo em si. Eram lindos, caramba, como ter coragem de morder aqueles bolinhos dignos de capa de livro de receita? As coberturas eram feitas em tom pastel, e se você levava o verde, era impossível deixar de levar o azul, o que tornava impossível de deixar levar o amarelo e logo Amber tinha quase todas as cores em sua bandeja. 

Sentou numa das mesas compartilhadas próximo à uma garota e a cumprimentou vagamente, mas ainda na empolgação dos bolinhos. Era de lei tirar fotos, claro. Tirou algumas pra postar e não podia faltar aquela foto derp da boca lambuzada de glacê, então pegou o bolinho cor-de-rosa e deu uma mordida, ao mesmo tempo em que tirava a foto. Aí o encanto foi morrendo.

Comeu o cor-de-rosa, o azul, metade do verde… Cara, que cobertura ruim. Parecia sebo com açúcar. O estômago embrulhou quando tentou comer o restante do bolinho verde, mas ainda faltavam vários pra comer, todos bem bonitinhos lá na bandeja olhando pra Amber. Não podia jogar fora tantos bolinhos. Com a decepção estampada na cara - e um pouco de glacê também - olhou pra garota ali perto e acenou pra chamar atenção. 

— Quer bolinho?

Rojões com Castanhas

INGREDIENTES (2 pessoas):
castanhas congeladas
150g de rojões,
1 dente de alho,
1 copo de vinho branco
1 folha de louro
sal,pimenta e salsa picada q.b.
1 c.café de cominhos
2 c.sopa de banha Primor.

PREPARAÇÃO (35 minutos):
1. De véspera, prepare uma marinada com a carne, o vinho, o dente de alho picado e a folha de louro;
2. Tempere com sal e pimenta e reserve no frigorífico;
3. No dia, leve a…

View On WordPress

10

Na minha cozinha: Empadão de palmito com massa de grão de bico

Gente, fiz minha primeira receita da Bela Gil. Estava com um vidro de palmito pronto para virar uma torta quando vi a moça fazendo esse empadão no programa e pensei, “Por que não?”. Acho muito legal essas receitas que nos permitem variar coisas comuns do dia a dia com outros ingredientes e essa massa de empadão feita com o grão de bico foi uma ótima surpresa.

Vou logo dizendo que não segui a receita à risca e que fiz algumas adaptações. Acho que nunca disse por aqui mas acho que o legal de acompanhar tantos blogs e programas de culinária, revistas e livros de receita é poder se inspirar, aprender e descobrir como adaptar tudo isso ao nosso gosto e aos ingredientes que temos acessíveis. E foi isso que fiz nesse dia.

Para o recheio do empadão, fiz a receita que já costumo fazer para a minha torta e de comum com a receita da Bela, só o palmito mesmo. Na verdade, se for falar bem ao pé da letra, nem o palmito já que ela usa pupunha fresco, coisa que ainda não vi aqui por Brasília (alguém sabe?), e eu usei um vidro de palmito de açaí em conserva. Para espessar o recheio, ela usou araruta; já eu, usei fécula de batata por que era o que eu tinha por aqui mas poderia muito bem ter usado um pouquinho de farinha de trigo. Como a receita é sem glúten (não que seja um imperativo para mim) preferi a fécula mas fica à escolha de cada um.

Se alguém achar estranho as batatas que coloquei no recheio, aprendi esse truque com uma tia minha, Tia NIta, que cozinha super bem e foi quem me ensinou há muito tempo, muito tempo, sua torta de palmito que eu amo. Nesse dia decidi acrescentar as batatas apenas porque as vi quase murchando na minha gaveta de legumes e não queria que seu destino fosse a lata de lixo. Acrescentá-las ou não fica do gosto pessoal de cada um.

Agora falando da massa, tentei fazer o mais próximo da receita original mas como não tinha todos os ingredientes aqui em casa, tive que torcer que a adaptação desse certo. No lugar do ghee, um óleo purificado e preparado a partir da manteiga (lá no fim do post falo um pouco mais sobre ele), usei a manteiga mesmo. A outra mudança não tem a ver com os ingredientes e sim com o modo de preparo, a Bela bate tudo no processador mas não pude fazer assim. Como o meu é muito pequenininho, acabei batendo o grão de bico com a manteiga, cúrcuma e sal e depois coloquei tudo em uma tigela e misturei o restante dos ingredientes com as mãos.

Lembram do pesto? Preparei essa receita no mesmo dia e foi o prato principal do nosso jantar. Servi com uma salada verde acompanhada de molho de limão com cebola e foi uma combinação bem legal (igual ao programa).

Mas agora chega de enrolação, vamos a receita?

Keep reading

Receita de frango sentado na cerveja para aquecer

Jonas Cramby
Do livro de receitas da semana de Yahoo Food: Tex-Mex From Scratch de Jonas Cramby

Frango sentado na cerveja

Serve 4 pessoas

Pode parecer estranho cozinhar um frango sobre uma lata de cerveja - mas a verdade é que esta é a forma perfeita de ter uma ave suculenta e cheia de sabor. Isso ocorre porque a cerveja evapora dentro do frango e contribui para deixá-lo molhadinho e com um sabor incrível. Juntando a isso o cozimento lento e defumado da churrasqueira, o resultado final é magnífico.

1 frango inteiro (cerca de 6,5 kg)
Óleo de milho
Tempero Rendez-vous (veja abaixo)
1 lata de cerveja

Imagem de Roland Persson.

Tempere o frango com o óleo e a mistura Rendez-vous. Deixe na geladeira marinando durante uma hora.

Enquanto isso, prepare a churrasqueira para cozimento indireto - encha um lado de carvão vegetal e na outra metade, coloque uma panela com água.

Beba metade da cerveja e coloque o frango sentado no topo, com a lata dentro da cavidade. Em seguida, posicione a lata na parte da churrasqueira que estiver sem carvão.

Jogue dois punhados de farpas de madeira de algaroba no carvão e feche a tampa. Depois de 30 minutos, jogue mais um punhado. Essa quantidade deve ser suficiente. Deixe o frango cozinhando lentamente por 3 - 4 horas a uma temperatura entre 110 - 115°C. A temperatura dentro do frango deve estar entre 75 - 80°C.

Tempero Rendez-vous

Esse mix de temperos criado no clássico restaurante Rendez-vous em Memphis, Estados Unidos, é o complemento perfeito para cozinhar frango e porco.

8 colheres de sopa de páprica
4 colheres de sopa de alho em pó
4 colheres de sopa de pimenta chili em pó
3 colheres de sopa de pimenta-do-reino moída
3 colheres de sopa de sal
2 colheres de sopa de sementes de aipo ou de erva-doce inteiras
1 colher de sopa de sementes de aipo ou de erva-doce trituradas
4 colheres de sopa de sementes de mostarda
1 colher de sopa de orégano seco
1 colher de sopa de tomilho seco
1 colher de sopa de sementes de coentro inteiras
1 colher de sopa de sementes de coentro trituradas
1 colher de sopa de tempero aromático Knorr

Misture todos os ingredientes em um recipiente. Armazene-o em um pote hermeticamente fechado; ele irá durar muito tempo.

Republicado com permissão de Tex-Mex From Scratch de Jonas Cramby (Sterling Epicure).

Impressão da capa do Livro de Receitas Feias no festival Condominio o 20 de Junho no predio dos Anjos no quarto da Mariana :-)

Sobreposição 3 cores - 100 exemplares - 5 horas de impressão em serigrafia pública e participativa.

Photo : Materia Solar

BISCOITOS PARA CÃO

By Blog Livro de Receitas [da Lene]E porque os nossos amigos de 4 patas também merecem miminhos caseiros, partilho-vos a receita de hoje! É recomendada pelo Serviço de Dietética e Nutrição da Fundação Hospital Clínico Veterinário. Podem adaptá-la, variando o sabor que preferirem dar aos biscoitos e a forma, a nota mais importante a reter é mesma a quantidade de sal, quanto menos melhor para os…

View On WordPress