Conheço um casal que namorava há anos e anos e faz uns meses que terminaram. Doeu até em mim essa separação. Tanto tempo juntos e agora ‘tchau’. Cada um para o seu canto. Estranho, não é? Mas acontece. De fora da história comecei a refletir que o ser humano é pequeno demais para encarar a eternidade, e grande o bastante para se acostumar com a rotina. Talvez seja por esse motivo que tantos relacionamentos não duram, não sei. Eles precisavam desse adeus, pensei.
Um novo ano entrou, novos planos surgiram. Ele continuou no trabalho, fazendo novas viagens e contando histórias incríveis. Ela ficou mais desligada, independente e muito mais bonita. Novas amizades na vida dos dois, novas paixões, novas emoções. Outro ano entrou e quase já não se lembravam mais dos dois juntos. Ele terminou a faculdade, ela foi passar uma temporada em outra cidade.
Outro dia fomos todos chamados para uma festa. Ambos estavam. Depois de alguns anos separados, ali foi o primeiro reencontro. Eu não pude deixar de reparar a troca de olhares constante dos dois. Conversaram a noite toda e vi um sorriso no rosto dela, que não existia durante todo esse tempo em que se distanciaram.
Ele me contou que tinha chamado ela para jantar e, desde então, eles não se desgrudaram mais. Encontrei ela no shopping um dia desses, e com um sorriso no rosto, me disse: “Conheci um novo amor, e continua sendo a mesma pessoa.”
Então comecei a entender que o amor é um senhor teimoso de braços cruzados, emburrado até conseguir o que quer.
Pensei:
Você pode até cruzar o mundo.
Virar do avesso.
Mudar seus gostos
Seus planos.
Pode até casar novamente.
Ter filhos e mudar de cidade.
Mas o que tiver que ser seu, sempre será.
Não adianta brigar com o amor, ele até pode dar um tempo, uma trégua, mas quando ele escolhe duas vidas, ambas viram bússola uma da outra. Não se perdem e tampouco se desconectam.
—  Yasmin V.
Es lindo cuando te empieza a gustar una persona y tú no estás esperando que le gustes. Simplemente te gusta, te gusta como sonríe, como ríe, como te mira cuando estás distraída; Como te hice reír, como te mejora el día con un mensaje de su parte. O como se preocupa por ti por cosas mínimas o como te hace una escenita para verte reír. Como te agarra la mano a veces o como esos besos en la frente por su parte son la mejor sensación del mundo. Como te sonríe, como levanta su ceja, como se le marca la mandíbula cuando come, como se recuesta en su brazo cuando está aburrido, como se ve cuando está concentrado, como te ayuda en lo que no entiendes. Es lindo ¿saben? Cuando te empieza a gustar una persona de nuevo y sólo dejas que pase. No fuerzas nada, no esperas que te corresponda, simplemente te gusta y es probable que te siga gustando pero lo dejas todo a las manos del tiempo. Y no pasa nada, no te decepcionas, no te pones triste, simplemente lo disfrutas.

un-tesoro-de-ayer

Niño, me gustas. Me encantas tu sonrisa, tus ojos, tu mirada al observarme, tu manera de reír, tu pelo, tu personalidad, lo fastidioso y tierno que puedes llegar a ser, lo cursi, lo gruñón y lo susceptible, tus besos, tus caricias, ese mechón descolocado… Me encantas y ya.