libertadore

Meu Deus, hoje eu finalmente abri os olhos! Abri os olhos e enxerguei o teu melhor pra mim. Enxerguei o quanto eu tenho vivido em vão, que todos os meus passos embora me fizessem caminhar, me deixavam morna por dentro, meu coração estava apagado, frio, eu não tinha a Tua luz, o Teu fogo, eu via, eu desejava, mas não tinha, porém agora eu irei buscar. Eu não sei como, não sei se terei forças, se terei coragem, se terei determinação, mas sei que Tu estarás comigo. Essa tarde eu percebi que preciso de mais de Ti, que essa monotonia do dia me consome, que eu preciso estar em Tua presença. Eu pude ver um pouco da Tua glória, eu pude perceber que a Tua presença é real quando lágrimas caíram dos meus olhos. Foi um choro tão libertador, Pai, foi as lágrimas mais prazerosas da minha vida. Eu não sei o Teu propósito na minha vida, mas eu confio que Tu me reservas o melhor. Meu olhos ainda não podem contemplar o que Tu irás fazer, mas eu descanso em Tuas promessas. Eu sei que um dia eu irei viver tudo o que Tu tens pra mim, mas eu não quero esperar, eu quero viver agora. Por isso, eu me rendo. Hoje eu digo que eu perco, para que Tu mais uma vez ganhe. Eu pertenço a Ti, e eu te peço coragem para não ter medo de dizer e viver isso. Me faz uma nova criatura, eu confesso que preciso do Teu renovo, eu confesso que preciso me achegar mais perto de Ti, eu confesso que nosso relacionamento é fraco, que minha atenção se volta á tantas coisas, mas não a Ti, e eu não quero mais viver assim, quando Tu deveria estar em primeiro lugar. Me dá forças, ou melhor, supre tudo aquilo que me falta, inclusive Você, eu clamo por Ti, achega-te a mim. Me dá Teu colo, põe em mim um coração novo, me concede ousadia. Eu não quero só ouvir, não quero só sentir, eu quero falar, eu quero transmitir, eu quero viver Você. Que isso queime em mim todos os dias como um fogo inconsumível. Que o Teu amor arda em meu coração a cada segundo, e não se acabe, não se apague, seja eterno em mim.
—  Karolaynne Claudino
Sabe aquela ferida que você tanto teme? Aquela que você finge que está sarada apenas para não cutucá-la e senti-la doer? Conte para Deus. Eu sei o que é sentir medo de enfiar o dedo no machucado para tirar a sujeira, porque sei o quanto irá doer, sei o que é sentir vergonha de vasculhar no baú de memórias algumas lembranças que é preciso entregar a Deus, mas também sei o quanto isso é libertador. Não guarde suas dores no bolso, entregue-as para Deus. Feridas não devem ser ignoradas, devem ser curadas.
—  Laureane Antunes.
Ir embora é importante para que você entenda que você não é tão importante assim, que a vida segue, com ou sem você por perto. Pessoas nascem, morrem, casam, separam e resolvem os problemas que antes você acreditava só você resolver. É chocante e libertador – ninguém precisa de você pra seguir vivendo. Nem sua mãe, nem seu pai, nem seu ex-patrão, nem sua empregada, nem ninguém. Parece besteira, mas a maioria de nós tem uma noção bem distorcida da importância do próprio umbigo – novidade para quem sofre deste mal: ninguém é insubstituível ou imprescindível. Lide com isso. É preciso ir embora. Ir embora é importante para que você veja que você é muito importante sim! Seja por 2 minutos, seja por 2 anos, quem sente sua falta não sente menos ou mais porque você foi embora – apenas sente por mais tempo! O sentimento não muda. Algumas pessoas nunca vão esquecer do seu aniversario, você estando aqui ou na Austrália. Esse papo de “que saudades de você, vamos nos ver uma hora” é politicagem. Quem sente sua falta vai sempre sentir e agir. E não se preocupe, pois o filtro é natural. Vai ter sempre aquele seleto e especial grupo que vai terminar a frase “Que saudade de você…” com “por isso tô te mandando esse áudio”; ou “porque tá tocando a nossa música” ou “então comprei uma passagem” ou ainda “desce agora que tô passando aí”. Então vá embora. Vá embora do trabalho que te atormenta. Daquela relação que você sabe não vai dar certo. Vá embora “da galera” que está presente quando convém. Vá embora da casa dos teus pais. Do teu país. Da sala. Vá embora. Por minutos, por anos ou pra vida. Se ausente, nem que seja pra encontrar com você mesmo. Quanto voltar – e se voltar – vai ver as coisas de outra perspectiva, lá de cima do avião. As desculpas e pré-ocupações sempre vão existir. Basta você decidir encarar as mesmas como elas realmente são – do tamanho de formigas.
—  Antônia Macchi
Esse é o suposto fim de algo que nunca teve um começo,

É como se uma parte minha estivesse indo por água abaixo e a verdade é que eu estou me sentindo bem. Depois de tantos fins de semana saindo para me distrair, mas só conseguir te enxergar em todos os detalhes e por fim deitar na cama e chorar por não estar contigo, eu posso dizer que esse foi o primeiro em que me lembrei de ti só as dez da manhã de segunda-feira. Bebi boas doses e não pensei em te ligar desesperada, vi um casal se abraçando carinhosamente na minha frente e não imaginei como seria se tu estivesse ali. Não olhei pra outro alguém procurando pequenos detalhes que lembrassem você, nem me importei em ter que dormir no colchão duro com outro qualquer. Olhar para trás e ver que eu não senti tua falta foi libertador. Parece que boa parte minha anda se desprendendo. Quem está lendo isso deve estar achando assustador. Ser o observador num momento desse é como ser parente próximo de uma pessoa com doença terminal. Para quem está acompanhando o funeral a cena é triste, mas para mim que sou a pessoa com doença terminal dentro do caixão o fim só me livrou do corpo podre e eu estou livre para renascer. Te juro, se eu tivesse tido alguma escolha eu nunca teria escolhido acreditar em nós dois. Meu sentimento é bonito demais para ser entregue a quem ganhou a chance de conhecer um pedacinho da minha alma, mas não teve a capacidade de me acolher.

[Foi bom, mas agora está sendo fodamente incrível.]

10

Litoral Central Provincia de Cardenal Caro, VI Región del Libertador General Bernardo O'Higgins - CHILE

Qual a graça de escrever?

Inúmeras pessoas me questionam qual a “graça” de escrever, porém não tem uma resposta exata. Só quem escreve sabe o quão libertador é a sensação de pôr seus sentimentos para fora. Tem uma pessoa que me falou uma coisa que me fez refletir: “nós precisamos da arte para sobreviver a verdade” e sim, isso é verídico. Cada um usa a arte que lhe convém para se libertar, para sobreviver a verdade do mundo. Uns lêem, outros escrevem, alguns tocam músicas, e tem também os que desenham e pintam, etc… Tem várias formas de arte para se libertar e sobreviver à toda essa verdade que temos que lidar. Pense agora no que te liberta. O que te faz se sentir leve, o que faz você por seus sentimentos para fora? E então pense: quem escreve está fazendo o mesmo, só que está transformando seus sentimentos em palavras, se libertando. Agora lhe digo uma coisa: seja livre para praticar a arte que melhor lhe representa e vai ser feliz.

E ela chorou a noite inteira, soluçava, parava e voltava e assim foi até a madrugada. Pensei em interromper, mas deixei ela ali sentada ao chão colocando todas as angústias e aqueles apertos no peito que ela não sabia o nome e por mais que eu não gostasse de ver ela chorando como uma criança que acabou de cair. Eu apenas me sentei ao lado dela, a puxei para o meu colo e fiquei em silêncio a deixando chorar enquanto minhas mãos deslizava sobre os seus cabelos eu até cheguei a me perguntar por que a deixava sofrer daquele jeito mas eu me lembrei que as lágrimas nem sempre é um sinal de sofrimento e sim um modo de se livrar da dor que o coração não suporta mais e que acha conforto ali nós olhos e assim vem as lágrimas. Eu não sou expert nesse tipo de coisa mas chorar é libertador e está ajudando ela sorrir novamente e se isso a faz bem nem que seja um pouco, então eu prefiro não dizer nada e respeitar o tempo e a dor dela. Pois sei bem que os garotos são idiotas e podem muito bem falar merda e acabar piorando tudo.
—  Impares.

24 things you didn’t know about Neymar

1. Has played in 504 matches, scored 306 goals, given 167 assists, and lifted 21 trophies.

2. Is one of six Brazilians to have won the Champions League and the Copa Libertadores.

3. Has acted in several telenovelas, music videos, and even alongside Samuel Jackson in XXX.

4. After winning the 2016 Olympic Games with Brazil, he got a tatoo of the six Olympic rings on his wrists to commemorate the occasion.

5. Holds record for fastest Olypic goal, coming at just 14 seconds into the match against Honduras.

6. Has a dog named Poker.

7. Considers his friends Lionel Messi and Robinho his idols.

8. Batman is his favourite superhero.

9. Flash and Gotham are his favourite shows, as is Game of Thrones.

10. Favourite actor? Will Smith.

11. Favouite dish? Rice, frijoles, french fries and meat.

12. Did you know that Neymar’s left foot is 0.5 centimetres smaller than his right?

13. Often plays poker in his free-time. He can also be found playing the popular shooter Counter-Strike Global Offensive.

14. Has always been No. 7, 10 or 11 on the pitch.

15. Was alluded to in the Simpsons.

16. His official webpage was launched on 25/10/2010.

17. Was never able to win the Brasileirao with Santos.

18. His goals breakdown is as follows: 19 with his head, 217 with his right foot, 67 with his left, one with his chest, one with his heel, and one with his knee.

19. Is the 14th most followed person on Instagram.

20. Scored his 100th goal on the day he turned 20.

21. First bobble-had hit the shelves in 2010.

22. Has more than 30 tattoos.

23. With 50 goals in 75 games, he is Brazil’s third highest goalscorer.

24. Dream is to win a World Cup.