ler-gente

Hoje é o dia daqueles que contam as horas para o lançamento do novo livro do seu autor preferido. Daqueles que têm sempre um exemplar ao lado da cama e sofrem com o fato de que às vezes é preciso deixar o próximo capítulo para o dia seguinte. Hoje é o dia daqueles que não sabem lidar com a morte de um personagem e muito menos com o fim de uma boa história. Hoje é o seu dia ❤️

It’s the 23rd, so I’m posting it! o<o/) Here’s my Lorax Secret Santa, for tumblr user dokiis. They asked for Gent!

I’d always wanted to draw mainverse Gent, so this made me really happy. c’:

Happy holidays, friends~

anonymous asked:

Confesso que já fui mais próxima de Deue. Eu costumava ir à igreja cm minha tia na minha outra cidade, mas agora que me mudei eu parei. Não tenho ninguém cm quem ir e isso me distanciou muito Dele. Como posso me aproximar de Deus mesmo sem ir à igreja? Eu sou muito tímida, não gosto de sair sozinha, tenho que melhorar muito isso. Mas quero voltar a ser amiga de Deus, mesmo que eu não vá mais à casa Dele.

Eu também não vou a igreja mas sou muuuuuuito próxima de Deus (tento ser). Não acredito em religião, antes eu frequentava a batista mas parei, havia muitas fofocas e essas coisas mas o que me fazia ir, era ouvir a palavra de Deus, entretanto; passei a ler a Bíblia todo dia. Antes de dormir, leio um versículo inteiro e depois oro. Tenta fazer isso, às vezes parece que o que a gente ler, é pra aquele momento que estamos vivendo. Deus fala conosco através da sua palavra. Deus é maravilhoso!

Sim, vou falar sobre você novamente, você parece que saiu de um livro, sabe aqueles livros de romance que a gente ler e na mesma hora se encanta, é exatamente assim que eu me sinto, hipnotizada pelo seu sorriso, pela sua timidez, pela sua sinceridade e por muitas outras qualidades suas que me fazem suspirar toda vez que penso em você. Uma vez você me perguntou o que eu vi em você, e sabe eu não sei te responder isso… em todas as sua complicações, no seu jeito fechado de ser, de não demonstrar nada do que sente, acho que vi um desafio único, uma pessoa fechada a qual eu compreendia tanto e queria compreender cada vez mais, sim, compreendo o seu jeito, compreendo cada detalhe do seu ser, e te quero assim do jeito que você é, todo só pra mim, isso pode ser egoísta mais eu não me importo, o que eu sinto por você ultrapassa o meu entendimento também, eu só sei de uma coisa, vou mover céus e terra pra conquistar seu coração e selar essa conquista com o nosso primeiro beijo. Que fique registrado não pretendo desistir de nós!
—  Geise Koppe
Ele me indicou um livro… mas eu não terminei de ler. A gente parou de se falar e aí li o livro todo em um dia… no livro eles ficavam juntos… e nos nem nós virmos…
—  Nathália Belga.
Eu soube que quando Ela entra na vida da gente, tudo muda. Eu soube que a gente começa a ter prazer em acordar às sete e tomar um banho gelado com água da caixa. Soube que a gente reaviva o hábito, perdido na adolescência, de pensar antes de falar e honrar com os compromissos acertados. Disseram que quando Ela chega a gente precisa ler manual de etiqueta para se portar do jeito certo, pegar na mão, beijar suavemente, convidar para sentar e oferecer uma xícara de café mesmo sabendo que ela prefere chá. Eles que me disseram que Ela tem uma mania de ficar arrumando o cabelo e que a gente passa a não desviar o olho quando ela faz isso. Porque ela muda a gente que nem muda o jeito que está o cabelo. Ela nos arruma, nos rearruma, se é que isso é possível. Torna os broncos, menos broncos, os ocos, menos vazios, os tolos, mais espertos, os neutros, mais do lado de cá ou de lá, os tontos, mais equilibrados e os beberrões crescem, abandonam as fraldas. Ouvi ainda dizer que ela faz as nuvens pesadas de chuva se afastarem quando a gente quer ir na praia com as crianças e traz de volta a mania de tomar banho de mangueira nos domingos mais quentes do ano. Ela é isso tudo, é o que dizem, e eu quero conhecer ela logo, porque eu passo a maior parte do tempo sentado me deseducando, perdendo a fineza, o jeito de tratar as pessoas. Todo mundo deve ser assim, todo mundo deve seguir esquecendo o que é estar vivo. A gente se preocupa só com o ficar vivo e dizem que Ela, quando chega, muda isso, faz a gente querer ir lá e viver do jeito certo, faz a gente perceber que existe uma vida e que ela, a vida, não é aquela coisa fria e comum das telenovelas e dos filmes de terror, mas sim bem mais parecida com uma aventura cheia de continuações felizes. Pois não existem, não, não existem finais.
—  Theu Souza