lembraras

Sabe? O mundo não precisa de pessoas que estejam nas alturas todas as horas. O mundo precisa da solidão de pessoas mágoadas, de pessoas que tenham medo de tentar se levantar da cama toda manhã. O mundo precisa de opostos, enquanto uns riem, outros precisam chorar. O mundo da voltas e nem sempre a mesma historia se repete. Todas as inseguranças e lembranças de um tempo que passou, são apenas as chaves para um novo futuro, para uma nova vida. Não somos nós que decidimos se vamos sofrer daqui a umas duas ou três semanas. É a vida. Somos apenas passageiros e nossas vidas buscam caminhos opostos, não se lamenta o sofrimento inacabado de uma pessoa triste. Um dia ela vai melhorar e lembrara desse tempo com um sorriso no rosto e com conhecimento que passou por aquilo. A vida nos da o que precisamos pra nos tornarmos mais forte, por isso devemos aceitar seus desafios.
—  John Lucca

Você briga com a pessoa que você ama, fica horas e horas pensando naquilo e depois de muito tempo por algum motivo, talvez orgulho ou quem sabe medo, você decide partir, ir embora, pra sempre. Então, você se lembrará dela nos próximos dias, meses ou talvez para o resto de sua vida e em algum dia, tempos depois, quando você não estiver mais no auge de sua vida e estiver sozinho em um quarto qualquer, você se perguntará como teria sido a sua vida se não tivesse partido, não vai saber e nunca saberá porque, como sempre, será tarde demais.

— 

Rômulo Eduan.

E sentado no balanço de um parquinho qualquer, em uma noite fria, enquanto todos os seus amigos aproveitavam de alguma maneira, lá estava ele, refletindo mais uma vez em qual parte havia falhado.  Sentia como se sua vida fosse uma sequência de falhas. Pela centésima vez sentia que o mundo iria esmaga-lo. Ele que não era muito bonito, não tinha atrativos grandiosos e não sabia escolher seu livro preferido, sentia mais uma vez qual era o peso de não ser suficiente. Balançando cada vez mais forte, almejava sua infância como nunca antes. Sentia uma saudade esmagadora da sua avó que se foi cedo demais, e recebia o toque frio da solidão. Aquele garoto, que não tinha conseguido um relacionamento pleno, nunca havia conseguido abraçar o amor e nunca conseguira se sentir amado, estava tarde da noite em uma rua sem nome, olhando o balançar das  águas enquanto esperava a mensagem de alguém que provavelmente não lembrara de tê-lo deixado esperando. O homem com alma de garoto, só queria resposta. E de alguma maneira matar o garotinho que vivia dentro dele e que só tinha o desejo de ser amado.
—  Ruan Maciel
Hoje eu passei algumas horas na casa da minha avó, e em determinado ponto da conversa ela começou a me dizer, pensativa e esforçada, as datas de aniversário dos nove (sim, nove) filhos. Ela, no auge dos seus 70 anos, lembrara-se dos dias e meses em que seus filhos nasceram. Me perguntei, por um momento, porque outros se esquecem tão facilmente. O amor também é se lembrar
—  Floresinexatas.