lbn

Quando a saudade bater, olharei pra tua foto, vou colocar pra tocar o CD que tu me deu, vou tentar contar as estrelas, tudo pra me distrair. Não chorarei mais, pra dizer a verdade faz um tempo que não choro só de pensar no teu nome. É claro, ainda me arrepia e me dá uma certa dor no coração, mas chorar não vai te trazer de volta pra mim, chorar não vai adiantar em nada. Não seria bom eu aqui chorando e você ai sorrindo ao lado de outra. (…) Quem sabe chegue o dia que o teu nome nem me cause mais um aperto no peito ou o meu coração deixe de acelerar ao te ver. Quem sabe chegue o dia que ao lembrar do verde dos teus olhos eu fique feliz por saber que você está longe, mas feliz. Sinceramente, espero que você esteja bem mesmo que sem mim, a final amar é isso não é? Você que me ensinou assim. E quem sabe só de saber que você tá bem eu também fique. Com ela admirando teu sorriso de perto, e eu admirando aqui no meu quarto, olhando pra aquela foto tua que eu nunca vou ter coragem de jogar fora. E vou ficar aqui, quietinha ouvindo o CD com a foto agarrada ao peito e a janela aberta, esperando que chegue alguém que me cative como você cativou, mas que dessa vez fique, e cuide de mim como eu cuidaria de você, ou até melhor. Mas mesmo se ele me der um outro CD ou uma outra foto, nunca vou esquecer dos que você me deu. Eles podem ficar no fundo da minha gaveta por um bom tempo, mas vão ficar por lá, assim como você vai ficar no meu coração. Guardado, escondido lá no fundo, mas sempre comigo.
—  Quando a saudade bater. (Marcela Sernaglia)
La Bella Notte // Artec

Carter sat across the way from his husband, video camera in hand, and mouth still clewing on the portion of food he had shoveled into his mouth. They had been in Italy for about a week now, and despite drowning themselves in the culture (though to be honest, it just seemed like a classier version of Lorenzo’s house) and the food (fucking. noddles, man), Carter couldn’t shake the excitement of seeing everyone go fucking cray-cray over them being in London. He had tons of tweets of people either saying they were sad cause they missed him, or asked him to come back again. He sent out the video for them to watch and even posted the picture of Alec in the Peter Pan costume on, which was just a priceless reaction. Still nothing better than being tweeting saying they finally see what Carter saw in him, and then zoomed in on his crotch in the tights.

It was a good time, really. And for now, they had yet to be spotted, which was beyond enjoyable, and rather than just let it go, Carter had to record their moment for when they left. “Babe. Bay-bee! Tell the Devils what we’re doing.” Carter insisted after swallowing. 

- Diz boa noite?
- Não.
- Por que não? Você sempre diz pra mim.
- Hoje não - Disse ela com lágrimas nos olhos.
- Vai ao menos me dizer a razão?
- É que eu não quero… eu… eu sei que vai ser o ultimo.- E então ela não aguentou e soltou o primeiro soluço do choro que estava preso em sua garganta.
- Ei, não chora não, você sabe o quanto eu amo o teu sorriso. Você sabe, eu queria conseguir fazer diferente, mas não consigo. Se você soubesse, meu maior arrependimento é não conseguir te amar tanto quanto você me ama, e por isso você sabe que não seria justo.
- Sei, mas você nem me deu a chance de…
- Hey, minha pequena, para, me dá boa noite e ai começa viver tua vida sem mim, vai ser melhor pra você.
- Lucas, por favor, não me faz fazer isso, por favor, fica aqui. Eu não me importo se você não consegue me amar como eu te amo, eu juro, se você ficar eu vou fazer você a pessoa mais feliz do mundo, eu juro Lucas, fica… - E então mais lágrimas escorriam dos olhos dela.
- Minha pequena, você sabe, eu sei, todos sabem que o teu sorriso é lindo. Eu te amo tanto, e por te amar assim sei que eu não sou digno de você, sei que você merece coisa melhor, alguém que te ame mais…
- Enfia nessa tua cabeça que eu não quero quem me ame mais ou menos, eu quero você, você, só você! - Nessa altura ela já gritava. E então ela a abraçou.
- Me diz boa noite, só isso, e depois vai viver, vai ser feliz. Eu vou sair da tua vida, vai ser o melhor pra você…
- Eu não quero dizer boa noite…porque…porque eu sei que vai ser a ultima vez - E dessa vez apenas uma lágrima escorreu - Eu não quero dizer porque sei que quando eu acordar não vai ter mensagem tua no meu celular, muito menos ligação. Vai ter outra mulher do teu lado te fazendo feliz, e eu…vou ficar aqui, sozinha.
- Vai ter outra sim, mas não tao linda quanto você, tão amável, tão doidinha, com um sorriso tão lindo…
- Então por que razão você quer isso?
- Eu já disse, é o melhor pra ti.
- O melhor pra mim é ficar do teu lado seu babaca, por favor…
- Menina, me diz boa noite logo antes que nem isso você diga.
- Boa noite meu Romeu, saiba que hoje, com você partindo, parte de mim morreu aqui dentro. Mas se você acha que é o melhor, tudo bem, você que manda. Seja feliz, nunca esqueça de mim por favor que eu juro que cada vez que eu respirar vai ser desejando que você estivesse aqui por perto. Eu não quero dizer boa noite, a noite não vai ser boa. Eu vou sonhar com você, apenas sonhar, e vai acabar tudo…Mas se você acha que vai ser bom, ok. Boa noite Lucas.
- Boa noite meu amor, fique bem sem mim, acredite vai ser mais fácil pra você. Engraçado que na história do Romeu e da Julieta, ela morre de mentirinha e depois ele se mata. Você tá morrendo de mentirinha hoje meu amor, eu que to morrendo de verdade. Um dia tu vai entender minha pequena, minha Julieta. Primeira e única. Quando se sentir sozinha, olha pras estrelas que eu sei que você vai lembrar de mim. Boa noite, e adeus.
- Convencido.
E então ele se foi, após ela chamá-lo de convencido ele já nem estava mais lá. Ele partiu, levando consigo o coração dela. Aquela foi a ultima vez que ela disse boa noite pra ele, mesmo sem querer. Ele se foi e ela ficou. Sem coração, sem sentimentos…apenas com um buraco no peito, memórias, e a foto dele agarrada. A primeira Julieta que morreu antes do seu Romeu, e disso ele não sabe.
—  Eu não quero dizer boa noite. (Marcela Sernaglia)