larissa-dare

Eu gosto de conhecer as pessoas em fumódromos, eu gosto de manchar minhas camisetas com cloro e corantes, eu gosto de tomar banho no escuro, eu gosto de colocar as músicas no máximo e cantar tudo errado, eu gosto de andar só de calcinha por ai, eu gosto de ficar um dia todo assistindo meus filmes, eu gosto de sair pra jantar com a minha família numa sexta feira a noite, eu gosto de cair por ai de bêbada e não ter ressaca nenhuma no dia seguinte, eu fico feliz em ouvir músicas tristes, eu gosto de aprender coisas que eu achei que nunca saberia fazer, eu gosto de cozinhar, eu gosto de mudar as pessoas -nem que seja muito pouco-, eu gosto de ler cartas antigas, eu gosto de acordar e já não me sentir como ontem, eu gosto de encontrar amigos em lugares aleatórios, eu gosto de quando o cara do churros passa na minha rua, eu gosto de fazer careta em fotos porque morro de medo duma câmera -irônico né-, eu gosto de presentear meus amigos, aliás, eu amo presentear meus amigos, eu gosto daquele climinha de começo de relacionamento, eu gosto de me sentir apresentável, eu gosto de arrancar sorrisos das pessoas, eu gosto de fotografia, fotografar, e tudo que envolva as duas anteriores, eu gosto de seriados divertidos, eu gosto de me apaixonar e desapaixonar em semanas, eu gosto de chamar meus amigos pra assistir um filme e comer uma pizza e acabar não fazendo nada disso, só ficar falando merda um dia inteiro, eu gosto de usar muitas pulseiras, eu gosto de dormir de calcinha e camiseta e passar o resto do dia assim, eu gosto de morder os outros, eu gosto de sexo selvagem, eu gosto de coisas monocromáticas, eu gosto de banheiras, eu gosto de banho frio, eu gosto de vocês, gosto de mim, gosto dos meus amores, do meu passado, eu já adoro meu futuro, eu gosto de muita coisa e tudo isso me faz ser o que eu sou.
— 

Larissa Dare.