ladagranja

6

Silvia Grav é uma fotógrafa baseada em Madri, que oferece o mundo através de seu olhar surreal.

Suas imagens são sempre monocromáticas e manipuladas. Normalmente apresentam duas figuras humanas, objetos inanimados em formas não convencionais, ou justaposições do corpo humano e o universo. 

Os retratos de jovens mulheres, por exemplo, são cobertos por galáxias, estrelas e feixes de luz em cenas de espetacular transcendência. Além disso, Silvia brinca com luz e sombra para criar uma ficção dramática. Algumas imagens podem ser estranhas ou assustadoras, enquanto outras são misteriosas e, por que não, oníricas.

2

Janine Antoni - Loving Care

Janine Antoni é uma artista contemporânea cujo trabalho se concentra principalmente no processo.

Ela usa todo o seu corpo, ou partes diferentes do mesmo, como ferramentas para realizar suas obras.

Neste trabalho, Antoni explora o corpo, bem como temas de poder, a feminilidade e o estilo do expressionismo abstrato.

Ela diz: “I mopped the floor with my hair…The reason I’m so interested in taking my body to those extreme places is that that’s a place where I learn, where I feel most in my body. I’m really interested in the repetition, the discipline, and what happens to me psychologically when I put my body to that extreme place.”

6

E se você pudesse expor seus sentimentos anonimamente?

Confessions é um projeto de arte pública da empresa Candy Chang, em Las Vegas, que convida as pessoas a compartilharem suas confissões de forma anônima.

Inspirado nos confessionários católicos, a empresa criou um lugar onde as pessoas podem escrever suas confissões em placas de madeira, com direito até a trilha sonora.

5

ARTE TÊXTIL

Quando vi estas imagens me apaixonei e logo voltei no tempo.

Minha família é tradicional, e grande parte das meninas aprenderam a bordar, a tricotar, a costurar. Quantas vezes não ganhava retalhos da minha avó e saía feliz da vida para criar roupas novas para as minhas bonecas.

O trabalho da ccollier é assim. Ela se inspira em pinturas, histórias, e então recorta os tecidos para criar seus desenhos.

Como eu, ela aprendeu a costurar com sua mãe. :-)

À venda na Etsy.

10

Sasha Kurmaz é um malabarista.

O artista multidisciplinar equilibra a arte entre o irônico e o poético, distanciando-se de uma leitura puramente visual.

Nas fotos deste jovem ucraniano nascido em 1986, em Kiev, logo após o desastre de Chernobyl, você encontrará o coração, o cérebro, a energia.

Sasha capta fotografias íntimas utilizando-se de elementos estéticos frívolos para criar situações estranhas e belas. Dessa forma, momentos corriqueiros podem contar uma história, que normalmente representam uma tensão sutil entre a sensualidade e a repulsa.