julgamento

anonymous asked:

Faço 18 anos no começo do ano q vem, e to grávida de 1 mês e meio. Ta sendo complicado pq ngm sabe, e ainda to no 3 ano. Tento ao máximo esconder c as roupas. Tenho medo dos julgamentos, inclusive pensei em tirar. Mas depois q vi a minha barriga crescendo, essa ideia passou longe da minha cabeça. Apesar de toda dificuldade q eu venha passar, vou ser a melhor mãe q eu puder p meu bebe.

Sei que vc é nova e vai ser foda, mas um bebê é algo abençoado, vai ter gente pra te julgar, vai ter um caminho longo, bastante dificuldades, mas sei que vc vai ser forte, enfrentar e se empenhar p ser alguém na vida e p ser alguém melhor ainda p seu filho, vai dar tudo certo, tenha fé

Deus vos pediu para que aguentem as suas provações, pediu que conseguissem ver além do que vossos olhos conseguem enxergar, que vossos corações soubessem o caminho e que mesmo errado, vocês se redimissem. O bom Deus vos pediu calma, esperança, alegria nos dias tristes, que aceitassem as diferenças mesmo sabendo que para Ele somos todos iguais. Vos pediu paciência, compreensão, convosco e com o próximo. Deus vos pediu que não parassem de sonhar e para que no meio de vosso sonho bom, soubessem que Ele estaria presente. Vos pediu fidelidade, vos pediu para que abolissem de vós o medo, pois com Ele ao vosso lado, nenhum encontro ruim aconteceria. vos pediu para que não o esqueçam para que não param de o falar, para que quando pesares no andar, no falar e no ouvir, abrissem as portas de vossas mentes para que Ele pudesse entrar e concertar. Deus vos pediu para deixá-lo entrar, vos pediu aceitação, vos pediu que em dias de chuva e trovão jamais houvesse amedrontamento dentro de vossos corações, que nos dias de sol não tivessem medo de sair se queimar, que no meio dos ventos não tivessem medo de ser levados, que na primavera não tenham medo dos espinhos nas rosas, pois assim como elas todos temos alguns espinhos, e Deus pediu para que deixassem ele retirar cada um. Deus pediu para que o próximo fosse amado assim como Ele vos ama, que não julgassem, que não debochassem da dor alheia, que ajudassem a parar com o sofrimento, Deus vos pediu para não guardar rancor, pois o rancor afasta-te do bem, pediu para que dessem as mãos e doassem vossos corações, pediu que nunca deixassem vossa fé NELE e nem que evitassem contato. Deus pediu para que vos o deixassem nos ouvir mesmo sabendo que Ele ouviria tudo que ditamos. Deus vos pediu para permitir que a ciência e religião trabalhem juntas, para que os humanos sintam-se mais humanos e não máquinas, mas que vós soubessem que tudo que criamos, de algum jeito tem vida e coração. Deus pediu para que soubessem que dependendo de sua religião, opção de vida, sexualidade, ira, amor, alegria, tristeza, maldade ou bondade, ele vos amaria e deseja que sigam esse dito. Deus vos pediu para que AMEM à todos e não que só digam AMÉM.
—  Poesografa.

Julgamento

Você,
Isso,
Você mesmo,
No meio da multidão
Ou no vazio de um quarto.

Você,

Que nunca viu uma estrela,
Ou a lua.

Que nunca correu de cueca.
Que nunca saiu por aí.
Que nem bebeu.

Que não viu o amor passar.
Que não pulou carnaval,
E nem viu tudo se acabar
Em quarta feira ou cinzas.

Você,

Que não foi a igreja
E esqueceu a reza.

Que nunca foi viajar,
Nem foi buscar ninguém no aeroporto.
Que não viu um avião passar.

Que não viu O Poderoso Chefão,
Não escutou Beethoven
Que não leu Dom Casmurro
Que nunca tateou a Pele Alheia.

Você,

Que nunca beijou na chuva, fez amor,
Não o sentiu, nem o respirou.

Que nunca viu o mar,
E nem tomou banho de rio ou cachoeira.
Que nunca sentiu o olho arder por causa do xampu.


Que nunca escalou uma montanha,
Pulou as partes pretas da calçada,
Equilibrou-se num canteiro,
Ou cavalgou aos pingos.

Você,

Que nunca comeu escargot,
Ou acarajé.

Que nunca cobiçou a mulher do próximo.
Que nunca jogou xadrez
E nunca gostou de futebol.

Que nunca cometeu um pecado,
Uma infâmia.
Que nunca ralou o joelho
Ou chorou por poesia.

—  Prosa, verso e poesia