jorgewebnet

No dia de natal o cara está preso na delegacia.
O advogado comparece para libertá-lo e pergunta o que havia acontecido.
O cliente preso, começa a explicar:
- Bem, eu estava passando na rua e de repente vi um monte de gente correndo. Estavam socorrendo uma prostituta que acabava de dar a luz a um lindo menino. Então um PM se aproximou de mim e perguntou:
- O que é isso?
E eu respondi:
- É a pu*a que pariu!

Nada lhe posso dar que já não existam em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, “
(Hermann Hesse)