jogar a bola

Quem poderia imaginar.

Menina de  cabelos negros e lisos como a escuridão da noite , quem poderia imaginar que a menina de ontem não e a mesma de hoje ,com raiva no peito sofre calada e com o sorriso no rosto não mostra o quanto esta desesperada , apelidos bem dados foi o que formou seu coração magoado , lagrimas no banheiro da escola só por gostar de jogar bola , facas no coração por não pertencer ao padrão ,padrão que tornou garotas com corpos mais arredondados um absurdo , eles só esqueceram uma coisa ! seu coração não era surdo …

-Sophia costa dias 

Domingo

Hoje é domingo e eu largaria todos meus relatórios e provas e até as próximas férias para saber se você pensa em mim no decorrer do dia. É que domingo é o dia mundial da saudade, da carência e das vontades reprimidas. É que hoje talvez eu queria saber se comeu uma lasanha, se assistiu algum filme na netflix, se dormiu depois do almoço ou se viu o jogo do seu timão. É que hoje eu quero saber se você limpou o quintal, saiu para jogar bola e ainda deu tempo de chegar em casa e ver mais um episódio da série preferida. É que um domingo ou outro é sempre bom vasculhar nossas/suas fotos ou ler as conversas antiga. É que hoje é um dia de sentir sua falta e não chorar mais. É que hoje, a pesar do frio na barriga e da louca vontade de te ter, foi mais um dia de consciência limpa por lembrar e saber que fiz de tudo para te ter enrolado aqui comigo no meu edredom azul de listras brancas e ainda sim meu esforço não foi suficiente. É que aquela dor fraca e silenciosa que nos faz querer sumir por uns dias, nunca foi desculpas para que eu mendigasse seu carinho. É que sofrer por um amor, às vezes me faz crescer e imaginar que ainda que você não se enrole nunca mais no meu edredom, nas minhas memórias a gente se enrola todo domingo, o mês todo. É que dando certo ou não você sempre vai ser meu frio na barriga e minha louca vontade de dar certo mesmo dando errado. É que com você é aquele velho e gostoso clichê. Boa noite.

- T.

O texto já estava aqui, hoje é domingo, então…  

É um menino!
Vai ter nome de anjo
Nome de rei
Nome de macho
Vai ser a cara do pai
Aposto!
Vai ser jogador
Médico
Advogado.
Que garoto lindo!
Sabe jogar bola? Tem que aprender
Larga essa boneca!
Te dei milhares de carrinhos
O que ta fazendo? Tira essa roupa de bicha!
Vira HOMEM!
Onde já se viu filho meu furar orelha?
Já tá um rapaz hein?
E as namoradas?
Já transou?
Ele é o que? GAY?
Não pode!
Gente, um homem tão lindo!
Seu sujo! Porco!
Tem que morrer essas pragas!
Bicha IMUNDA!
Mamãe, eu sou gay
Eu ainda sou seu filho
Eu te amo muito
E nada vai mudar isso
Me aceite
Me ame
Continue me acolhendo
Veja mamãe, não estou com febre
Estou bem!
Estou tão bem
Encontrei alguém
Alguém que me ama também
Assim como você me amou todos esses anos
Não chore mamãe!
Eu não vou morrer!
Não tenho HIV
Sou homem responsável
Trabalho, estudo
Tenho minha vida
E me cuido.
Eu ainda sou o seu anjo
Afeto não se escolhe
Desejo não se escolhe
Amor não se nega
Eu sou gay
Sim eu sou gay
E isso não muda nada
Ainda sou seu melhor amigo
Ainda sou seu parceiro de festas
Ainda sou seu professor engraçado
Ainda sou o melhor funcionário
Ainda sou cristão
Ainda sou ateu
Ainda sou eu
Ainda sou seu filho.
Eu existo
Existem milhares
De meninos
Rapazes
E homens
Homossexuais!
Eu escohi ser assim?
Eu rezei para ser assim?
Mas assim como?
Isso é doença?
Isso é pecado?
Isso é o que afinal?
Eu gosto de homens
Eu tenho afeto
Sinto amor por eles
E eu sou homem também.
Cabelo comprido
Barba grande
Tenho o céu refletido nos olhos
Ando devagar, assustado talvez
Medo que me notem
Que me batam
Me espanquem
Me matem!
—  Helena Ferreira
Final do ensino médio, já tenho 17 anos de vida e incontáveis incertezas nas mãos. O futuro tão instável me assusta, com uma frequência que é difícil controlar. Por que não me disseram que seria tão doloroso? Ter que decidir qual faculdade cursar e, logo após, trabalhar por longas décadas. Por que não me disseram que o amor é tão inconstante? Mês passado eu amei, e ainda dói. Por que não me disseram que a saudade corta tanto quanto uma faca de açougue? As marcas já saíram do meu corpo mas, na minha essência, elas ainda fazem festa. Ainda não encontrei minha vocação. Não sou um jovem prodígio, não sei tocar nenhum instrumento, no chuveiro, até as paredes choram quando canto. Não sei jogar bola e muito menos sou engraçado. Não me destaco em porcaria alguma. Só tenho 17 e tantos caminhos distintos para seguir…
—  Alifer Souza.
Ela é o tipo de garota que não se importa se você for jogar bola com os amigos, não se importa se não der para ver ela por motivos sérios, Ela só pede uma coisa que é que você não abandone ela nos momentos que ela mais precisar.
—  Rick Barbosa.

Eu tenho a estranha sensação de que ele vai esperar por mim. Que vai abrir mão das baladas, da bebida, e de toda a “diversão” que o mundo pode dar para ir a igreja comigo. Que vai preferir ir a escola dominical de domingo de manha, para estudar a palavra de Deus comigo ao invés de ir jogar bola com os amigos. Que vai me respeitar, e vai me esperar até quando nós nos casarmos. E que vai ser o pai dos meus filhos, o Homem que vai compartilhar uma vida, que vai preferir colocar um anel no meu dedo a curtir a juventude e se perder. Vai preferir três filhos, a ter três sobrinhos e ser sempre o tiozão maneiro, que só aparece de vez em nunca. Ele vai preferir servir a Deus pois estar com o Senhor é a melhor coisa que existe.

minha vizinha passa a tarde toda jogando bola c o cachorro dela e eu passo a tarde toda estudando. queria poder jogar bola c meu cachorro tb,, mas não tenho tempo…nem cachorro…nem bola

As pessoas estão perdendo totalmente a graça. Não há quem queira caminhar descalço, raridade casais que fazem da chuva sorrisos, danças e beijos, os pais não brincam mais com os filhos nas varandas, não os ensinam a lição de casa, nem lê para que eles durmam. As crianças não querem mais descer ladeiras em carrinhos de madeira, jogar bola na rua e ralar os joelhos. Está tudo tão sem graça, metódico, mecânico. Estudar, trabalhar, enriquecer, fazer fama. Antigamente as crianças queriam ser jogador de futebol, pelo simples fato de amar jogar bola, ser bombeiro, policial e médico para salvar vidas, astronauta por achar aquela roupa bem legal e piloto de avião pela sensação de está voando. Hoje o salário escolhe seus sonhos em ter tal profissão, quanto ganha ao em vez do quanto te empolga fazer. Isso tá fazendo um mal ordinário a humanidade, está causando um amadurecimento precoce das crianças, que com 12 anos já se acham donos de si, já não são mais virgens, já se tem seu coração “lacerado” pela quarta vez. Quem busca dinheiro e reconhecimento, certamente acha que será feliz com isso, mas é preciso entender que a felicidade faz morada nas coisas mais simples da vida, como passar um tempo junto das pessoas que são realmente importantes, sorrindo, brincando, amando.
—  Amoriei.
50 coisas para fazer antes da morte:

01 - Rir até chorar.
02 - Viajar o mundo.
03 - Conhecer novas histórias.
04 - Saltar de paraquedas.
05 - Saltar de bang-jump.
06 - Testemunhar algo grandioso.
07 - Ajudar um desconhecido desinteressante.
08 - Fazer uma tatuagem.
09 - Ver as Pirâmides.
10 - Dar um passeio por Roma.
11 - Visitar Pompéia.
12 - Sentar na beira da Grande Muralha.
13 - Jogar bola no Coliseu.
14 - Salvar alguém.
16 - Dormir na beira da praia.
17 - Surfar uma onda gigante.
18 - Fazer snowboard no Everest.
19 - Pilotar um carro de Formula 1.
20 - Patinar no gelo em pleno Alasca.
21 - Viajar um mês com o Cirque du Solei.
22 - Subir no palco de um mega show de Rock.
23 - Nadar com golfinhos.
24 - Andar de camelo.
25 - Montar num tigre.
26 - Ajudar na África.
27 - Conhecer meu escritor favorito.
28 - Dar um abraço na minha primeira professora.
29 - Ser enfaixado como múmia no meio do Egito.
30 - Visitar um asilo.
31 - Vsitar um orfanato.
32 - Adotar uma criança.
33 - Escalar.
34 - Descer de skate a Mega Rampa.
35 - Levar uma carreira da polícia.
36 - Dançar até cair.
37 - Morar no mato.
38 - Ter alguém para não ficar sozinha no mato.
39 - Andar de balão.
40 - Andar de helicóptero.
41 - Escalar o Grand Canyon.
42 - Fazer canoagem no Foz do Iguaçu.
43 - Visitar um vulcão ativo.
44 - Nadar no mar da Antartida.
45 - Explorar uma caverna.
46 - Chorar de alegria.
47 - Dormir na rua.
48 - Saltar de asa-delta.
49 - Abraçar um leão.
50 - Fazer uma obra de caridade.