jhuli

Enquanto me encontro mais uma vez infestada de lágrimas recorrente a meu arrependimento, lembrando de cada coisa que eu fiz ao longo de minha existência, a cada erro cometido, mentira contada, vidas cujas não se tornaram a mesma depois que eu fiz de tudo pra acabar com elas… Eu sei que não posso voltar atrás e fazer um novo começo, mas eu estou tentando parar agora, pra fazer com que essa história termine diferente… Eu nunca quis magoar ninguém, nunca quis afastar ninguém de mim, porém eu estava cega e embasada apenas nas teorias do meu egoísmo… Tudo que eu queria era poder voltar e reconstruir isso tudo, fazer isso certo… pela primeira vez na vida eu tenho certeza que essa afirmativa é correta. Eu me arrependo, nossa, muito, por sinal … Sinto falta de todos aqueles momentos que passei contigo, das nossas brincadeiras, fotos, da nossa vida que eu simplesmente ousei em jogar fora por um capricho meu… A vida tem o seu próprio jeito de mostrar como eu estive errada ao longo do tempo, eu só queria saber concertar isso… Por enquanto, gostaria apenas que aceitasse meu pedido de desculpas, mesmo que tudo não volte ao normal, mas eu posso lhe garantir que esse foi o mais sincero dos que eu disse até hoje…
Há bastante deslealdade, ódio, violência, absurdo no ser humano comum para suprir qualquer exército em qualquer dia. E o melhor no assassinato são aqueles que pregam contra ele. E o melhor no ódio são aqueles que pregam amor, e o melhor na guerra, são aqueles que pregam a paz. Aqueles que pregam Deus precisam de Deus, aqueles que pregam paz não têm paz, aqueles que pregam amor não têm amor. Cuidado com os pregadores, cuidado com os sabedores. Cuidado com aqueles que estão sempre lendo livros. Cuidado com aqueles que detestam pobreza ou que são orgulhosos dela. Cuidado com aqueles que elogiam fácil, porque eles precisam de elogios de volta. Cuidado com aqueles que censuram fácil, eles têm medo daquilo que não conhecem. Cuidado com aqueles que procuram constantes multidões, eles não são nada sozinhos. Cuidado com o homem comum, com a mulher comum, cuidado com o amor deles. O amor deles é comum, procura o comum, mas há genialidade em seu ódio, há bastante genialidade em seu ódio para matar você, para matar qualquer um. Sem esperar solidão, sem entender solidão eles tentarão destruir qualquer coisa que seja diferente deles mesmos.
—  Charles Bukowski
[…] O sangue dos Primeiros Homens ainda corre nas veias dos Stark, e mantemos a crença de que o homem que dita a sentença deve manejar a espada. Se tirar a vida de um homem, deve olhá-lo nos olhos e ouvir suas últimas palavras. E se não conseguir suportar fazê-lo, então talvez o homem não mereça morrer. Um dia, Bran, será vassalo de Robb, mantendo um domínio seu para o seu irmão e o seu rei, e a justiça caberá a você. Quando esse dia chegar, não deve ter nenhum prazer na tarefa, mas tampouco deverá desviar os olhos. Um governante que se esconde atrás de executores pagos depressa se esquece do que é a morte.
—  Eddard Stark, Game of Thrones.
Gente o Arthur tava tão feliz ontem no show dele, ele tava bobo com a tia vó dele, o padrasto, o irmão a mãe, todos os amigos que realmente gostam dele umas primas e tias e os fãs.Cara ele tava tão lindo ele não só cantava com a boca mas também com o coração, e quando ele cantou a flor cara ele fechou os olhos tocando violão e depois pediu pra continuarmos a música e entre uma música nova de trabalho de que ele cantou duas vezes todo bobo eu e todos que estavam lá ACHA que ele falou "Lua" e depois eu vi claramente que ele sorriu disfarçando mas muita gente ouviu não pode ter sido um engano.Teve também a música que ele fez com um Guga ele que aquela música ele tinha feito com um amigão dele ma snem ele sabia com tinha ficado depois de pronta e o Guga tava sentado em frente o palco junto com o Bê Falcone,a Mari, a Jhulie,a tia Kátia e umas primas do Arthur, ai ele falou que ele tava por ali mas não tinha encontrado ele com os olhos ai o Guga assobio ele olhou e sorriu e começou a cantar e o o Guga a cantarola baixo ar foi muito perfeito.