isa fuhrman

Que ótimo que você está vindo para o Brasil, anjo. Mas como você faz isso assim, sem mais nem menos? Como eu vou te ver, se daqui a dois dias eu vou esta nos Estados Unidos? Você quer me matar do coração, Isabelle Fuhrman? Quer? Por que você quase conseguiu. Anjo, por favor, avisa antes, para eu poder me preparar… Por favor. Eu só sei que eu não vou conseguir te ver… Não vou conseguir ver aquela menina, que eu tanto admiro, sabe? Aquela menina, que me ajudou… que me disse para nunca desistir dos meus sonhos. Sabia que te conhecer é um deles? Eu só queria chegar em você e dizer “Eu te amo, Isabelle. Você é a melhor atriz que já existiu.” mas eu não vou poder. Dói, sabe? Simplesmente dói. Dói o fato de que eu era conformada de que você NUNCA viria para cá, dói o fato de que você está vindo para cá, e eu não vou poder te ver, só dói. Vou parar por aqui por que já voltei a chorar.