imposto

#Repost @osgemeos with @repostapp.
・・・
"ordem e progresso?“ violência/ corrupção/ desemprego/ censura sem educação/ abandono. "Order and progress?” violence/corruption/ unemployment/censorship/ no education/abandonment/ #saopaulo #brasil #corrupção #vergonha #violência #fome #desviode$publico #relaxo #imposto #povonaruamudaobrasil #amamosonossobrasil !

Arquivado o projeto que isentava impostos sobre instrumentos musicais importados


Pessoal, está circulando na internet uma notícia que publicamos em 2009: “Aprovado projeto que isenta impostos sobre instrumentos musicais importados”. Na época, o projeto (PLS 345/2006, do senador Cristovam Buarque​) havia sido aprovado pela Comissão de Educação e Cultura do Senado, mas passaria ainda pela análise de outras comissões e da Câmara. No dia 30 de março de 2015 o projeto foi arquivado. Na Câmara havia um projeto semelhante (o PL 6635/2013), que também foi arquivado. Ou seja, a notícia é falsa, mas, da forma como está circulando, está desatualizada e fora de contexto.

Leia também:  Você quer mudar alguma lei no Brasil? Então mande sua ideia para o Senado

IPVA, gripe e sapatos estragados

Falo mal do IPVA, esse imposto escroto lindo que só serve pra tirar R$ 176 do meu bolso magro e me dar nada em troca. Por causa do fdp fofo to correndo risco de ficar gripada e perdi um dos meus pares de sapato preferidos.

Então, além de me arrancar dinheiro e me devolver nada, o IPVA me obriga a me deslocar até um banco e pegar fila para pagar, EM PLENO SÉCULO XXI. E como o clima em Salvador tirou o dia pra curtir com minha cara, uma chuva escrota resolveu desabar em cima de mim, e molhou até meus órgãos internos no espaço de 2m que me separavam do carro até o banco.

E sim, eu estava com guarda-chuva. Não, eu não estava usando galochas, e meu sapatinho de boneca ficou encharcado com as poças d'água suja e nojenta espalhadas pela rua.

Daí que precisei voltar pra casa, trocar de roupa e constatar que meus sapatos nunca mais serão os mesmos. Cheguei atrasada no trabalho e olha que beleza: já comecei a tossir e espirrar.

Já pode surtar?

Imposto de Renda

Eu pago!
Eu pago pelo estrago,
eu pago e é dobrado,
eu pago sem resultado.
Eu pago quando compro,
eu pago enquanto recebo
e pago pelo imposto - de novo.
Eu pago!
Eu pago pelo estrago,
pelo roubo, pela seca,
pela escassez, pela inflação,
pela falta de educação…
Eu pago por toda falta que há
na saúde, na habitação,
na mobilidade, na segurança,
eu já nem tenho mais esperança,
- eu só recebo a falta,
eu pago e vejo a fome,
dessas pessoas sem nome,
eu pago pela tragédia,
pois é só o que vejo: miséria.
Eu pago, mesmo sem saber,
porque não há mais hospitais
quem são os políticos saem
estampados nos jornais.
Ainda sem escolha, eu pago,
eu pago pela corrupção
eu pago pelas mentiras que me farão
em outubro, em plena televisão.
Eu pago tudo o que me é taxado,
o que sempre é roubado,
eu pago sempre dobrado.

“N” - Política em ensaios poéticos

2012 e o dinheiro

   O fim do ano chegou e com ele o calor e as festividades. Natal, Reveillon e Carnaval, três motivos de comemoração no Brasil. Somados costumam representar um aumento bem significativo para a economia do país, por isso, se tornam foco de preocupação da população também, ou pelo menos minha.

   São presentes, festas, roupas brancas, fantasias e liquidações de inverno. Com a ajuda do décimo terceiro salário os brasileiros começam o novo ano gastando. Não posso dizer que vejo isso como algo ruim, pois muitas vezes me incluo na categoria. A minha questão é: por que ainda assim o Brasil não parece crescer?

   Mesmo com Copa do Mundo e Olimpíadas, sei que as reformas e construções não vão sair como estão no papel e que o Brasil não vai se tornar importante como deveria. Nessas horas de decepção, pressa ou tristeza que as pessoas costumam gastar ainda mais, voltando a questão inicial.

   Só espero que o dinheiro que gastamos com impostos e com o que é roubado por políticos seja bem utilizado em algum momento. Nas obras dos eventos que estão por vir ou na educação, a mais importante pra mim, mas que não fique parado em bolsos alheios.

Refletindo um pouco sobre os Impostos e o Consumismo:

Peguei o texto com o Luis Gustavo Martins, Tecladista da banda Vivalma. Leiam e reflitam sobre nossos próprios hábitos em quanto consumidores:

Eu tento, mas não consigo entender, um Camaro SS custa R$180.000,00. Equivalente na cotação de HOJE a US$97.192,22. É um carro de quem tem ALTO PODER AQUISITIVO. Nos EUA, ele custa US$23.200,00. É carro de gente comum, de mulecada em geral. Ainda mais considerando que a renda per capta lá é bem maior que aqui.

Quando eu digo que carro custa muito caro aqui no Brasil, sempre me aparece alguém pra colocar a culpa no governo. Mas pensem só, nos EUA eles vendem o carro por ¼ do preço do Brasil e LUCRAM com a venda! SIM, eu disse lucram, pois ninguém vende sem LUCRO! A mão de obra automotiva nos EUA é mais remunerada que aqui. A PRODUÇÃO do carro lá é mais cara. A diferença aqui é o tal imposto. Digamos que o governo cobre 100% de imposto sobre o carro CONSIDERANDO O LUCRO da Chevrolet. Porque diabos o carro aqui custa 4 vezes mais ao invés de 2 vezes? E outra, os impostos não chegam a 50%. Mesmo supondo 100% de imposto o valor está muito LONGE do que nos é cobrado. 

Alguém me explica???
Duvidam??? Vejam só: CAMARO NO BRASIL http://www.chevrolet.com.br/Veiculos/todos-os-modelos/carros/Camaro/apresentacao.html

CAMARO NOS EUA http://www.chevrolet.com/camaro-performance-car/

Veja bem, enquanto continuamos comprando tais itens com esses valores absurdos, as empresas vão manter esses preços. Bem como os impostos.

iPad3G 64 GB
Lá fora: R$954,00 
No Brasil: R$2400,00

(Shame on you…)

Há tempo demais somos obrigados a pagar valores exorbitantes para podermos ter aquilo que o resto do mundo inteiro tem barato: produtos de mídia e eletrônicos como DVD’s, BluRays, Videogames, Jogos, iPads, iPhones, iPods e tantos outros exemplos…

PARTICIPE: http://www.precojustoja.com.br/ Você vai levar menos de 10s para nos ajudar e se ajudar!

Vamos ficar atentos… 

1 Trilhão em imposto: você desejar continuar pagando essa conta?

Carga tributária: movimento Hora de Agir cria hotsite para fomentar protestos

A campanha também inclui ação nas redes sociais e peças de marketing direto

R$ 1 trilhão é muito. É sob esse mote que o movimento Hora de Agir quer incentivar os brasileiros a protestarem contra o aumento progressivo da carga tributária. Como parte da ação, o movimento criou o hotsite, onde os internautas poderão expressar sua opinião sobre o assunto. A campanha também inclui ação nas redes sociais e peças de marketing direto.

O movimento Hora de Agir é uma iniciativa das Associações Comerciais do Estado de São Paulo e surgiu num momento oportuno e alarmante: a virada do Impostômetro para 1 trilhão de reais no dia 13 de setembro.

Pelo site, é possível gravar um vídeo protesto, deixar uma mensagem com sua opinião e enviar um recado para os deputados votarem a favor do Projeto de Lei 1.472/07, que determina que as notas fiscais informem o consumidor sobre o percentual de imposto embutido em cada produto.

No dia da Virada, um evento denominado “Feirão dos Impostos” no Páteo do Colégio na cidade de São Paulo será palco do grande Apitaço, evento programado para o dia 13 de setembro, às 11h. A ideia é que o evento aconteça também no Brasil inteiro, quando diversas pessoas assoprarão seus apitos, fisicamente ou virtualmente, mostrando sua indignação.

Facebook: http://www.facebook.com/pages/Hora-de-Agir/138399512916000?created 

Fonte: http://goo.gl/66sgF