homilias

Desmaios de Madame

Conceiçãozinha _ Acrílico sobre tela _ Mônica San Galo 

Quando era menina ouvia de minha mãe as histórias de moças que desmaiavam durante a missa.

Sim, elas desmaiavam! Eu achava tão romântico, ficava com inveja daqueles desmaios durante a homilia, geralmente nas primeiras missas do dia, que eram de manhãzinha muito cedo. Muitas iam sem o café da manhã, acho que era esse o real motivo das vertigens.

Minha mãe nunca desmaiou na missa. Nunca.

Até acho que gostaria de tê-lo feito, mas era muito esganada para conseguir. Nunca dispensava o café da manhã antes de sair, desjejum generoso, pão com manteiga, café com leite, beiju, cuscuz com leite de côco, aipim, tanta coisa assim, era impossível desmaiar, tão bem alimentada..

O outro motivo, bem menos confesso, eram as roupas.

As meninas desmaiadeiras vestiam-se muito bem pra desmaiar na missa!

Eram corpetes lindos, de renda e organdi, combinações em palha de seda, o peito coberto por nervuras ou casas de abelha, o colarzinho de pérolas, vestidos de crepes finos, havia que se ter enxoval apropriado pro desmaio!

Imagine se a desmaiadeira fosse socorrida pelo pretendente e não estivesse bem composta?

Misericórdia, Senhor! Era um Deus nos acuda!

Eu ouvia tais histórias e ficava sonhando, queria ter tudo aquilo, roupas lindas pra desmaiar na missa e pretendente para me despertar com um lenço molhado no éter.

Mas quem herda não rouba. Herdei de mammy o gosto pela boa mesa, não há nada que me faça desprezar um bom café da manhã, nem a romântica possibilidade de desmaiar nos braços do meu amado.

É por isso que vivo num mundo de fantasia. Nele já desmaiei vezes sem conta e sempre vestida por ninguém menos que Coco Chanel.

Sorry, periferia.

P. S. Minha sobrinha, Alice, vive desmaiando na missa. Fome não é, Alice é um bom garfo. No caso dela acho mesmo que é o calor, a igreja que ela frequenta é a mais calorenta que eu conheço, Deus me livre!

Mas com tanta desmaiação ela vai acabar encontrando o seu príncipe encantado na beiradinha do altar… ainda deve haver uns poucos românticos que curtem um bom desmaio.