historia da humanidade

Me apego a Mateus capitulo 24. Soube que os mares estão rugindo e subindo cada vez mais seus níveis. Lembro-me de ter visto uma lua cor de sangue certo dia. Contaram-me que quatro homens foram mortos por descobrirem que a NASA está planejando unificar as religiões e abrir as portas para um “novo Messias”. Vi mães matando seus filhos sem dó e nem piedade. A Terra está sofrendo com inundações e terremotos. Já se passou guerras mundiais, mas o fim não chegou com elas. Nações guerreiam ainda mais contra as outras. A falta de alimentos está assustando todo mundo. Há perseguição tanto psicológica quanto física contra quem professa a fé em Deus, e muitos são presos, e até mortos, por amarem ao Senhor. Odeiam quem segue os passos de Jesus, pois dizem que nas Escrituras Sagradas só há preconceito, intolerância, violência e discriminação. Tanta gente que tinha esperança simplesmente abandonou a fé e vive como se Deus não existisse, provando e amando todo e qualquer prazer que o pecado dá. O que mais vemos hoje são pessoas ditas como profetas que só enganam inocentes em busca de dinheiro. A maldade está tão grande que muitos deixaram de crer que há um Deus bom que cuida e protege. Pessoas estão fugindo de seus lares para saírem do meio da guerra. O amor perdeu o valor e o significado, além de estar mais frio que um iceberg. Nunca se viu tamanho sofrimento na historia da humanidade, porém nem tudo está perdido porque o Senhor ainda vem buscar os que são Dele para morarem com Ele durante toda a Eternidade. E vejo cada vez mais as palavras de Deus chegando a todas as partes da Terra. Nunca vi antes o evangelho ser tão pregado quanto agora. Pessoas acreditam nos sinais do fim, elas estão voltando aos braços do Pai, sendo curadas e mudadas pelo toque do Espirito Santo. Só sei que Ele se aproxima. Posso sentir o seu cheiro ao longe.
Prepara-te.
—  Posso sentir o seu cheiro ao longe, de T. Katluryn.