hidewings

Melhor amiga. Bom, não gosto mais destas palavras porque não quero escolher somente uma pessoa para este lugar. Antes eu não tinha dúvidas, era ela e pronto. Mas a distancia nos separou. Mas ela ainda é minha melhor amiga, não é como antes, mas é. Sabe, quando descobri realmente que ele era meu melhor amigo, foi no dia em que tudo estava desmoronando e eu peguei meu telefone, olhei para a agenda e era com ele que eu queria falar, era com ele que eu precisava falar. Hoje eu senti isto com ela. Alguém que foi muito especial para mim neste ano, aguém que me ensinou muito, e alguém que não cabe em palavras. Queria chama-la de “a minha melhor amiga”, mas isso é estranho para mim, sinto como se tivesse trocando a minha outra melhor amiga, como ela sempre disse ter medo de acontecer. Então deixa assim, sem um nome, só uma amizade verdadeira. Só queria dizer o quanto eu a amo e o quanto ela me faz bem. É  a pessoa mais madura que eu conheço, mas adora ser imatura comigo em brincadeiras. Isto é ótimo. Cresci muito com ela, ri muito, aprendi muito. Ela vez este ano muito especial para mim. Descobrimos que pensamos igual em muitos assuntos gerais, e nossas conversas de madrugada foram as melhores… E geraram ótimas redações também. Para finalizar vou usar uma frase que ela sempre me diz. “Eu viveria sem você, eu viveria sem qualquer pessoa, mesmo as mais importantes para mim. Eu viveria. Mas seria uma perda muito grande”.

(28lagrimas)