guerra ao terror

youtube

John Boyega é interrogado no segundo trailer de Detroit [2017], novo filme de Kathryn Bigelow. O novo material oferece mais informações sobre o personagem de Boyega e mostra a construção das tensões na época.

Explorando o racismo sistêmico na Detroit de 1967, o drama mostra os enormes motins que se seguiram durante cinco dias, após um ataque policial.

Além de Boyega (Star Wars: O Despertar da Força [2015]), também estrelam John Krasinski (Distante Nós Vamos [2009]), Will Poulter (O Regresso [2015]), Kaitlyn Dever (Justified [2011 - 2015]), Tyler James Williams (Cara Gente Branca [2014]), Jason Mitchell (Straight Outta Compton: A História do N.W.A. [2015]), Anthony Mackie (Guerra ao Terror [2011]), Jack Reynor (Glassland [2014]) e Hannah Murray (Game of Thrones [2012 - 2017]).

Com roteiro de Mark Boal, que trabalhou com Bigelow em Guerra ao Terror [2008] e A Hora Mais Escura [2012], a produção estreia nos EUA em agosto e permanece sem data no Brasil.

Eu quero casar com você, quero acordar do seu lado, quero brigar com você. Quero mandar você calar a boca mesmo sabendo que você não vai calar, e te calar beijando você. Quero provar todos os dias que te amo. Quero te fazer feliz, assim como você você me faz. Quero fazer amor com você ouvindo você suspirar, falando meu nome. Quero que você não precise de mais ninguém, só de mim. Quero morrer de cansaço ao correr atrás de você, depois de uma guerra de travesseiros. Quero dormir com você naquele sofá apertado depois de assistir seu filme preferido (Harry Potter ou Guerra ao Terror rs’)… Quero morrer de rir ao ouvir você me contando uma piada por mais sem graça que seja. Quero te acordar com vários beijos. Quero dizer que te amo. Eu apenas quero te fazer feliz, como ninguém nunca fez. Ao me deitar eu estava pensando em ti, eu não sei se é sonho, eu não sei mesmo o que acontece, mas eu te sinto sempre, até enquanto durmo sinto seu toque, sua voz, seu sorriso. Sinto e vejo tudo, meu misto de sonho e realidade, por que demorou tanto pra chegar? Eu guardei um sonho bom pra ti, essa noite toda,foi perfeita, eu estive com você, da forma mais incrível, toquei seu coração, te dei o meu, e recebi o seu. Ao amanhecer sua imagem continuava nítida em minha mente, meio sonolenta, acabei despertando pelo vibrar do celular, e era você. E tem sido você, e vai continuar sendo você. Por tanto tempo eu quis, e então você chegou. E entenda que eu não quero mais o travesseiro como companhia… É você que eu quero abraçar a noite inteira. Sentir seu carinho durante o sono, olhar para você enquanto estiver dormindo. Dar beijos no seu rosto só para te despertar. E de manhã, te dar um belo “bom dia” para ficarmos o resto do dia nublado, deitados. Eu quero que você se sinta a pessoa mais feliz do mundo, a única capaz de ser pra mim um sonho em noite de insônia. Confesso que encontrei meu motivo pra sorrir. Encontrei alguém que queira dividir a minha cama, meu amor e minha vida. Encontrei alguém que aguentasse me coração enjoativamente doce, e que suportasse meu humor incrivelmente amargo. Alguém que me vesse cair sem que eu gritasse e me desse a mão sem eu pedir. Alguém que me abraçasse mesmo longe e me beijasse de cabeça baixa. Alguém que queira meu amor, mas que tenha minha amizade. Alguém que roube minha confiança e leve meu coração de brinde. Alguém que queira dormir de mãos dadas e acordar do lado. Alguém pra ser criança como eu, pra fazer palhaças no meio da rua. Alguém que deixe o mundo pra me dar um beijo. Alguém que encontrasse o que procurou a vida toda, aqui dentro. Alguém pra eu contar meu dia e alguém pra falar “te amo”. Alguém pra ser meu, de um jeito bem clichê. Alguém pra eu viver aquilo tudo que eu julgava besteira e que hoje é tudo que eu tenho. Eu quero você. Digo, repito, falo outras mil vezes. De trás para frente, de frente pra trás. De canto, de lado, da maneira que for. Eu quero você. Que tenha clichê, ciúmes, malicia, sacanagem, egoísmo, afeto, loucuras, falhas, erros, acertos, perdões, beijos, abraços, pegação, sexo, amor, transa, filme juntinho, dormir de conchinha, mãos dadas, que tenha todas as coisas do mundo, mas que seja apenas entre eu e você. Acho que dá pra perceber o quanto você me faz feliz, não é? Acho que já notaram que você é o amor da minha vida, e que é com você que eu quero passar a minha vida toda. Tá tão na cara que eu sou completamente louca por você, completamente fascinada pelos seus olhos. E sim, isso tudo é verdade. Por que não há mais ninguém nesse mundo que eu ame mais do que você, não há outra pessoa nesse mundo que eu queira estar no junto, a não ser você. E eu ganhei um presente: você. De um modo incomum, de um jeito estranho, mas real. É que parece que quanto mais eu escrevo sobre nós, mas eu preciso escrever. O que você faz comigo, hein? Como você consegue me deixar assim? Não, eu nunca me senti assim. Não desse jeito. E eu não vou deixar você ir, nunca. E muito menos irei embora também. Dessa vez, com você, eu quero que dê certo. Você é meu porto seguro. Por que eu sei que vai estar aqui por mim. Sempre me espera. Sempre me acalma. Não leva tudo o que eu digo a sério e me perdoa se eu erro. Você está aqui, até quando eu não mereço ou não espero. Eu sou tão feliz em dizer como a vida é maravilhosa, já que você está comigo. E pra te falar ainda mais a verdade, eu acho mesmo que você é o amor que eu esperei a vida inteira. Por que eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só quero olhar pra você. Eu escolheria você. Se me dessem um último pedido, eu escolheria você. Mas eu amo você. Só queria terminar dizer isso. Eu amo você. De verdade! ♥  

Alexandre ♥