gisella francisca

4

Quem guarda tem!

Minha avó sempre falava isso e eu não levava fé. Por várias vezes pensei em passar essa saia adiante, mas nunca tive coragem. E olha que legal: o plissè voltou.

Eu na verdade meio que cago pro que foi ou voltou na moda. Como sempre falo, eu gosto de estilo não de moda. Mas é legal quando as coisas que vc gosta. que fazem parte do seu closet voltam como tendência. Assim sempre rola uma inspiração de streetstyle aqui e ali.

Azul pode não ser a cor mais em alta agora, mas pra mim azul está sempre nas alturas quando o assunto é cor preferida. Gosto de usar listras com cores mais bold como eu fiz nesse look aí de cima.

Tenho visto bastante saia plissada agora, mas usada com top justo e comprido. isso dá uma silhueta mais alongada pras meninas mais esguias. Pro meu tipo de corpo acho que não rola mesmo.

Se vc tiver numas de ter uma saia assim, o legal é ter uma cor mais neutra, aí vc pode aproveitar pra várias temporadas. Que tal?

Even though I considered this skirt kind of overdue in my closet, something told me to keep it. It gotta be my sense of style talking to me. ahahahha

So, as I kept the plissè skirt, now I can use it again and keep up with the trends I have been seen “all over the interweb”.

Maybe the color is not the best for the season, but I just tend to not care about what is supposed to be worn now or not. As I usually say, I am more a style lady than a fashion/fad obssessed.

Anyways, if you want to try a plissè skirt, maybe this is the season to get yourself one. I would go for a neutral color so you can keep it for other seasons. What about trying the current trend and pair the skirt with a long and tight tee? Not the best shape for my type of body but it is worth trying isnt?

Saia/Skirt Zara (kinda old but there is a lot of options in the shops now)
Top Zara
Clutch Stella McCartney
Shoes Maria Bonita Extra (pretty old)

plissè I heart you!

3

Tá batida mas tá boua!

(Ainda) É a cara do verão.

Lembra do post anterior em que eu falei sobre aquele picnic no parque que fizemos? Eu passei esse dia com a saia azul que todo leitor deste humilde blog já conhece.

Cara, eu amo a cor dela e estou penando pra adquirir outra peça do mesmo tom. Mas como já dizia a Kátia Cega lá nos anos 80, “não está sendo fácil”.

Combinei a saia azul com um top simplesinho de cor pastel. Nenhum motivo especial que não o fato de ele estar na minha frente na hora em que eu esteva me vestindo. Achei meio apagado. Aí mandei um cinto mais bold porque eu adoro fazer contrastes com cintos no look. Eu sempre acho que preciso de cinto. eu amo! Sapatilha verde e bolsa de verão. Só vai dar ela, escreve… ela foi comprada numa barraquinha de brechó na Lapa. Achado de um lifetime. No fim do dia rolou um cardigã e um scarf pra esquentar um cadinho no barco.

Ah! Pára tudo. Tinha esquecido do detalhe do lenço. Há tanto tempo que não usava nada na cabeça. Tem me dado dor de cabeça ficar sentindo a coisa prender meu cabelo o dia inteiro. Mas esse lenço é de seda e bem macio, claro, então deu certo por algumas horas. Será que esse lance de dor de cabeça é invenção de minha mente criativa?

Saia Zara // Top Gina Tricot // Bolsa vintage // Lenço Lucien Pellat Finet // Sapatilha Maria Bonita Extra // Bracelete Anna Dello Russo para H&M (cinto de lá tbm) e anel Fizpan (já perdi e achei mil vezes incluindo o dia destas fotos). O scarf vermelho foi comprado numa banca de jornal em Paris. É Gaultier e veio numa revista. Pá!

4

Pastel Sunday

Um domingo de calor e vento em Oslo. Tava bem agradável se o foco ficar na temperatura e não no vento chatão levantando minha saia toda hora.

Mas, antes de sair de casa eu não tinha notado a ventania. Aí eu achei a oportunidade perfeita pra usar essa saia que não uso há tempos. Ela estava guardada na mala e toda amassada. Aliás, a maioria das minhas roupas ainda está. A razão disso é que eu me mudei pra casa do namo. Escovas de dente juntas agora. Mas conto isso em outro post, outro dia.

Mesmo com a saia amarrotada eu cismei que queria usar. Não dava tempo de passar porque já estávamos atrasados, namo já me chamando por todas as sílabas do meu nome… tipo correria. Aí eu peguei a blusa branca (uma das únicas que eu tenho) e coloquei a saia. Ela ficou caindo, e não acinturada como eu gosto.

Aí eu tive a brilhante idéia de usar um cinto. Sendo que só esse estava disponível no momento. Aí eu coloquei e fui. Só que eu não contava que a saia não pararia debaixo do cinto. Mas, achei o overall bom, gostei da roupa.

Mais um dos muitos casos que vemos todos os dias de boa idéia e não tão boa execução. kkkkkkkk

Pro makeup eu escolhi um batom que adoro chamado Lady Danger, da Mac e delineador preto. Um pouco de blush porque não deu tempo de elaborar mais que isso.

Saia/Skirt Herchcovitch; Alexandre // Top Zara // Cinto/Belt e Colar/Necklace H&M // Sapatilha/Balerina Maria Bonita Extra // Bolsa/Bag Vintage // Bracelete Escada // Sunnies Celine Audrey

It was a sunny and windy sunday in Oslo. Very nice if we focus on the tempeture and not the wind itself. It made it so hard for me to keep holding my skirt most of the time outside.

But of course, before going out I haven’t noticed that so I used the skirt I wanted to. Actually my mind was so set to it that I had to wear even though it was pretty wrinkled. My family is quite a lot into extra perfect ironed clothes that this would be a case of losing heritage. ahahahhaha

Anyways, as I did not have much time, my boyfriend was calling me with all the silabs in my name, we had an appointment so I just had to get going. Took the first (and only) white top I had and matched with the skirt. Easy and nice. The problem was that it was fitting quite loose so I had the amazing idea of wearing a belt.

I just did not realize the skirt wouldn’t be in place no matter what. And that would create a pretty indesirable volume/mess in my waist. But I do like the overall.
Still, one of the million cases of good idea and not so good execution.

The makeup had to be done equaly fastly so I just wore the everyday eyeliner and mascara and let the spotlights on the lips, on which I used my beloves Lady Danger, by Mac.

Nice day.

xoxo

Photos Jo Bentdal

10

InstaFeed!

Instagram é meu segundo baby blog. Cheguei a essa conclusão agora. Por isso, acho que seria muito egal da sua parte, querido leitor, dar aquele chego lá no meu perfil e clicar em “seguir”. Olha só algumas fotos que postei recentemente.

Destaque pro mosaico de looks meus, feitos pela @liliane_lau que escreveu um post super legal sobre mim e o que falo na entrevista à Revista Tpm. Fiquei toda boba com o carinho dela.

A sandália vermelha é meu novo amor platônico, que provavelmente será mais um dos casos em que a peça fica na vitrine e eu babando do lado de fora da loja. By Prada.

Intagram is my second baby blog. Just came into this conclusion. So, I think it would be quite nice from you, dear reader, to get to my profile and click “follow”. See above some examples of pics I posted this week.

I would like to highlight and say thank you again to the lovely mosaic of my looks pics made by @liliane_lau. She posted an interesting text about me and my interview to the brazilian mag, Tpm.

The red wedges are another case of platonic love. Probably they will stay in the shop while I stand outside the window just staring and dreaming. By Prada.

10

Na rua!

Um dia normal tem a sua beleza. Às vezes ficamos tão ocupados, preocupados e limitados pelos afazeres do dia que não temos tempo pra ver como um dia normal pode ser interessante. Acho que o fato de eu não estar trabalhando e ter mais tempo pra apreciar as coisas ajude muito, mas eu sei que sempre fui chegada a uma poesia do dia a dia.

Por isso eu gosto de ter sempre uma câmera, ou um iphone que seja, pra registrar momentos, especiais ou não, do meu dia. Foi o que aconteceu nesta simples quarta-feira. Estava um dia bonito, com sol e bastante frio. Eu tinha que fazer umas coisinhas na rua e aproveitei pra fazer umas fotos pelo bairro, Eu moro em Frogner e fui até Majustuen de rolé. Passei na Gimle Parfymeri que é uma das minhas lojas preferidas em Oslo. Não comprei nada mas saí de lá pensando muito muito mesmo no acessório de cabeça que experimentei. Infelizmente ele ficou um pouco grande pro meu bolso. ahahahaha. Essas são algumas fotos feitas pelo caminho.

Outra coisa meio nada a ver: sabe essa parka da foto? É um tipo de roupa que eu não tô acostumada a usar mas agora não posso viver sem ela. É quentinha, fofinha e versátil. É feia, mas o tipo de roupa é feio. Pra falar a verdade, ela é uma das mais bonitas e femininas que eu consegui encontrar depois de 1 mês de busca intensa.

Vestido/Dress Jeager London
Cachecol/Scarf Mulberry
Parka Zara
Bag Louis Vuitton

There is beauty in an ordinary day. But sometimes we are so attached to the “to do’s” that we become unable to see how interesting an ordinary day can be. Maybe to not be working currently allows me to have more time to contemplate the everyday beauty. But I have always been keen on appreciating that an ordinary everyday life can bring.

Thats why I like to have a camera or at least an iphone to register the happening along the day. Thats what happened in this regular wednesday. I had some small stuff to do so I took some pictures along my way from Frogner to Majustuen.

I went for a quick visit at Gimle Parfymeri - one of my favorite shops in town and left there feeling like I can’t live without the acessorie I tried. Unfortunatelly it was a bit too big for my wallet if you know what I mean. :-)