gifs:n

Mulher de poeta

Mulher de poeta tem que ser assim, sabe? Se afastar e depois dizer que sentiu falta até do cheiro do uísque que deixou mancha entre os lençóis da cama. Tem que ser faceira e engolir ele por inteiro, no sentido conotativo e denotativo da oração. Mulher de poeta tem que saber dar aquele desprezo e depois dar aquela deixa que não quer distância, que não quer apenas um corpo, mas que anseia por dois corpos quentes na cama: o do poeta e o seu próprio. Ela tem que saber falar aquelas pornografias discretas e ainda querer poesia escrita no corpo. Tem que ter os olhos, a boca, o pescoço, enrolado em poesia. Porque poetas antes de escreverem com penas, usam as próprias línguas e os espaços entre as curvas do corpo de uma bela mulher de poeta são os mais permanentes poemas.