gifs de beijo

- Daqui a 50 anos eu ainda vou saber seu nome e vou me lembrar de todas as vezes que você me fez sorrir. Na minha memória, tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonitos. @apenas-voceeu

- É tão incrível quando você encontra alguém e sente que as suas almas estão conectadas… que tudo que aconteceu até esse instante foi pra que vocês pudessem cruzar o mesmo caminho. @apenas-voceeu

- Certos namorados brigam dia sim, dia não, na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. Muitos desses casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro.. brigam e voltam várias vezes, que na verdade nunca chegam a se separar.. Deixe que digam, que pensem, que falem… O AMOR É LINDO! apenas-voceeu

Pedido: Oii posso fazer um pedido?! Eu queria um do harry que eles têm uma filha e o harry fica todo bobo, babando nela! E fica todo carinhoso e cuidado com S/N! Tipo isso é logo depois do bebê nascer!!! Adoro seus imagines! - Anônimo

Me sinto lisonjeada por gostar, muito obrigada!💖

Obrigada por ter feito o pedido.❤

***

Imagine Harry Styles:

Ser pai.
Pai.
Essa palavra vai estar na minha cabeça para o resto de minha vida. Sempre me imaginei sendo pai, e ver S/n sorrindo daquele jeito tímido antes de me contar sobre sua gravidez vai estar gravado junto com essa palavra nas minhas lembranças. E logo virão os primeiros passos, a primeira palavra, o primeiro aniversário e várias situações que eu vou me lembrar para sempre. Porque é a coisa mais importante para mim.

Charlotte é minha primeira filha. E só agora, como pai, sei o quão emocionante é ver seu filho nascer, ou o tanto que você torce para dar o seu melhor e ser o melhor pai do mundo, o tanto que você quer fazer tudo dar certo e sair certo. Tudo fica mais delicado e emocionante, parece que eu estou grávido.

-Harry, pega a coberta dela por favor?
S/n me pediu enquanto ajeitava nossa pequena em seu peito.

Ser pai também tem lá suas dificuldades, como quando Charlotte vomitou em mim, eu deveria ficar estressado mas, apenas ri junto a pequena bebê banguela.

-Aqui.
Entreguei a manta em tons de lilás. S/n abaixou a alça de sua camisola e ajeitou a cabeça de Charlotte para que a mesma pudesse se ajustar e pegar no bico do peito para mamar.
Eu olhava tudo, não pervertidamente, mas encantado, encantado com o quão doce pode ser uma simples cena.

-Ela come demais.
Comentei de repente vendo a bebê desesperada.

-É um bebê, Harry. Eles tendem a “comer” demais.
Falou em tom brincalhão.

Me aproximei cuidadosamente das duas e dei um beijo no canto dos lábios de S/n, logo passando um dos braços pelo seu ombro e colocando minha outra mão perto da mãozinha de Charlotte, que agarrou meu indicador com sua pequena mão.

-Ela é tão pequena e parece tão frágil. Eu queria poder guardar ela em um potinho e a proteger do mundo.
Falei baixo vendo seus olhinhos verdes atentos em nós.

-Ela é frágil, mas tem o melhor pai do mundo, e por isso não vai precisar se preocupar com o mundo malvado.
S/n sussurrou sorrindo e eu a olhei vendo um brilho nos seus olhos.

-Não sou o melhor pai, sou um pai de primeira viagem, tento fazer tudo certo mas mais me atrapalho do que tudo.
Falo me lembrando das várias vezes que tentei ajudar.

-Mas eu tenho certeza de que vai dar muito carinho e amor.
S/n falou roçando seu nariz no meu, em um beijo de esquimó.

-Eu prometo que vou. Minha princesinha.
Falei beijando a pequena mãozinha e ela sorriu.

-Princesinha? Já vai começar a mimar?
S/n perguntou sorrindo.

-Nem imagina o quanto.
Respondo convencido.

Depois de S/n dar leite para Charlotte, peguei-a no colo e levei até o berço, cantando uma música qualquer que veio na minha cabeça. Mas parei assim que ouvi um pequeno suspiro vindo da porta.

-Desculpe…vocês são tão lindos e tão importantes para mim.
S/n limpava algumas lágrimas de seus olhos. Sorri terno e me levantei da poltrona puxando-a para um abraço.

-Eu pedi para ficar no quarto, descansando.
Falei e beijei o topo de sua cabeça e a mesma se encolheu nos meus braços.

-Eu queria ver você botando ela para dormir.
Se defendeu e eu ri.

-Você é mesmo teimosa viu.
Falei brincalhão e ela riu olhando para Charlotte.

-Eu me sinto tão boba por estar chorando toda hora, mas é tudo tão novo e tão fascinante que eu não consigo me controlar.
Falou e eu sorri.

-Eu sei, também estou me segurando para não chorar.
Falei e ao mesmo instante uma lágrima me escapou.

-Parece que acabou de falhar.
S/n riu limpando minha lágrima.

-Eu te amo.
Falei com todo o meu coração. E é a mais pura verdade, eu amo essa mulher incondicionalmente.

-Eu também te amo Hazz, muito.
S/n falou e eu pude sentir suas palavras no meu coração.

Caminhei ainda abraçado a S/n até o berço de Charlotte.

-Nossa menina. Nossa pequena bebê.
Falei vendo o fruto do nosso amor que ainda estava acordada e sorria banguela esbanjando suas lindas covinhas.

-Ela se parece tanto com você, vai ser linda.
S/n comentou e eu ri nasalado.

-Eu espero que ela tenha a sua inteligência e seu coração bom.
Falei e ela sorriu me olhando.

-Eu espero que ela tenha toda a sua bondade e educação.

-E eu espero que ela tenha sua pureza e simplicidade.
Falei por fim e ela riu.

-Vamos criar um ser humano perfeito então.
Comentou.

-Vindo de nós, eu não tenho dúvidas.
Falei e ela sorriu apoiando a cabeça em meu peito.

-Convencido.
Sussurrou.

Olhei para minha pequena e a mesma já estava dormindo no berço.

-Vamos dormir?
Perguntei e S/n assentiu.

-Eu amo tanto a nossa família.
Falei assim que deitamos na cama.

-E nós amamos você.
S/n sorriu sonolenta e beijou meu nariz carinhosamente.

***

Espero que tenha gostado.😘

Se possível, volte na ask e diga o que achou, é importante é isso me incentiva a continuar.❤😊