gif:dt

Nota 02

Sou uma daquelas pessoas que se fecha para o mundo, que vive rodeada de pessoas, mas que não se encaixa no grupo, que sempre acha que estar ali ou não, não irá fazer diferença alguma, que vive com sorriso no rosto para não demostrar que está tudo desmoronando. 

Alguns meses atrás pessoas me julgavam por nunca ter realmente me apaixonado por alguém. Me apontavam como fria, sem sentimentos. Viviam me questionando; "como assim você nunca se apaixonou de verdade? Se sentir apaixonado é uma coisa maravilhosa. É incrível a sensação de estar apaixonado". E então por muito tempo fiquei pensando que havia algo de errado comigo. Olhava em minha volta e sempre tinha alguém contando sobre suas paixões, seus amores maravilhosos. E então, minha tão esperada vez chegou. Eu não tinha noção do que estava acontecendo, era uma confusão que só. Eu só sabia me perguntar o que estava havendo comigo. Por fim descobri. Já era tarde. Tinha me apaixonado. Naquele instante me vi compartilhando sentimentos com o vácuo. A partir daí comecei a pensar que tinha sido enganada, o sentimento não era nada bom, me fazia fraca, só sabia me machucar. Como me feri, como estou ferida. Sem ninguém para me dar um apoio. Foi aí que percebi que a paixão, o amor são coisas maravilhosas. Mas quando é não é no singular. No singular só faz sofrer e despedaçar.
—  Descritivos