gif:11

officialrule34 how can you tell me that bioshock infinite,

a bona fide Amazing game, as given an editor’s certification on such a high-quality, prestigious video-game website such as IGN, is “not a good game”? i’ll have you know that i spent many hours enjoying and relishing in the unique sound of troy baker’s voice, with sexual tension building up to borderline incestual proportions? check yourself before you bash such a genuine example of artistry in the game industry.

Acontece que você sempre foi auto-suficiente e você deixa bem claro que não precisa de mim pra ser feliz, e eu sou tão trouxa que não consigo passar uma tarde sem que você dê sinal de vida. O que seria de mim sem você? Eu ia me foder. Pronto, resumi minha vida sem os fios de cabelo ruivo na pia do meu banheiro. Eu ia ser mais fracassado do que eu já sou, tipo aquele dia que eu tive que procurar um emprego porque você deixou bem claro que não é mulher de pagar jantar pra homem nenhum e eu passei na sua casa pra você checar se eu tava bem vestido pra entrevista. Eu confesso que passei na tua casa esse dia só pra firmar o motivo de procurar emprego, que é você. Você apertou os olhos e chegou bem perto do meu rosto e gargalhou alto, jogando no meu peito o colírio que você NUNCA esquece de comprar e disse “aparece na empresa com esses olhos vermelhos que você não vai ser contratado nem pra grampear folhas”. E desde aquele dia eu senti que sem você eu tava bem fodido. Fodido no pior sentido da palavra. Tu é rápida demais, pensa fácil e as vezes me faz perguntas que você mesma responde e nem me deixa pensar em algo pra te impressionar, você diz que eu sou lento enquanto você quer respostas rápidas. Eu sou péssimo em tentar te impressionar, você sempre espera tudo de todos e por isso aguenta qualquer surpresa sem fazer cara de espanto. Você esfrega na minha cara que é melhor que eu sempre que passa lá em casa cheirando a perfume de modelo e dizendo que tá com a agenda lotada. Curto demais quando você entra no meu apê desviando dos sacos de salgadinho e pulando as roupas sujas espalhadas no chão. Você diz que sempre sobra um tempinho pro teu romeu do século XXI que você carinhosamente chama de Coelho. Quem dera “Coelho” fosse um apelido carinhoso mesmo, mas tu me chama disso só porque eu fumo demais e meus olhos trincam sempre que penso em você. Mas tá tranquilo ruivinha, eu nunca me incomodei quando você fala alguma coisa, eu já fico feliz só de ver você olhando pra mim e falando bem tranquila uns blá blá blá sobre a sua série preferida estar na ultima temporada.. Ai eu fico viajando na cor do teu cabelo, eles são tão bonitos que não duvido que reflitam nos meus olhos. Ta aí, tu que sempre diz que eu não sei ser romântico tenho uma teoria romântica sobre a cor do teu cabelo: Olho tanto pro teu cabelo que meus olhos envermelhecem sem querer.
—  Sobre cabelos ruivos, olhos vermelhos, Coldplay e Rap.
Se me perguntarem o que aprendi com a vida, direi que foi guardar as boas memórias, porque, sorrisos passam, dores passam, pessoas vem e vão o tempo todo, umas marcam outras nem tanto. Brigas também passam, e por isso, ultimamente estou evitando ao máximo ser tão exigente, estou tentando ser leve e apreciar os bons momentos, porque, estes apesar de também passarem, vivem nas nossas memórias, e sempre, eventualmente nos fazem rir e sentir saudades. Ah a saudade! Sinto saudades de pessoas que sei que jamais voltarão e que nem sei porque se foram, sinto saudades de momentos que foram vividos ao máximo mas que passaram tão rápido que só me dei conta de que acabaram quando já tinham ido, sinto saudades de pessoas que não notei indo embora, mas que ao mexer nas coisas que guardo no meu baú de memórias, lembrei dos nossos bons momentos, talvez a vida seja guardar memórias, não sei, mas como disse no inicio do texto, as boas memórias merecem ser guardadas e se possível revividas, talvez a vida não tenha sentido algum, mas algum bom momento trás sentido à ela por alguns instantes e esses merecem ser lembrados.
—  Thiago Polycarpo.
It's 11 pm.

I’m giggling at cat videos
When I would rather be
Giggling in your arms,
As your hands tickle me.

I’m in my bed, alone,
When I really should be
In bed with you,
Cuddling and kissing
Every inch of your skin.

I miss you so goddamn much.
It’s like I don’t have you.
But I do.
You’re just too fucking far away.

Não consigo parar de te olhar, pareço um louco reparando cada gesto que você faz com seus dedinhos branquelos e esse único fio de cabelo que sempre fica caído na frente do seu nariz. É lindo o jeito como você sorri para o garçom e depois agradece por ele ter te dado o cardápio. Acho muito engraçado o fato de você adorar cardápios: Você demora horas pra escolher o que quer, quando escolhe fica em dúvida entre duas ou três refeições.. Dai eu tenho que decidir. Você usa a desculpa de que seu signo é Libra e blá blá blá, que librianos não conseguem decidir coisas e nem tomar decisões. Mas isso não importa tanto, eu já me acostumei com seu vício em horóscopo e por tua causa eu parei de deixar o celular no modo vibra porque você sempre manda mensagem exatamente a 00h00 todos os dias só pra contar o que os astros disseram sobre o meu signo. Por sua causa também eu saio de casa levando todos os meus CDS do Coldplay, porque você diz que se não tocar Coldplay no meu carro você nem entra, a prova disso foi o dia em que estava chovendo e eu fui te buscar pra comer naquele restaurante que você adora e você ficou quase dois muitos na chuva porque no rádio do carro tava tocando uma dupla sertaneja qualquer e eu me atrapalhei todo pra achar o CD Mylo Xyloto. Falando em restaurante, eu acho muito encantador quando você diz que quer ir no Restaurante do Portugal porque você simplesmente não sabe falar o nome das massas e fica rindo igual uma louca e todo mundo olha. Você diz que eles mudam o cardápio todo mês e acha graça quando eles colocam uma etiqueta com um valor mais alto em cima dos preços antigos. Mas vai, escolhe uma daquelas massas esverdeadas com nome de remédio pra dor de barriga que você tanto ri, porque eu não consigo decidir o que eu mais gosto em você.. Se é teu sorriso, o jeito com que você muda as folhas do cardápio ou o jeito com que agradece o garçom. Talvez eu também seja de Libra.
—  Sobre cabelos ruivos, olhos vermelhos, Coldplay e Rap.
2

“Through crimson stars and silent stars and tumbling nebulas like oceans set on fire, through empires of glass and civilizations of pure thought, and a whole, terrible, wonderful universe of impossibilities. You see these eyes? They’re old eyes… and one thing I can tell you, Alex: monsters are real.” – “Night Terrors”