galeerie

galeerie asked:

Estou lendo o famoso livro "Cinquenta tons de cinza" e acabo me perguntando sobre qual posicionamento tomar frente a situação "subimissa" X "dominador" ... Ja leu ?! Nao consigo me posicionar quanto a um pensamento "feminista", pois tem horas q gosto do personagem dominador, mas vejo a questão de ter q fazer todos os desejos sexuais dele algo arcaico e machista.. Qual sua opiniao ?!

Eu tentei ler. Resultados aqui

Na verdade, o sexo com essa dinâmica dominação x submissão é bem comum, sendo praticado por várias pessoas e nem sempre tem o mesmo cenário homem cis dominador x mulher cis submissa em sexo heterossexual. 

Eu não acho que é papel do feminismo falar pra galera como deveriam transar. Tendo consentimento, bem, qualquer maneira de amor e de sexo vale a pena. Quem escreve bem sobre a relação entre BDSM e feminismo é a @JaridArraes, que também escreve no blog Mulher Dialética

Eu já escrevi aqui no blog sobre o 50 tons de cinza. Eu, pessoalmente, não gostei dele - nem só ‘como feminista’, mas como pessoa que gosta de ler, mesmo, porque além de mostrar uma relação BDSM que não tem consentimento, nem as palavras de segurança, nem nada do que faz BDSM seguro e divertido, achei o livro  CHAAAAAATO e eu fiquei mais apaixonada pelo homem desse texto aqui do que com o Christian Grey.

Nesse post aqui tem links com análises feministas mais detalhadas do 50 tons, também. Eu não gostei do livro, mas veja bem, eu adoro Lolita. Um pedófilo e uma garota de 13-14 anos. Se você está gostando do livro, se joga e curte. Só não recomendo que seja seu único exemplo de relacionamento BDSM, pois, como te expliquei, não é lá um bom exemplo. 

galeerie asked:

Acho sua visão de mundo Fantástica, é de mulheres assim que a humanidade precisa, me orgulho de poder desfrutar da sua opinião, jamais desista desse seu lindíssimo trabalho. Pois tenho certeza, que a partir desse tumblr o mundo esta menos desigual. Espero que saiba, o quão significativa é sua posição perante a nos (meras leitoras e apreciadoras do seu belo trabalho), pois o seu papel aqui é muito mais do que uma simples "blogueira", você constrói caráteres ,você constroi opiniões !

meo deos OBRIGADA, obrigada mesmo! Lembro de você, que ainda estava em conflito consigo mesma sobre seus valores e o feminismo. É maravilhoso ver que está se sentindo mais segura. Me deixa muito muito feliz saber que eu fiz alguma diferença no mundo. Muito obrigada :)