gabiscoelho

Você sofreu, ele te deixou, mesmo prometendo que nunca te deixaria. Ele fez como todos os outros. E você? Disse a si mesma que nunca mais se apaixonaria, que seria sua ultima decepção. Foi assim por um bom tempo. Você vivendo com os amigos, se divertindo, comendo sem parar e sem sequer pensar em maquiagem. Mas sempre tem algo pra estragar a sua felicidade. Você sabia que não podia se apaixonar, sabia que aquilo era um erro, mas quando olhava nos olhos dele, sentia algo que não podia ser descrito, algo que simplesmente nunca existiu pra você, nem mesmo com aquele que te magoou. E quando ele sorria, ah, o seu sorriso! Você esquecia-se de tudo o que já tinha vivido, se esquecia das decepções. Os seus sonhos, que há muito tempo eram raros, agora acontecia até sem precisar dormir, porque ele estava na sua mente, o pior de tudo, em seu coração. Ninguém nunca olhou pra você daquele jeito, sorriu maravilhosamente, te beijou tão calorosamente. Quando você percebe, já nem se lembra mais dos meninos que te magoaram, porque você o tem, e é o que importa, sua vida está completa. Os sonhos voltam a ser coloridos, seu sorriso muda, você se arruma mais, fica disposta a viver e fazer tudo, porque vocês estão juntos. Ele lhe disse: “Quando eu não te conhecia, eu costumava magoar as meninas, e nem me importava com isso, porque já não gostava mais delas, já não as achava tão atraente como da primeira vez que as vi. Mas agora, eu não consigo me imaginar te magoando sem ligar, não consigo olhar pra outra menina a não ser você. Mesmo sem maquiagem, de moletom, descalça, com o cabelo bagunçado você consegue ser mais bonita do que qualquer outra garota que eu já vi na minha vida. Não penso em outra coisa que não seja em nós.” E você o beijou como nunca tinha feito, o amava. Como isso podia acontecer? Você amar alguém mesmo odiando o amor? Como ele podia te amar? Com todos aqueles defeitos? Sem maquiagem, sem cabelo arrumado...? Como? Mas você não queria as respostas para as perguntas, estava feliz de mais para se preocupar com isso. “Eu te amo” Foi o que você disse. “Eu também te amo, ainda mais” Foi o que ele respondeu.