fraquejar

Ela Cerveja, ele Coca Cola. Ela disco, ele tinta. Ela toca, ele pinta. Ela dança, ele tenta. Ela sorri, ele não aguenta. Ela escandalosa, ele calado. Ela festeira, ele sossegado. Ela quer ir, ele tá de boa. Ela desiste, ele ‘me perdoa’. Ela pontual, ele demora. Ela tem pressa, ele sem hora. Ela espera, ele vai embora. Ela pergunta, ele enrola. Ela desencana, ele peleja. Ela explica, ele boceja. Ela respira, ele fraqueja. Ela entende, ele a beija. Ela ponto, ele porém. Ela forte, ele do bem. Ela do momento, ele do além. Ela ama, ele também.
—  Pedro Bial. 
Sabe qual foi o seu maior erro? Achar que eu era idiota, achar que eu era imatura demais. Você sempre bancando de machão, sempre contando vantagem e é como dizem o amor é cego. Você sempre teve auto-confiança lá em cima e isso é bom mais no seu caso isso não foi nada bom, você cresceu no meu conceito e não foi pouco não posso negar, afinal eu estava apaixonada e ainda estou, mais com uma diferença hoje eu enxergo tudo que eu não queria enxergar. No início eu escutava muito sobre a sua reputação e as coisas que eu ouvia não era nada bom, você começou a se aproximar de mim depois que terminou o seu namoro e que todos diziam que a única que tinha o seu verdadeiro amor era ela a menina que te deu um chute no traseiro, cada vez mais que você se aproximava mais eu me surpreendia pois não via nenhum dos defeitos que eu tinha escutado sobre você e eu comecei a gosta disso, o tempo foi passando e cada vez mais você foi me conquistando como nenhum outro menino tinha feito, as indiretas começaram a aparecer e virar frequentes para os meus ouvidos, comecei a pensar se eu ficaria ou não com você, minha consciência dizia que não e o meu coração ficava confuso não dava uma resposta sensata, comecei a ficar nervosa toda vez que eu ficava perto de você e quando eu não esperei a vontade de te ver constantemente apareceu, não queria ficar perto pois começava a suar frio e tinha tremedeira nas pernas e nas mãos, com o passar dos dias meu coração batia mais forte porém de vagar cada vez mais quando eu ficava perto de você, tive medo disso ser amor e não deu outra, comecei a gostar de você. Só você me tratava tão bem, com carinho, tinha atenção comigo, as suas implicâncias apareceram e todos dizem que quando há implicância contem amor, não quis acreditar nisso todo mundo sabia que você amava a sua ex namorada, e esse ritmo de ficar nervosa, suar frio, quase ter ataque cardíaco e ter que aturar as suas indiretas e as dos outros me deixavam mais confusa, confesso. Até que um dia eu estava triste, muito triste e você veio falar comigo pelo facebook e me pediu pra ficar comigo, o seu namoro já tinha acabado a muito tempo, muito tempo mesmo, coisa de um ano ou mais sei lá, eu apaixonada e não aguentando mais aquela pressão eu disse que ficava, foi ai que tudo mudou… Depois de um longo tempo você insistindo acabou rolando o nosso primeiro beijo e me decepcionei, esperava mais do beijo, algo do tipo apaixonante que passa nos filmes e nas novelas, o nosso beijo parecia que não estava sincronizado, dois dias depois a rua toda já sabia, sua irmã mais velha disse que se fosse eu não ficaria mais com você e eu ri, ela disse que você ainda amava a sua ex e sabe o quanto isso doeu? Pode ter certeza que muito, mais ela tinha razão, eu me deixei iludir, sua irmã mais nova adorava se meter em tudo. Estava tudo desandando, eu pensei melhor e me afastei de você pra ver o que eu realmente queria e me aproximei mais do meu amigo de infância já que eu tinha me afastado dele por motivos que nem eu sei. Os seus amigos começaram a dizer que eu estava ficando com ele e num belo dia você bêbado disse que não queria vê-lo mais perto de mim e segundo você por que me amava e quis bater nele, eu demostrei que relevei, disse que essas coisas acontecia e tudo, mais dentro de mim o meu coração dizia que por mais que eu gostasse dele eu tinha que defender o meu amigo pois ele estava comigo desde sempre. Depois disso me afastei de todo mundo, as unicas pessoas que eu mantinha contato era os meus amigos da escola e do curso. Quando tudo parecia está se acalmando, me aparece uma menina aqui na rua e você fica com ela e uma semana depois você fica com ela novamente e ainda muda o status do face para “enrolado” Ali eu disse pra mim mesma que não deixaria me levar novamente por você, na semana seguinte você voltou para o status “solteiro” e veio falar comigo eu ria de como você consegue ser tão falso e desde então prometi a mim mesma que não iria mais acreditar em palavras só em atitudes e não em qualquer atitudes mais em atitudes que valham mesmo o reconhecimento. Agora vai ser assim, me que? prove que mereça.
—  Pequena de 1996

Tumblr Crushes:

Todos os que eu sigo são lindos, mas como é o dessas lindas que eu mais reblogo e dou like, então esse é meu follow friday. Cada tumblr mais lindo que o outro, merecem muito reconhecimento. Não altere nada e reblogue se tu segue e gosta de algum deles.

Quando eu tinha 6 anos, li uma frase que era algo assim: “Se você viver cada dia como se fosse o último, um dia ele realmente será o último.” Aquilo me impressionou, e desde então, nos últimos 19 anos, eu olho para mim mesma no espelho toda manhã e pergunto: “Se hoje fosse o meu último dia, eu gostaria de fazer o que farei hoje?” E se a resposta é “não” por muitos dias seguidos, sei que preciso mudar alguma coisa. Lembrar que estarei morta em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo — expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar — caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder.
(ParaNuncaEsquecer)

É você contra o mundo
Então não fraqueje, não tenha medo de se apaixonar, amar, se magoar, chorar ou sorrir. No final da vida você lembrará das vezes que conseguiu algo que tentou, não das vezes que não conseguiu, não é o que esta por vir, é o que você ja viveu. Então não tenha medo de tentar ou de se arriscar

Porque nesse jogo chamado “Vida” só os fortes prevalecem.


{u.v.i

“Havia um homenzinho torto que morava na casinha torta”. Eu sou o homenzinho e a casa simboliza a minha vida, que continua torta. São tantas as decepções, são tantas as frustrações. Eu só tento continuar de pé independente do que esteja acontecendo, é difícil, todos sabemos, mas baixar a cabeça pode ser sinal de fraqueza e a única certeza que eu tenho é que fraca eu não sou, mesmo que a pedra seja flor por dentro.
—  devaneios-ocultos