fragmentar te

Eu quero esquecer você, eu quero te fragmentar em partes que eu possa perder, que eu nunca mais possa encontrar. Eu quero macular teu lar, eu vou sacrificar você diante deste mesmo altar que eu fiz para te receber. Escuta! Ainda dói. Teu cheiro é o que destrói meu cais. Desculpa! Mas não passou. Me diz o que ficou, não vai…
—  Ana.

É triste porque eu olho pra trás e sinto tanta falta de quem éramos. Me vem a tristeza por você ter decidido me deixar aqui sem ao menos olhar pela fresta da porta pra saber como a pancada me deixou.

É triste porque de um dia pro outro eu perdi todas as minhas certezas. Porque eu sempre acreditei que fosse pra sempre. Porque eu fiquei sem chão, sem ar, nem norte.

É triste porque o amor não foi suficiente. Porque eu quis tanto, suportei tanto, lutei tanto e, eu juro, tudo valia a pena para mim, mas, por mais que houvesse tanta vontade, a gente não manda no coração de ninguém.

E não dá pra implorar. Não dá pra pedir, chorar, espernear. Se o outro não quer, simplesmente não dá.

Eu ouço todos dizendo “talvez não era pra ser” e eu acho isso tão covarde. É colocar o amor nas mãos do destino. Era pra ser porque a gente é que faz ser. Mas não foi. Mas não fizemos.

Nem tudo depende da gente por isso aceitei sua decisão. Acordo todo dia sentindo como se tivesse levado um soco no estômago. Digo baixinho pra mim: vai passar.

Eu quero tanto te esquecer. Te fragmentar em pedaços tão pequenos que se perderiam dentro de mim. Ao mesmo tempo, eu tenho tanto medo disso.

Quando me dizem: “você vai conhecer alguém melhor”, meu coração grita: mas eu não queria alguém melhor, queria ele.

Eu não queria entrar pra lista de pessoas que se amam, mas não conseguiram ficar juntas. Não queria que fosse mais um. Não queria que fosse passado.

É triste querer superar, mas ter medo do que vai restar depois disso.

É triste aceitar o fim, mas aceito. Estou vendo com os olhos da dor, mas seguirei.
Isso também passa, eu creio.

Isso também passa.

—  Drica Serra; a menina e o violão.
Mí vida en Puzzle

Después de un abuso sexual ya no vuelves hacer la misma.
No confías fácilmente en nadie, sólo las personas que estuvieron realmente contigo,
Alejas a las personas aunque quieras que estén contigo,
Tú carácter cambia y continuamente también,
Adquieres nuevos miedos y temores,
En resúmen, tú mundo se hace un puzzle.

Al inicio sientes que el miedo real no estuvo en el acto, sino en seguir con vida después.

En el abuso te callan, cuando denuncias y al no haber justicia te callan no permitas que callen tú voz.

¿Vale la pena vivir? Sí, te pueden fragmentar tú mundo, sentirte un puzzle y es duro formarlo de nuevo, sobre todo sino sabes dónde iniciarlo ó en quién confiar. No te lo dice cualquier persona, te lo dice quién ha luchado por no dejarse vencer, hace 2 años fuí abusada sexualmente totalmente en mi contra, agregando el bullying que inflingieron en mí sus conocid@s. Pero mí simiento siempre ha estado conmigo, a ♡Dios♡ le agradezco y a los doctores, psicologos, familia y quienes estuvieron conmigo. Hoy, honestamente puedo decir estoy muy bien :) batallé para que la sonrisa llegara a mis ojos ( el alma al cuerpo como dicen en México ). Veo el impacto que ha causado la serie y libro 13 reasons why espero no se queden en el momento de suicidio.

anonymous asked:

Qual conselho a gabriella de 17 daria a gabriella de 15?

pode ser mais de um?

1. tudo bem chorar, não segura isso como se fosse um erro e nem precisa se sentir fraca por isso, porque futuramente tu vai ver que foram esses choros que te ensinaram um monte.
2. não se humilha por ninguém, porque assim não é o outro que tá pisando em tu e sim tu mesmo.
3. ele NÃO é o amor da tua vida e depois tu vai agradecer por isso (e juro que vai rir).
4. um coração partido não é o fim do mundo.
5. vai passar e tu vai ficar muito bem e tudo isso que dói vai ficar como um borrão pra tu.
6. tu vai conhecer pessoas que vão te aceitar do teu jeitinho, então não se molda mais a ninguém, por favor.
7. larga quem já te largou (e larga urgentemente!).
8. se resolve melhor com tua família, seja mais presente.
9. reveja quem são teus amigos.
10. não se fecha nunca, porque teu peito não pode ser uma gaiola que trancafia sentimentos e pessoas.
11. o mundo é mesmo um moinho e sempre vai ser, aproveita e deixa ele te fragmentar em amor.
12. embora tu não precise de ninguém, tu precisa de tu mesmo então se ama mais.