foto cortada

No puedes auto-nombrarte “SUICIDA”, mientras subas fotos de cortadas sacadas de google porque ni aguantas cuando te pica un pinche zancudo, uses filtros bien darks de B612 o retrica, y pongas frases que ni idea de dónde eran, y no aprendas a distinguir entre “qué” y “que”. No es algo para andar presumiendo, carajo, ¿tú qué sabes?. Por personas como tú, quienes realmente sufren ¡EN SILENCIO! tienen miedo de pedir ayuda y parecer necesitadas de atención.
COMO FAZER ICONS
  • dê like se for útil 

Faz tempo que me pediram pra fazer um turorial de como fazer icons, é basicamente igual a fazer headers, só que como sempre pedem vou fazer um tutorial só de icons… enfim vamos lá! 

OBS: eu uso o adobe photoshop cs6 extended, se você quiser baixar acesse aqui [x]

1º Passo: Crie um novo arquivo.

É só clicar Ctrl N e colocar a medida (250x250px):

2º Passo: Abra a foto que você escolheu.

3º Passo: Corte essa foto! Ai em cima, coloque alguma medida com lados iguais.

Desse jeito:

4º Passo: Selecione a foto (Ctrl A) e copie ela (Ctrl C)

5º Passo: Vai até o arquivo que você criou no primeiro passo e cole a foto que você cortou nele (Ctrl V)

6º Passo: Arrume a foto nesse arquivo (Ctrl T)

E acabou! Depois é só aplicar uma action no icon (se quiser) e salvar! 

Meu resultado: 

Sem mistérios……

Se esse post foi útil dê like haha

9

Bueno esta es MI TEORÍA, por lo tanto puedo, o no, tener la razón, es solo mi opinión Para empezar voy a separar esta teoría en 3 puntos: quienes estan en la foto, donde fue la foto y “evidencia” 1: Quienes estan en la foto Bueno, para empezar la foto en si hay una sola persona, esto se puede ver claramente en el dibujo de @pandorumz4 (muy hermoso el dibujo👏💞) pero, yo creo que si estan en ma misma cama para sacar esta conclusión hay que ver algunos puntos •Altura: A ver, ambos miden mas de 1,80 o sea, son gigantes, ademas vegetta va al gimnasio y tiene las piernas super gruesas y marcadas, es obvio que son solo sus piernas en las fotos •Espacio: Los 2 tienes camas de 2 plazas, o mas. si nos fijamos vegetta está mas inclinado hacia un costado del colchón (a mi punto de vista, el izquierdo) willy pudo haber estado en cualquier posición y no se lo vería, igual la foto está cortada •Foto: ambos tienen el 6s, y tienen 5.5 pulgadas, las fotos deberían salir de 5.5 pulgadas pero no, esta foto es mas chica, por lo tanto, está cortada. Hice el experimento con mi j7 (5.5), puse la foto de vegetta arriba de una mía sacada en de la misma manera y el circulo rojo indica el espacio que le falta a la foto. 2: Donde fue la foto Esto es facil, fue en la habitación de vegetta, la foto lo dice todo La foto de la pieza de vegetta y willy donde marca la televisión es de @pandicornio-suave 💞💞💞 3: Evidencia La evidencia mas obvia es que ambos tuvieron pesadillas, por lo tanto, la vieron juntos a la película, no puede ser otra persona quien estuvo en la foto porque ambos viven juntos, hacen la mayoría de cosas juntos y en los tweets hablan que los 2 tuvieron pesadillas (por la misma película) “dibujé” la situación asi: puse una cama de 2 plazas, dibuje a vegetta donde está situado en la foto y puse la televisión donde está la foto, cuando vegetta saca la foto la tele está en el medio, o sea, da para 2 personas (ademas de que es curva, se ve mejor) willy pudo haber estado en cualquier posición que no se lo podía ver, y si se lo veía, iba a estar cortado, como dije antes Hice unas “pruebas” mas sacandole fotos a mis piernas acostada en la cama, como hizo vegetta. Como ya les dije mi cámara saca en 5.5 y les puse la imagen de vegetta arriba de mi foto sacada y esos espacios son los que le sobran a la foto. Volví a dibujar la situación y espero que se me entienda. Asi que esa es mi conclusión, como ya dije, es MI TEORÍA, puede ser la correcta o no, pero traté de dar un punto objetivo sin sacar mi lado shipper ni nada de eso.
Gracias si se leyeron todo esto y perdón por explicarme tan mal, traté de que se me entienda lo mejor posible💞 PD: Tambien hay que tener en cuenta las perspectivas y dimensiones de todo.

Es muy posible que esté alusinando, pero ¿no se les hace como si estuviera en un avión?
digo porque la foto está cortada, la supuesta “mesa” al parecer es muy chiquita, yo veo un pasillo muy corto al lado suyo y en la esquina superior derecha yo veo cola la parte de un asiento, ademas de que tiene toda la comida muy junta.
si, estoy loca pero no lo se, se me hizo curioso decir eso.
Si es que en realidad está viajando ¿a donde se iría? ¿Willy estará viajando con el? mmmmmh

2

DÍGANME QUE NO SOY LA ÚNICA QUE VE QUE HAY OTRO BULTO MAS AL COSTADO DE DONDE SE SUPONE QUE ESTÁN LOS PIES DE WILLY!!!

ahora parece que la teoría de que la foto esta cortada tiene mas lógica que antes (y antes si que la tenia)

el circulo grande verde son los pies de willy, y en circulo mas chiquito también lo son, solo que estos se ven de reflejo del vidrio.

mientras que el circulo chiquito morado representa el otro bulto del que les hablo,( del cual tengo muchas dudas ;) )  la flecha morada mas grande vendría a decir en que parte (mas o menos) estaría situada ese “bulto”, que si lo comparamos con el reflejo de los pies de willy y el reflejo de ese…son
                                              I G U A L E S.



yo solo quería decirles, no estoy al 100% segura de esto, pero me di cuenta por que empece a mirar el vidrio haber si se reflejaba algo mas (lacaradesamuel) ahre.

piensen y diganme que les parece :D

“Eu gosto é do estrago”. Talvez essa frase diga muito sobre mim. Eu gosto de ver briga e botar lenha na fogueira. Gosto de drama e me interesso por psicopatas. A mente humana me atrai. Eu gosto de um corte ou dois, e da foto cortada. Mãos inchadas, coração nelas. Tento de novo, não deu certo, vicio. Gosto do que faz mal, o bom sempre me enjoa. Sou tudo junto, tento tomar espaço; despedaço. Eu, definitivamente, gosto mesmo é do estrago.
—  Joyce Lima
Capitulo 80

Gente,quero dedicar esse capitulo para a Júh e a pedido dela para sua esposa Letícia Bessa,que fez aniversário na segunda (19) mas eu como sempre atrasada não vi,parabéns a Leh e muitas felicidades para as duas. *–*
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Delegado:Bom dia meu senhor.(na portaria)

Porteiro:Bom dia doutor.

Delegado:Nós temos um mandato de busca e apreensão a um dos moradores do prédio.(mostrando o mandato)

Porteiro:qual morador doutor?(abrindo o portão)

Delegado:Patricia dos Reis.

Porteiro:Patricia?(estranhando) eu não conheço nenhuma moradora com esse nome.

Van:Pepa,é assim que a chamam.

Delegado:Posso saber o que vocês duas estão fazendo aqui?

Clara:Eu não perco a prisão dessa dai de jeito nenhum.

Delegado:Vocês duas ficam aqui,vamos subir.

Porteiro:Meu senhor,a moradora que vocês procuram não se encontra.

Delegado:Nos dê a chave extra,temos o mandato e vamos subir.

Chegamos no apartamento de Pepa e já se encontravam quatro viaturas na frente do prédio,pra dizer a verdade não era nem pra estarmos ali,mas Clara insistiu tanto que acabei concordando de ir pra lá,depois de deixarmos Dessa em casa.

Os policiais,junto com o delegado subiram para o apartamento e não precisou buscar muito para encontrar o que ele chamava de “mina de ouro"todos os pertences, documentos,números de conta bancaria e anotações feitos por Pepa foram encontrados,mas prender a bandida não seria fácil,ela sabia que não podia dar ponto sem nó.

(celular tocando)

Pepa:Alô!(abrindo a porta do carro)

Porteiro:Dona Patricia.(sussurrando)

Pepa:Sou eu…(estranhando) quem é?

Porteiro:Sou eu o Alcides.(olhando em volta)

Pepa:Quem?

Porteiro:O porteiro do seu prédio.

Pepa:ah…(revirando os olhos) o que foi?

Porteiro:A policia está no prédio atrás da senhora,estão no seu apartamento e tem policia em todo o lugar.

Pepa:P-p-olicia?(em choque) como eles…

Porteiro:Eu não sei,mas acho melhor a senhora vir pra ca,eles estão pondo na viatura alguns pertences da senhora.

Pepa:Não comenta com ninguém que me ligou ok?! e me informa quando eles saírem dai.(arrancando com o carro)

(Na frente do prédio)

Delegado:A senhora conhece essas coisas?

Clara:São tudo dele…os brinquedos do meu filho.(assustada)

Delegado:Já não há mais duvida,ela assassinou seu ex-marido.

Van:Ela precisa ser presa.(se alterando)

Delegado:E vai ser,uma hora ela terá que voltar,a partir desse momento ela já é considerada uma foragida.

Van:Se isso ajuda,ela costuma correr no parque Vila Lobos.

Delegado:Toda ajuda é bem vinda,agora preciso que vocês duas saiam daqui,não sabemos com quem estamos lidando.(lhes mostrando uma foto) pode ser perigoso.

Eu gelei quando vi um porta retrato onde havia uma foto minha cortada lado a lado com uma foto da Letícia,ela estava louca e disso eu já não tinha mais duvidas,Clara estava da mesma forma que eu,um pouco pior talvez.

Saímos de lá e fomos direto para o apartamento de Mayra,no caminho ainda vimos um carro de imprensa indo na direção do prédio.

Thais:Não filha.(sorrindo) fica quietinha pra mamãe trocar você.

Estávamos em um clima nada bom,ela estava em um canto e eu no outro,tanto que em pleno domingo fiquei enfurnada no escritório e só sai para pegar um copo com água,ela estava estressada e por conta disso acabei me irritando também,não era o certo,mas naquele momento eu não estava afim de papo.

(campainha)

Thais:Vamo ver quem é?(pegando a neném no colo) oi gente.(abrindo a porta)

Van:Oi amiga.(a cumprimentando) oi lindinha.

Clara:Oi Thata,oi princesa da tia.

Thais:Entra ai gente.(lhes dando espaço) que surpresa boa.

Van:Viemos conversar com vocês e…

Clara:E contar um babado forte,cadê a Mayra?

Thais:No escr….

May:Procurando por mim loira?(a abraçando) sem ciumes hein Van.

Van:Ja me acostumei.(rindo)

Contamos para elas o que estava acontecendo,elas ficaram mais chocada que nós duas,sobretudo Mayra que já conhecia a peça de outros carnavais.

May:Eu to assustada,mas não surpresa,essa mulher sempre foi louca.

Thais:Mas gente,eu não entendi uma coisa…como ela conhecia o Fabian?

Clara:Eu também não sei,e olha que eu conhecia todas as pessoas que estavam ao redor dele.

May:Olha só,não é querendo assustar não,mas vocês duas deviam tomar cuidado.

Clara:Não acho que ela vai conseguir fugir por muito tempo.

May:Mesmo assim Clarinha,ela não se conforma com o que aconteceu.

Thais:Concordo,até porque estamos falando de uma assassina.

May:Essa vai ser um daquelas noticias que vai chocar a família brasileira.

(Na casa dos pais de Clara)

Fernando:Você tem noção do que você fez?(alterado)

Ray:Fui homem pai,me orgulho disso.(também alterado)

Fernando:homem? você foi um babaca,caindo no golpe de qualquer uma.

Ray:ELA NÃO É…

Fernando:FALA BAIXO.(lhe apontando o dedo)

Ray:Ela não é qualquer uma meu pai,é mãe da minha filha.

Fernando:Filha essa que você não tem certeza se é sua mesmo.

Ray:Tenho sim pai,porque a Thais nunca faria isso.

Fernando:E o que te faz ter tanta certeza disso?

Ray:Ela não é igual a você,ela lutou pra conseguir tudo o que tem,ela é honesta…diferente dessa corja de políticos que você se env…

Fernando:CALA BOCA.(alterado) você está proibido de dar o meu nome para aquela bastarda.

Ray:Você não pode fazer isso.(indignado)

Fernando:Posso sim,o nome é meu,da minha família…não vai ser manchado por você.

(No parque)

Tati:Nossa Lu…(surpresa) eu to..(sorrindo)

Lu:Olha cara se você não quiser eu ent…

Tati:Do que você tá falando.(sorrindo) sabe o quanto esperei por isso?

Luana estava super nervosa e sem jeito,ela nunca havia passado por experiência parecida e por isso ela achava que havia se precipitado,mas logo essa hipótese foi descartada quando Tati a beijou apaixonada.

Lu:Isso é um sim?(a encarando)

Tati:Sim,sim,sim.(sorrindo) eu aceito,eu quero você.

Lu:Eu acho que sempre quis,mas faltou coragem de te dizer.(sorrindo tímida)

Tati:Eu esperei…(sorrindo) e minha recompensa pela espera chegou.

Lu:Você é linda sabia?(sorrindo)

Tati:Não tanto quant…

Policial:Com licença,será que vocês poderia nos ajudar?

A policia procurou Pepa o dia inteiro mas nada foi encontrado,a bandida como já dito antes não dava ponto sem nó,ela sabia bem que sua casa cairia e já havia montado o plano de fuga,mas seu desejo por vingança a fez ficar e correr o risco de ser presa.

A segunda feira chegou e a noticia explodiu na imprensa,a foto de Pepa estava em todos os meios de comunicação,Clara driblava a imprensa enquanto seu pai usava o assunto para alavancar a sua campanha.

Clara:Ah não amor fica aqui mais um pouquinho,não consegui dormir nada essa noite.

Van:Eu percebi,confesso que também sofri.

Clara:Então deita aqui vai.(a puxando novamente)

Van:Mas Clara eu preciso trabalhar.(se levantando)

Clara:Inventa uma desculpa ué.

Van:Não dá amor,não é tão simples assim.

Clara:Se não tivesse se demitido,seria simples sim.(revirando os olhos)

Van:Seria nada,lá dentro eu era a sua funcionaria,com qualquer outra.

Clara:Falando nisso,quando é que você volta?

Van:Quem disse que eu vou voltar?

Clara:Não começa Van.

Van:Clara eu preciso tomar meu banho.(indo para o banheiro)

Clara:Então toma café comigo pelo menos?(desanimada)

Van:Tomo,mas você tem que levantar agora.

(Já lá embaixo)

Clara:Meu pai perdeu a noção cara,até o Max ele já expôs.(Olhando para a TV)

Van:Tem como tirar vantagem disso…

Clara:Eu sei amor,mas é a família dele.

Ray:E quem disse que ela se importa com isso mana.(sério)

Clara:Essa eleição tá consumindo a cabeça dele.

Ray:Ele sempre foi assim Clara.

Clara:Que isso Ray,é nosso pai.

Ray:Só no nome mesmo,falando nisso,por culpa dele eu não posso registrar a minha filha sabia.

Clara:Como assim?

Ray:Ele disse que a Valentina pra ele não passa de uma bastarda.(magoado)  

Van:Caraca ele disse isso?

Ray:Desse jeito.

empregada:Dona Clara,tem um monte de jornalistas ai na porta querendo falar com a senhora.

Clara:Pode dispensar todos,diga que chamarei a policia.(irritada)

empregada:Ér…A dona Angelis está ai fora também.

Clara:Pode mandar ela entrar.

Van:Vou subir.(se levantando) quando ela for eu desço.

Ray:Ihh,relaxa ai Van,ela tem que aceitar que perdeu,doí menos.(rindo)

Clara:Até porque você vai trabalhar né?! e ela é minha advogada.(se levantando)

Van:Vou lá em cima me arrumar,já já eu desço.

Subi para o meu quarto me arrumar para ir trabalhar,ainda dei uma olhada para o lado de fora da casa e vi alguns jornalistas tentando arrancar algo de qualquer um que saísse de lá de dentro,me arrumei e já estava me preparando para descer mas Angelis ainda estava lá.

Angelis:Lá fora está uma loucura.

Clara:Eu sei,eles querem a todo custo uma posição minha sobre o caso.

Angelis:O que você não vai fazer,certo?!

Clara:Claro,eu jamais vou expor meu filho.

Angelis:Bom,e a policia…ainda não pegou a bandida?

Clara:Não,ela não foi para o apartamento dela.

Angelis:Olha Clara,você precisa ter muito cuidado.

As duas conversavam sobre coisas profissional mas o tempo estava passando e eu realmente precisava trabalhar,Clara depois de tudo que aconteceu resolveu deixar de lado a história de esperar um tempo a poeira baixar,então se estava tudo bem pra ela,pra mim também estava.

Van:Ér…com licença.(chegando na sala)

Angelis:Vanessa…(surpresa)

Van:Bom dia.(se aproximando de Clara) tenho que ir.

Clara:Ér…tá,bom trabalho.

Van:Obrigado.(sorrindo) até mais tarde,com licença.(saindo)

Angelis:E ela não tinha nada a ver…(magoada) 

Clara:Angel,eu não quero que você pense…

Angelis:Eu não to pensando em nada Clara,no fundo eu sempre soube.(triste)

Clara:Angel,eu..

Angelis:Ta tudo bem Clarinha,vai demorar mas eu vou superar isso.(sorrindo)

Sai da casa dela e tive que driblar a imprensa lá fora,liguei para minha mãe que estava pra lá de preocupada,mas consegui acalma-la. Na empresa assim que cheguei todos me olhavam e cochichavam,talvez pelo meu nome está rodando nos canais de TV por ser namorada da Clara e eles ficarem sabendo da minha opção,mas enfim…ignorei.

(MayThai)

May:Bom dia gente!

Tati:Ér…bom dia May.(sem graça)

May:(sorrindo) Não precisa ter vergonha Tati,é um fato inédito a Luana namorando firme,jamais me incomodaria.

Lu:Mayra…(a repreendendo)

May:Ué,não é verdade.(desanimada) e eu gosto de você Tati,cunhada aprovada.(sorrindo)

Tati:Obrigada May.(sorrindo)

Lu:Mana.(a analisando) tá tudo bem?

May:Tá sim.(respirando fundo)

Lu:E a Thais,não vai tomar café?

May:Não sei,tá tomando banho.

A verdade é que não estava nada bem,eu e Thais estávamos sem nós falar desde sábado,parecia bobeira,uma tempestade num copo d'água,mas ambas estavam estressadas e qualquer motivo era um MOTIVO,por mais bobo que fosse.

Tati:Gente,acho que a valentina tá chorando.(franzindo o cenho)

Lu:Nossa que ouvido bão.(rindo)

May:Eu acho que a Thais ainda não saiu do banho.( se levantando) eu vou lá ver gente.

Tati:Elas brigaram?

Lu:Não sei a certo,mas pelo clima acho que sim.

(No quarto)

May:Que foi princesa?(a pegando no colo) tá com fome né?espera que a mamãe já vem.

Thais:To aqui,to aqui…(entrando apressada) ah você tá ai.

May:Ela tava chorando.(a entregando)

Thais:É,eu estava me trocando.

May:Bom,eu vou pra empresa,volto mais tarde.(lhe dando um beijo no rosto) tchau princesas.(saindo)

Thais:May..(a chamando) é que eu queria conversar com você.

May:Mais tarde quando eu chegar,pode ser?

Thais:Tudo bem,bom trabalho.

As horas passaram se arrastando para mim,falei com a minha mãe,e fiquei de passar na casa de Dessa que estava morrendo de medo da Pepa vir atrás dela.O meu expediente já estava acabando quando meu chefe me chamou em sua sala.

Van:mandou chamar?

Chefe:Sim Vanessa,por favor,entre.

Van:Boa tarde,aconteceu alguma coisa?

Chefe:Creio que você já saiba o que aconteceu,não?

Van:Pra dizer a verdade…(pensativa) não!

Chefe:Você mais do que ninguém sabe o quanto eu admiro o seu trabalho.

-Vanessa apenas assentiu-

Chefe:Serei direito….porque você não disse que namorava a Clara Aguilar?

Van:Eu não sabia que minha vida pessoal interessa ao senhor.

Chefe:Você é a diretora da minha empresa,a viva la vida pode se tornar uma rival direta.

Van:Isso são pelos negócios? ou o fato de ter uma funcionaria homossexual?

Chefe:Longe de mim,só acho que não faz bem para minha empresa,ter uma pessoa envolvida em escandá-los.

Van:Isso quer dizer…

Chefe:Que infelizmente,eu vou ter que te demitir.

(Na empresa de Mayra)

May:Nossa mas essa reunião parecia não ter fim.(encostando na cadeira)

Ju:Enrolaram tanto que acho que nem devia fechar contrato.

May:vou sim.(se levantando) merecem pela insistência.

Ju:Você parece tensa May,aconteceu alguma coisa.

May:Ah Ju lá em casa as coisas não vão muito bem.

Ju:Brigaram de novo?

May:Pois é.(revirando os olhos) parece que qualquer coisa é motivo.

Ju:Vocês estão precisando de um tempo para vocês.

XXXX-Oi,oi,oi…(sorridente) minha loira.

May:Jess,quanto tempo.(a abraçando)

Jessica era uma grande e velha amiga,trabalhamos juntas e ela era do tipo de pessoa que não deixava você entristecer,tudo era motivo d risos pra ela,até em velório ela tinha bom humor.

Jessica:Nossa,como sempre, linda.(sorrindo) Oi Ju.

Ju:Oi Jessica.(sorrindo)

Jessica:e ai loira,como anda a vida?

May:Tá indo amiga..(desanimada) Mas e você?

Jessica:Fui terminar com um namorado que mora aqui perto,ai resolvi fazer uma visitinha.

May:Aquele que você disse que era o amor da sua vida?

Jessica:Esse mesmo.(dando de ombros) exausta desses amores,você já tá indo?

May:To já fiquei mais que o necessário.(se levantando)

Jessica:Vamos pra um barzinho conversar amiga,nunca mais fizemos isso.

Eu não ia porque prometi a Thais que conversaria com ela,mas eu estava precisando sair para relaxar um pouco e nada melhor que fazer isso com uma amiga. Fomos para o tal bar e as horas foram passando,em plena segunda-feira,as baladas da cidade todas cheias,tentei resistir mas que mal faria entrar um pouquinho?

Thais:Lu,sua irmã ligou?(preocupada)

Lu:Não…(olhando para o relógio) caraca,tá tarde e nada dela.

Thais:O celular tá desligado.(tentando ligar) não tem jeito.

Tati:Calma Thata,talvez ela teve algum imprevisto.

Thais:ela me avisaria,por mais que estejamos brigadas,ela avisaria.

As horas foram passando e eu estava me divertindo tanto que nem percebi ela passar,desliguei o celular porque eu precisava ter um momento meu,realmente as badalação me fazia falta,me sentia leve,bebi um pouco mas nada exagerado,não queria mais sair dali,tava bom demais. Algumas mulheres e alguns homens tentaram jogar um charme em mim,ignorei todos.

Jessica:Ai loira,já deu por hoje né?

May:Como assim,agora que a festa ficou boa.

Jessica:May,vai dar 1:00 já,e você não avisou nem a sua irmã.

May:A Lu tá lá com a namorada dela,deixa ela.

Jessica:Sem contar que você ja tá ficando animada demais.

May:To demais.(rindo) olha aquela garota.(apontando)

Jessica:Para de apontar.(segurando seu braço) o que tem ela?

May:Não para de olhar pra você.

Jessica:Pra mim não,pra você.(mexendo em seus bolsos) cadê sua chave?

May:Pra que?(levantando a chave no alto) eu não vou embora.

Jessica:Vai sim,eu vou te levar pra casa,se não eu vou ligar pra Thais.

May:Tá bom sua chata.(lhe entregando as chaves)

Jessica:Não sai dai,vou lá tirar o carro e já venho te buscar.(saindo)

XXXX-Oii.(sorrindo) tudo bem|?

May:Eu to ótima.(sentando em uma das mesas) 

XXXX-Tava te vendo dançar ali.(sorrindo) fiquei hipnotizada.

May:Que isso,eu nem danço tão bem assim.

XXXX-Quem disse que eu reparei na dança?

Era uma mulher muito bonita,simpática e direta,fiquei um tempo a encarando,até que ela resolveu quebrar o contato visual e tentar algo mais intimo.

(Na casa de Clara)

(no telefone)

Clara:Saudades.(fazendo bico)

Van:Prometo que amanhã eu durmo com a minha gatinha tá?

Clara:Tá bom…(conformada) já chegou?

Van:Ainda não,eu tive que esperar quase duas horas pra Dessa arrumar as coisas.

Dessa:Mentira Clara!

Dessa estava impossível,não queria de jeito nenhum ficar sozinha em sua casa,então ofereci a ela que ficasse uns dias na minha,ela prontamente aceitou,depois de perder o emprego fui na casa dela busca-la.

Van:Cheguei minha linda,depois eu te ligo tá?

Clara:Tá bom amor,eu te amo!

Van:Também te amo.(desligando)

Dessa:Vamos entrar logo que já to com medo de ficar nessa garagem.

Van:Para de ser medrosa Andressa.(revirando os olhos)

Entramos e logo minha mãe nos recebeu com festa,ela adorava Dessa e seria bom ela fica conosco já que morava sozinha,e até a Pepa ser presa,todos nós corríamos perigo. Ficamos quase a madrugada inteira batendo papo,até que decidimos dormir,ainda liguei para a Clara e depois fui para o meu quarto.

Assim que abri a porta meu coração veio na boca,tudo estava revirado,fotos minhas com a Clara estavam espalhadas por todo o lado,entrei e procurei por algo,eu sabia bem quem havia feito. Comecei a guardar todas as fotos,parecia que ia infartar de tão assustada que eu tava,tremia feito vara verde,no meio de toda bagunça,achei um papel com algo escrito.

Pepa:Não vou te perder de novo pra ela!

=======Twitter:ShowYourMiley=======