forever-alone-e

anonymous asked:

MENINA QUE LEGAL QUE VOCÊ TEM 20 ANOS cansei de ver gente dizendo "nossa, você é maior de idade e joga amor doce?"

Hahaha, Tem bastante gente dessa faixa que joga <3  (minhas amigas da facul também jogam e são mais velhas que eu ainda). Eu comecei quando estava no ensino médio então agora vou até o final (e com vontade hehe). E quem fala essas coisas é gente besta G_G , amor doce e visual novels em geral não deixam de ser um game normal (que alias, as histórias são interessantes e divertidas). Só porque é de namorico acham que se é forever alone  (e sim, já me zoaram também porque eu jogo essas coisas).

Maturidade

Maturidade não é olhar para trás e ver que fez “merda” no passado. O nome disso é “constatação”. Maturidade é impedir que “novas merdas” sejam feitas.

Maturidade não é deixar de sair para beber com os amigos só por que no dia seguinte você tem que trabalhar cedo e tem medo de se acabar na tequila. O nome disso é “ser fraco”. Maturidade é sair, ficar com seus amigos e não beber. Afinal, você trabalha cedo no dia seguinte.

Maturidade não é deixar de gostar das coisas que você gostava quando era criança. O nome disso é “desapego das lembranças da infância”. Maturidade é saber que a infância é, e sempre será, uma das fases mais importantes de sua vida. Não tente se distanciar dela. Ela estará sempre com você.

Maturidade não é fazer o que todos fazem só por que “o mundo funciona desse jeito”. Isso se chama “mente pequena”. Maturidade é entender que existe uma solução para cada tipo de problema. E quanto mais problemas houver, mais soluções existirão.

Maturidade não é deixar de chorar com o filme “O Rei Leão”. O nome disso é “coração de pedra”. Todos devem chorar com “O Rei Leão”. Todos.

Maturidade não é ir morar sozinho e pagar as próprias contas. O nome disso é “até que enfim arranjei um emprego bom”. Maturidade é fazer com que você sempre faça o seu melhor naquilo que te sustenta.

Maturidade não é “falar bonito”. O nome disso é “estudo bem estudado e bem utilizado”. Maturidade é saber se comunicar com todo mundo, independente do grau de estudo do próximo.

Maturidade não é ser “sério e compenetrado”. O nome disso é “chato pra caralho”. Maturidade é saber usar suas personalidades nos momentos ideais. Quando alguém estiver triste, faça bobagens para alegrá-la. Quando alguém estiver sofrendo, fale sério para reanimá-la.

Maturidade não é ser inteligente e nem o dono da razão. O nome disso é “ser inteligente e forever alone”. Maturidade é querer ouvir o próximo mesmo que o próximo não saiba o que dizer. Dar voz àqueles que precisam e querem ser ouvidos. Maturidade é saber que não existe uma “razão absoluta” e “única”.

Maturidade é olhar para si mesmo e ter orgulho de ser quem você é. Mesmo que ainda você não tenha realizado nem metade dos seus sonhos. Maturidade é saber agradecer por estar onde você está. Mesmo que você ainda esteja um pouquinho longe da onde imaginou estar. Maturidade é saber reconhecer que, o que você tem, é única e exclusivamente “culpa” sua. Foi pelo seu mérito que você conseguiu chegar onde está. Maturidade é transformar o “ruim” em “bom pra caralho, doido”. Maturidade é deixar de sentir medo e sentir mais confiança. Maturidade é não saber que se é maduro. Afinal, seríamos uns idiotas atrás da própria auto-afirmação. Ops. É. Nós somos isso.

Maturidade é reconhecer o que você é e não ter vergonha disso.