fim-do-relacionamento

Eu prometi para mim mesma que não escreveria novamente para você ou sobre você, mas preciso que saiba o quanto torço por tuas pequenas e grandes alegrias. Se estou decepcionada? Sim. Se sinto raiva? Não. Você chegou de repente e partiu da mesma maneira. Num dia, a tua presença trazia paz para o meu coração. No outro, a tua ausência deixava o meu coração inquieto. O meu erro não foi querer cuidar do teu coração vazio e ferido. O meu erro foi acreditar que você ficaria.
—  Laureane Antunes
A atual do ex.

Sinceramente? Não entendo essa sua sede por intrigas. Nunca te fiz nada.
O fato de eu ter sido a primeira, de ter chegado antes de você e ter sido a pessoa que ensinou à ele e aprendeu com ele o que é namorar, o fato de algum dia já ter dito que amava ele, mesmo sem ter certeza, jamais vai mudar. Mas que isso não te incomode, por favor, preste a atenção, são só vocês agora. Pra que se importar com alguém que já passou? Não há necessidade de você me olhar com cara de ódio toda vez que me encontra sem querer, não há necessidade de você agarrar no braço dele só porque estou no mesmo ambiente que vocês, não há necessidade de postar nas suas redes sociais algo atingindo minha aparência, de postar foto de vocês dois no status do WhatsApp com uma frase que inclue terceiros como um problema, no caso, frases indiretas para a ex. Não há necessidade de se preocupar, por favor, entenda.
Quanto terminamos desejei à ele toda a felicidade do mundo, e se a felicidade dele agora é conjunta a sua, aproveite ao invés de se incomodar comigo. Se chegamos a conclusão de que deveríamos chegar ao fim do nosso relacionamento, é porque não era pra ser, não tava dando certo, não há necessidade de ser insegura dessa forma! Se estão juntos, por meses, vocês são pra ser, e como você disse na legenda de uma foto dos dois “O que Deus uniu ninguém separa”. Não, eu não quero separar vocês, quem sou eu pra tentar destruir algo que é obra do criador?
Tudo na vida há um propósito, seu namorado veio só pra me ensinar e eu o agradeço por isso, mas JÁ PASSOU! Eu reconstrui minha vida, encontrei outras pessoas, me decepcionei com algumas, mas encontrei quem realmente me faz bem e eu o amo.
Não seja insegura, você merece ser feliz e eu também, então ambas não precisamos perder o tempo discutindo ou tentando cutucar o passado.
Passar bem!

Nunca fui de acreditar que o que é bom dura pouco, mas você acaba de me provar. Juras de amor,promessas falsas, onde eu estava com a cabeça ao cair tão facilmente nas tuas armadilhas?de ceder aos teus joguinhos? Como fui capaz de duvidar do que minha mente me disse? Como fui capaz de seguir novamente o coração? Caí,mais uma vez,eu caí…Nunca fui de acreditar que o que é bom dura pouco,mas você acaba de me provar . Tão rápido chegou , e não tardou em partir.. Mais uma vez você veio,mudou meu coração e deixou meu mundo de cabeça pra baixo. Eu te amei,eu te amo,e eu sempre vou te amar. Me apaixonei por você ,mas afinal.. Quem é você?

Sabe, acho que já superei você. Acho que tô seguindo bem sozinha. Eu não posso afirmar isso, mas posso continuar achando. Já faz tempo que não vou dormir chorando, já faz tempo que não vejo você nem em meus sonhos. Já faz um certo tempo que não te procuro mais e que nem te mando mensagem na esperança de ser bem respondida. Já faz tempo que eu não pergunto mais por você e que nem entro nas tuas redes sociais para saber por onde você anda e o que anda fazendo. Acho que a parte da superação é a melhor parte do fim de um relacionamento. A parte da superação é quando aquela pessoa não faz mais diferença no dia a dia e que nem faz mais falta nos domingos chuvosos. E eu cheguei nessa parte, meus domingos eu passo sozinha e percebo que minha própria companhia é tão suficiente. Meus finais de semana às vezes eu saio e conheço novas pessoas e agora nessas saídas eu nem tenho mais esperança de esbarrar com você e medo de sentir as pernas tremerem. Mas tem alguns finais de semana que eu prefiro ficar sozinha, me entendendo um pouquinho mais. A verdade é que finalmente eu acho que tô superando você… Mas infelizmente te superar não quer dizer te esquecer, na verdade, acho que nem preciso. Afinal, nossa história não foi das piores. Tivemos bons momentos, aqueles momentos que tiram o fôlego… Mas enfim… Eu finalmente tô achando que já superei você, pelo menos até o próximo “oi, tudo bem?”
—  Lucas Praxedes
Imagine Zayn Malik

Pedido: “Faz um do Zayn q ele terminou cm ela de uma maneira ruim sem nem dar uma boa explicação mas eles tem o mesmo grupo de amigos e por isso vão no mesmo jantar de noivado de um casal de amigos deles e na festa ele fica pensando se o q ele fez foi o melhor pq tipo eles também estavam noivos e vendo a felicidade do casal e o olhar sem brilho dela ele percebe q tinha errado, ela já não tava aguentando ficar no mesmo lugar q ele e foi embora e ele foi atras e eles fazem as pazes, ela pode ser cantora “ - Anônimo.

**********************


O fim do seu relacionamento foi uma coisa que S/N nunca entendeu bem. Foi de uma forma ruim, sem explicação, de uma hora para outra.

E os sentimentos de tristeza, vazio, nostalgia voltaram com mais intensidade nesses dias que antecederam o noivado de umas de suas amigas mais próximas.

O que mexia ainda mais com ela é que ela tem a absoluta certeza que Zayn vai estar lá também. Afinal, os  amigos em comum são muitos, e eles sempre foram do mesmo círculo de amizades.

Por mais que odiasse admitir, ela ainda gostava dele. Muito. Eles estavam noivos, já preparando as coisas para o casamento. É difícil de aceitar o fim.

Já sabendo que não arranjaria desculpas os suficiente para convencer Amanda que não iria, foi para o banho e começou a se arrumar.

Não muito longe dali, Zayn também estava relutante para ir. Ele não queria a encontrar e nem imaginou que esse encontro poderia acontecer tão cedo, ainda mais numa ocasião dessas. Por mais que tenha sido ele quem terminou o quase noivado, doía muito nele toda essa situação.

“Te espero hoje, Bro. Não se atrase! Às 20h, OK?!”. Ao ler essa mensagem, já teve a certeza, assim como S/N, que teria que ir; querendo ou não.

Tomou um banho, colocou uma roupa, passou um de seu perfumes favoritos e, em quarenta minutos, estava pronto.

Pegou as chaves do carro e foi até onde aconteceria o noivado dos seus amigos.

Já S/N, sabendo que iria beber alguma coisa, optou por deixar o carro em casa e chamou um táxi. Passou o batom, pegou sua bolsa e, já pronta, entrou no táxi e seguiu para onde seria a festa do noivado.

A primeira pessoa que a recepcionou foi Amanda. Ela a parabenizou e desejou tudo de melhor para eles.

Ao ver ela entrando, Zayn travou onde estava. Apenas ficou a admirando. O sorriso que ele tanto amava, a simpatia e a maneira carinhosa que ela tratava as pessoas que sempre o cativou nela, a beleza extrema, a delicadeza… Tudo que ele sempre amou nela ainda estava presente. E ela estava bem na sua frente.

Quando ela ergueu seu olhar e o viu, foi como se seu coração fosse na boca. Ela congelou. Ele parecia ainda mais bonito ao seu ver, a mesma beleza misteriosa, a elegância em se vestir e se estilo próprio, a barba por fazer que ela tanto amava e o cabelo meio bagunçado faziam o conjunto perfeito.

Ela só saiu do seu transe quando sua amiga a puxou para tirarem algumas fotos.

Vendo a alegria dos seus amigos que estavam noivando, a felicidade por estarem planejando um vida juntos fez Zayn pensar em suas atitudes.

O remorso o dominou. A culpa por ver S/N com um olhar triste e sem vida tomou conta dele.

Naquele momento ele só queria poder voltar no tempo e converter seus erros. Ali ele viu o quão errado ele agiu com a mulher que ele mais amou na vida, a que era sua companheira, sua amiga, sua namorada e noiva.

Ele foi um bobo e infantil por deixar o medo de assumir essa responsabilidade e o medo de perder os benefícios dá vida de “solteiro” falarem mais alto e ignorar por completo os benefícios ainda maiores de ter ela ao seu lado.

Vendo seus amigos ali, os dois se imaginavam no lugar deles. Poderia ser eles, felizes e juntos. Mas não era.

Infelizmente, ou não, não existe um botão para apertar e fazer o tempo voltar atrás. Talvez esse tempo tenha sido bom para ambos amadurecerem e considerarem o que é mais importante para eles.

Ele estava arrependido. Mas como iria mostrar isso para ela? Ele nem sabia se poderia ter uma segunda chance.

Procuraram manter a distância um do outro. Mas sempre se procuravam com o o olhar. Ele quase não conseguia parar de olhar pra ela. E ela estava na mesma situação.

Já no fim da festa, quase na hora de ir embora, eles acabaram de esbarrando. Ficaram se encarando por algum tempo; tempo esse complemente constrangedor. Até que ele tomou a iniciativa…

- Oi! - ela permanece olhando nos olhos dele e depois de gaguejar um pouco, conseguiu se pronunciar.

- Oi.

Ele nunca foi inseguro. Mas naquele momento ele se tornou a pessoa mais insegura desse mundo. O medo o consumiu. A saudade de quando ele estavam juntos e conversavam normalmente até tarde, rindo de tudo e sem se importar com nada veio à tona. E ao mesmo tempo um desejo e vontade súbitos de agarrá-la ali mesmo e a beijá-la com vontade. 

Mas, pela maneira que ela o respondeu, ele pôde ter a certeza de que a perdeu de vez e que nunca, jamais, poderia ter uma segunda chance com ela. Era tarde de mais….  


[…]


A segunda parte dai logo logo…! 

Pedido: Baby eu gostaria de um imagine cm o harry assim: os dois sao cantores e sao apaixonados um pelo o outro,porem tem medo desse amor pq ja se machucaram antes, ja tinham tentando ficar juntos e nao deu certo dai eles ficam de indireta nas musicas ate q sai uma noticia na midia q ela estaria gravida e ele fica louco e eles discutem por ele achar q ela ja tivesse superado ele e fica muito triste mas ela vai num programa de tv e diz nao estar gravida e sim apaixonada por Harry Styles, final feliz :)

Harry Vision

           Sentei-me no sofá do backstage onde iria acontecer meu show daqui duas horas. Peguei meu celular que se encontrava no bolso da minha calça e apertei o botão de desbloqueio e vi uma foto dela na minha tela, sorri comigo mesmo ao relembrar desse dia. Era inverno e nós dois estávamos em uma casa de campo dos meus pais, ela estava tão bonita nesse dia, com o seus cabelos soltos e sem nenhuma maquiagem com roupas simples, sendo apenas ela e então e eu tirei essa foto sem ao menos ela perceber.

           Joguei meu celular em qualquer lugar do sofá, sentia-me culpado por não conseguir esquece ela nem por com segundo, parecia que em qualquer lugar eu conseguia a vê.

 

S/N Vision

           Limpei as poucas lagrimas que caiam, assim que li uma noticia que Harry estava saindo com uma atriz famosa no Reino Unido, mesmo depois de todo esse tempo não consigo esquecer ele, eu simplesmente sou completamente apaixonada por esse homem e não consigo esconder isso.

           Coloquei meus brincos e peguei meu microfone e pedi aos Deuses que me desse forças o suficiente para conseguir fazer esse show sem cair em lagrimas. Assim que entrei no palco olhei para toda aquela multidão de fãs e sorri ao me lembrar de que ainda eles estão aqui por mim. Depois de cantar cinco musicas, me preparei para cantar a próxima. Eu havia escrito após o fim do meu relacionamento com o Harry, ou quase relacionamento.

- The bed’s getting cold and you’re not here, the future that we hold is so unclear. – Olhei para a plateia que cantava juntamente comigo, sorri feliz por isso.

Harry Vision

 

           Não sabia ao certo se realmente estava preparado para fazer aquilo, depois de tanto tempo, mas eu precisava fazer, todos estavam esperando por aquele momento. Peguei o meu microfone e olhei para os lados, por algum motivo eu imagino que a qualquer momento ela poderia sair de qualquer lugar e olhar para mim daquela maneira que só ela olhava e dizer bem baixinho que estava ali por mim e que me amava, mas ela não estava era apenas eu o palco e a plateia.

- We’re just two ghosts swimming in a glass half empty, trying to remember how it feels to have a heartbeat.

           Assim que me levantei da cama procurei em todos os lugares o nome dela, queria saber o que ela estava fazendo, já que não tinha coragem o suficiente para perguntar o que estava acontecendo e se ela estava bem. Então foi ai que procurei demais até achar algo que eu não deveria ler. No topo do site de notícias ela é destaque, s/n está gravida de um cantor americano.

           Sem pensar duas vezes peguei as chaves do meu carro e dirigir até a sua casa que não fica muito longe da minha, penas meia hora. Depois de dirigir pela cidade, sai do carro e pude ouvir click de câmeras vindo em minha direção, mas eu ignorava completamente, eu precisava saber sobre essa historia e se realmente é real, torcia para que tudo fosse apenas uma noticia falsa da midia para ganhar fama.

           Bati na porta algumas vezes até que ela foi aberta, entrei sem dizer nenhuma palavra. – Que merda é essa? – Apontei para o meu celular que tinha o print da noticia.

           Ela estava sem reação alguma apenas olhava-me assustada. – O que você tem haver com a minha vida Harry? – Ela caminhou em minha direção apontando o dedo na minha cara.

           Olhei para os lados a procura de uma resposta. – Tudo, eu fiz parte dela…

- Fez, não faz mais e o que eu faço não é da sua conta. – Ela se virou e pegou um jornal que estava encima do sofá e jogou no meu rosto. – Já que estamos falando sobre relacionamentos, vamos falar sobre os seus.

           No topo da noticia dizia sobre a minha suposta namorada, que eu nunca tinha visto na vida.

- Agora sai da minha casa. – Ela abriu a porta.

           Parei em sua frente e segurei seu braço delicadamente e olhei nos seus olhos. - Você está gravida?

- Isso não é da sua conta.

S/N Vision

           Mesmo tentando com todas as minhas forças ignorar meus sentimentos por Harry estava cada vez mais difícil esconder. Coloquei meus brincos e olhei-me mais uma vez no espelho tentando fazer o que eu faço de melhor, esconder-me e mentir sobre os meus sentimentos, mais uma vez teria que falar sobre as maravilhas de ser solteira, quando na verdade estou completamente apaixonada. Assim que uma das assessoras do James chamou-me, levantei da cadeira e pela a ultima vez me olhei no espelho.

           Depois de algumas perguntas sem importância e brincadeiras as perguntas polemicam começaram e eu estava totalmente preparada.

- Grávida ou não? – James levantou umas das sobrancelhas.

           Sorri sem graça. – Não, nunca estive grávida. – Parei por um segundo e tive certeza que não aguentaria mais esconder aquilo. – Eu não posso estar grávida de uma pessoa que não amo, pois o Harry é o único homem da minha vida, sempre foi e sempre vai ser…

           O choro estava entalado na minha garganta, e as lagrimas começaram a cair e o programa foi interrompido e eu sabia que daqui alguns segundos isso iria virar noticia mundial. Sai o mais rápido possível do palco e corri para o camarim e lá chorei até não aguentar mais. O que eu tinha feito? Todos vão rir da minha cara e saber sobre eu e sobre o Harry.

- Eu vi tudo…

           Aquela voz. Olhei para trás e vi Harry parado na porta olhando calmamente.

- Desculpa, eu não queria fazer aquilo, mas eu amo você eu não aguento mais passar por isso…

           Antes mesmo que eu pudesse terminar de falar senti os lábios do Harry tocando os meus, e suas mãos tocando minha cintura e puxando-me para mais perto do corpo. – Está tudo bem, eu estou aqui. – Harry beijou meu pescoço. – Eu te amo.

Anônimo: hello, faz um 1s com o Harry, que ele e a SN são casados, mas estão se divorciando, só que eles não quer falar pra ninguém, então os amigos deles ainda acham que eles são um casal, só que em algum momento um dos amigos deles questionam. pq tipo, eles continuam agindo como se fosse um casal, porém sem beijos. e o fim do relacionamento foi super amigável!

Harry e eu sempre fomos o casal que todos desejavam ser; nos casamos à beira da praia, viajamos o mundo todo, porém, nossa relação caiu na rotina e por esse motivo estamos nos divorciando. 

Provavelmente será difícil nossa relação depois disso, afinal, temos inúmeros amigos em comum e estamos ao máximo tentando esconder isso. 

(…)

— Você está linda — Harry disse assim que entrei em seu carro 

— Muito obrigada! — sorri e dei um beijo no rosto dele 

Estávamos indo até uma social de amigos na casa de Louis, que por sinal foi nosso padrinho de casamento. Como ainda ninguém sabia do nosso divórcio, Harry sugeriu que fossemos no mesmo carro até a casa dele, e assim fizemos. 

— Preparada para encenar ? — ele disse desligando a chave, parando na frente da casa de Louis 

— Nós já fizemos isso outras vezes — me lembrei das noites que íamos a barzinhos com eles, já divorciados — Não será tão difícil. 

— Você está bem ? — Harry perguntou de forma afetuosa 

— Sim, fui chamada para uma entrevista de emprego na semana que vem! 

— Que ótima notícia, S/n! Vou torcer por você! — ele disse animado

— Obrigada, Hazz! Vamos ? 

Embora Harry e eu tivéssemos tomado a decisão do divórcio, nós tínhamos maturidade suficiente para manter uma amizade. 

Entramos na casa de Louis encontrando todos lá. 

— Olha se não são meus afilhados favoritos — Louis gritou assim que nos viu entrando 

— Olá — dei um oi coletivo para todos que estavam ali. 

A casa estava cheia. Me sentei no sofá próxima da namorada do Lou, enquanto Harry foi até a cozinha. 

— S/n, acabei de notar, você está sem aliança ? — ela olhou direto para minha mão 

— Ah-ah — gaguejei — Eu provavelmente esqueci na pia do banheiro. Que cabeça a minha — tentei disfarçar 

— Sempre que esqueço minha aliança de compromisso com Louis, ele fica uma fera — ela brincou

— Harry também me repreendi quando esqueço a minha — menti 

— Homens… — ela riu

Louis e Liam apareceram na sala com alguns petiscos e algumas garrafas de vinho. Todos se sentaram ao lado de seus respectivos parceiros, enquanto Harry e eu estávamos um pouco mais afastados. 

— Como andam as coisas, Styles ? — Liam perguntou pegando um queijo — Digo, já fazem alguns longos dias que não vejo você e S/n 

— Estão bem! S/n foi chamada para uma entrevista de emprego — ele disse rindo para mim 

— Que ótimo, S/n! Tomara que você consiga

— Obrigada, Liam! Agora sozinha eu preciso de um ganho — deixei escapar 

— Sozinha ? — Louis perguntou franzindo o cenho 

— Não, ah… — fiquei nervosa — Sozinha é modo de dizer, quero dizer que quero ser independente e ter um emprego! — expliquei 

— Ah, claro! É ótimo ser independente — Eleanor disse feliz

— Eu vou pegar mais petiscos, alguém quer ? — Harry disse mudando de assunto 

— Te ajudo — Liam se levantou e os dois seguiram para a cozinha 

Depois do que eu disse, Eleanor notou que algo não estava bem e foi mais perto de mim. 

— S/n — ela disse baixo — Está tudo bem entre você e Harry ? 

— Claro — sorri fraco — Por que a pergunta ? 

— Eu conheço vocês, querida! Venho notado a alguns dias que vocês estão estranhos. Eu me lembro que a alguns meses atrás nós tínhamos que pedir para vocês pararem de se engolir em público de tanto que vocês se beijavam, e hoje não presenciei nem ao menos um selinho. E eu não engoli a história da sua aliança, e depois do que você disse, eu sinto que algo está acontecendo… 

— É — eu olhei para baixo e comecei a passar a mão pela minha coxa — Harry e eu estamos nos divorciando… 

— O que ? — ela perguntou assustada arregalando os olhos — Por que ? 

— Foram três anos, Eleanor… Nossa relação esfriou, não tinha sentido continuarmos juntos — expliquei 

— Vocês se amavam, S/n… Eu não consigo acreditar nisso 

— Eu ainda o amo muito — sorri fraco — Mas acho que nossa relação como casal já deu o que tinha que dar. Nós chegamos juntos a essa conclusão e decidimos que é melhor para ambos. Nós continuamos amigos e eu torço muito pela felicidade dele, assim como ele torce pela minha também! 

— E como você está com tudo isso ? — ela perguntou acariciando meu rosto. Eleanor sempre foi carinhosa comigo 

— No começo foi difícil mas agora eu estou bem… Nós estamos bem. Eu voltei para a casa dos meus pais e as coisas estão começando a dar certo para mim. Harry é um homem maravilhoso e esses anos que eu vivi com ele foram incríveis, e é isso que eu quero levar para mim. 

— Quando vocês pretendem contar aos outros ? 

— Quando os papéis saírem nós vamos anunciar nosso término. Não comenta com ninguém por enquanto, tudo bem ? 

— Claro — ela concordou — Foi um choque para mim — suspirou — Mas se está bom para vocês dois, fico feliz! 

— Obrigada! — sorri segurando as mãos dela 

Um mês depois os papéis saíram, e Harry e eu nos divorciamos por definitivo.

Foi um baque para todos nossos amigos, mas com o tempo eles compreenderam que Harry e eu não nascemos para ficarmos juntos. 

E a minha amizade com meu ex marido, nunca foi abalada, e era isso uma das coisas que eu mais admirava nele, a maturidade que Harry possuía.

youtube

Ocean Drive o mais interessante dessa música são as inúmeras metáforas que ela tem, isso que a torna tão profunda e perfeita

Estamos dirigindo pela avenida
Mostra um relacionamento desgastado
Dirigindo pela noite escura
A escuridão simboliza o desconhecido, aquilo que não sabem
Com o tanque pela metade e o corações vazios 
Fingimos nos amar, mas isso não basta
Isso mostra um amor frágil, o amor que eles sentem um pelo outro não é mais como antes, eles até fingem se amar, mas isso não basta.
As sirenes tomam conta do ar solitário 
Como chegamos a este ponto, querida?
As sirenes simbolizam um sinal de alerta, porque está mais grave do que imaginavam, e eles não sabem como chegaram a esse ponto.
Vemos uma tempestade se aproximar
E fingimos não estar com medo

Então eles veem uma tempestade se aproximar, quer dizer que eles vão passar por um momento difícil, conturbado, mas eles fingem não sentir medo do que está por vir.

Refrão

Não diga uma palavra, enquanto nós dançamos com o diabo
Além da tradução literal, também é uma expressão em inglês que significa “arriscar-se sabendo que terá um alto custo ou arriscar-se para conseguir algo que quer muito”. Na música diz: “Não diga uma palavra enquanto nos arriscamos”, ou seja, o relacionamento deles está por fio, quase chegando ao fim, então é melhor não dizer nenhuma palavra, porque pode ser a gota d'água para acabar com o relacionamento. É aí que vem o refrão, “não diga uma palavra enquanto nos arriscamos”, eles já estão num ponto crítico, e qualquer coisa dita, pode botar tudo a perder.
Você trouxe fogo a um mundo tão frio
Quando o mundo (a vida) dele era chata, fria e sem graça, ela trouxe alegria, calor e paixão.
Estamos sem tempo na estrada rumo ao nunca
Eles não podem ficar perdendo tempo, eles estão indo para o nunca (que pode ser interpretado de várias maneiras).“Nunca” seria o fim do relacionamento deles, estão indo para um caminho sem volta.
Aguente firme, aguente firme, aguente firme
Mas, ele pede que ela aguente firme, porque, no fundo, ele não
quer que acabe.

Ultrapassamos todos os sinais vermelhos
Não temo como pararmos
Eles ultrapassam todos os sinais vermelhos e não tem como parar
A gasolina está quase acabando
E a gasolina está quase acabando. Novamente ele volta ao exemplo do amor deles como se fosse um carro. Eles estão infringindo as leis, fizeram
tudo o que não deviam fazer, coisas que arruínam o relacionamento dele, e está quase chegando ao fim, falta muito pouco.
Fingimos nos amar, mas isso não basta 
Quem nos dera voltarmos no tempo
Antes de passarmos dos limites, querida
Por fim, ele deseja que eles pudessem voltar no tempo, antes de terem passado dos limites, antes de terem chegado a esse ponto tão crítico, talvez eles pudessem ter feito algo para evitar, mas, agora, só resta aguentar firme, tentarem sobreviver, levar até onde der.

Renan Rissardo. 02/01/2017