fim-do-dia

Porque eu quero curtir a pessoa antes de estar com ela, quero troca de olhares, quero achar o sorriso bonito, quero me encantar, quero levantar a perninha no primeiro beijo e quero que seja verdadeiro. Porque eu quero que ocorra o pedido de namoro para os meus pais, quero aproveitar cada minuto ao lado, quero passar a tarde de um dia chuvoso vendo filmes, quero ir em um churrasco de família acompanhando, quero apresentar para os amigos e quero que seja verdadeiro. Porque eu quero um pedido de casamento emocionante e surpreendedor, quero ver todos os tipos de vestidos e decorações para o grande dia, quero ensaiar a valsa milhares de vezes, quero escolher padrinhos e madrinhas à dedo, quero deixar todos loucos com tanta enrolação para marcar a data e quero que seja verdadeiro. Porque eu quero acordar do lado desse alguém, quero fazer viagens inesquecíveis, quero esperar ansiosa pelo fim do dia só para fazer um jantar especial, quero ser madrinha de um afilhado, quero sonhar em ser mãe e quero que seja verdadeiro. Porque eu quero ver o teste dando positivo, quero surtar pensando em uma forma diferente de dar a notícia ao pai, quero a ansiedade de saber se é menino ou menina, quero ficar imaginando o rostinho, quero contar os dias para finalmente tê-lo em meus braços e quero que seja verdadeiro. Porque eu quero olhar o rosto e ter certeza de que aquele nome se encaixa, quero amamentar e ninar, quero ver o riso fácil ao me ver, quero ouvir as primeiras palavras, quero dar a educação certa e quero que seja verdadeiro. E exatamente por querer tanto, tenho medo de não ter. É difícil de encontrar alguém que se encaixe nos meus planos, porque apesar de querer tanto, acima de tudo, quero que não seja superficial. E repito: Que seja verdadeiro.
—  Vittoria Catarina.