fim-do-dia

Mas não importa o que estivesse acontecendo nas nossas vidas, eu podia me imaginar deitada ao lado dele na cama no fim do dia, abraçando-o enquanto nós conversávamos e ríamos, perdidos nos braços um do outro.
—  Querido John.
Ainda não sei ao certo qual das minhas escolhas teve por consequência você, afinal não acredito em destino ou ação de uma força cósmica sobrenatural. Eu que estava completamente distraída olhando os girassóis pela janela, com o coração interditado por tempo indeterminado para reconstrução, fui surpreendida por um qualquer, você. Um ser que eu desejei tão demasiadamente no primeiro vislumbrar, sabe aquelas paixões arrasadoras de cinco minutos? Eu tive por você, senti uma vontade intensa de beijá-lo ali na primeira vez que nos olhamos, não entendi porque minha essência apetecia tanto um desconhecido, mas que parecia ter passado mil vidas comigo. Eu queria a resposta: porquê? Porque você? Poderia ser qualquer um, mas quando encarei seus olhos grandes e insinuantes eu senti no fundo do peito e a única coisa que conseguia falar era puta merda. Não foi amor, não. Amor se constrói dia pós dia. Foi uma daquelas paixões triunfantes de filmes românticos. Talvez nós não nos completássemos, talvez você fosse de Marte e eu de Vênus, talvez meus trilhões de defeitos, mágoas e cicatrizes fossem impedir que eu me entregasse de corpo e alma. Mas naquele momento, eu só conseguia pensar que se fodam os porquês, talvez e dores. Eu queria sair correndo atrás de você te agarrar e prender em cópula a minh’ alma até o fim dos meus dias. Eu era a menina da janela e você o cara que passava por ali, senti que aquela história boba de flecha do Cupido podia ser verdadeira, pois algo realmente atravessou meu peito e dilacerou o meu ser, quem sabe eu apenas estivesse sendo sonhadora novamente ou porventura você estivesse sentindo o mesmo. Quem sabe seria mais fácil correr até você e perguntar se de todos seus sonhos românticos você aceitaria se apaixonar pela menina da janela apaixonada por girassóis.
—  Almalizei datilografou com Vireipassaro.
Um porre. É disso que eu estou precisando. Um porre pra esquecer de todos os problemas, principalmente, de você. Quero beber todas numa noite só, quero dançar até meu pé não aguentar mais, quero cantar até minha voz sumir e quero beber até não lembrar mais de você. Quero estar de ressaca no dia seguinte até o fim do dia, assim não lembrarei de você. E então, vou sair novamente, beber todas e me desligar do mundo.
—  K. Shibahara.
Eu sonho, sonho todas as noites que estamos juntos, juntinhos bem agarradinhos em um sofá e você me afagando: Ah meu amor como eu rezo a Deus para que esse dia não demore a acontecer. Porque parece tão certo apenas te ter aqui do meu lado. Eu lhe peço amor, nunca me deixe, nem deixe que eu te deixe. Meu amor por você é tão grandioso sabe? E parece que nunca vai ser o bastante apenas dizer, nem demonstrar, ele já não cabe só aqui, dentro do meu peito. Você me tem completamente, eu sou tão seu sabe? Que já não existe um eu, sem um você. Então fique. Fique um anos, quem sabe 80? Porque não uma eternidade? Ainda assim seria muito pouco pra viver todo esse amor. Porque você tem minha alma, é eu só queria que você soubesse. Obrigado por ter aparecido, obrigado por me fazer sentir uma pessoa melhor, obrigado por cuidar de mim, obrigado por me amar, obrigado por me deixar te amar. E então eu cruzo os dedos e peço pra que isso nunca acabe, que esse amor dure anos, dure a eternidade, para que os outros contem por mim a simples e singela história de um casal de namorados que se amavam muito, que lutaram por esse amor até o último dia de suas vidas. Sim eu vou lutar por ti até o fim dos meus dias, eu vou fazer o máximo para que nunca te tirem de mim, porque amor, você é meu mundo, você me faz viver, você me faz sorrir, você me faz ser feliz. Eu nunca fui tão feliz.  Sabe, eu sonhava em ter um amor igual ao dos filmes, eternamente juntos, um amor tão lindo de se ver. O brilho nos olhos dos dois que nunca se apagava, os carinhos, as palavras doces de uma declaração com um simples “ eu te amo ” mais que mesmo sendo tão poucas palavras, era tão lindo de se ouvir, tão fabuloso. Bem……. eu sonhava. Até que você apareceu, você me fez viver um amor só meu, um amor que eu jamais um dia cheguei a pensar em sentir.  Mais como cabe tanto amor assim dentro de mim? Não sei, mais só eu sei, só eu sei como é grande, como é lindo, como ele me preenche de esperanças, de sorrisos bobos que aparecem só de lembrar de você. Minha baixinha, eu quero que saibas que eu lhe amo demais, que pra mim você é a melhor pessoa do mundo, que sem você eu não sou mais nada. Você és minha vida, se eu tivesse que esperar por você toda a minha vida, eu esperaria. Eu vou continuar me apaixonando todos os dias por ti, vou continuar te amando cada vez mais, te desejando cada vez mais. Que Deus cuide de você, quando eu não estiver por perto. Que ele proteja os teus passos e que ele não te ajude quando você mostrar sinal de que vai cair. Porque está é a hora em que eu quero estar lá e se eu chegar tarde e não houver mais tempo pra segurar na tua mão. Não esquente, pois eu estarei lá em baixo, aonde era pra ser o final. E te segurarei, com toda a minha força eu vou te segurar, e nunca deixarei que você caia totalmente. Porque é isto que deve ser feito, nunca eu te deixarei sozinha, nunca vou te negar um abraço, um sorriso, uma palavra a minha presença, nunca. Você sempre poderá contar comigo, mesmo quando eu não souber o que fazer, mesmo quando eu estiver sem reação. Eu darei um jeito pra que nunca você sofra meu amor. Porque eu te amo, e você é a pessoa mais importante do mundo pra mim. Para Dizer o que eu sinto com tanta intensidade meu amor, mais nesse mundo não há palavra que descreva o que eu sinto por ti, é o sentimento mais puro que poderia existir um sentimento que não se descreve so se sente, sabe qual o meu primeiro pensamento assim que eu acordo? Você, as coisas que eu faço é por você, pensando em ti, quando estou dormindo advinha com quem eu sonho? Com você meu amor, você não sai do meu pensamento. Sabe quando eu estou do seu lado, parece que todo os problemas desaparecem, que no mundo so existe eu e você, quando eu vejo teu sorriso , me faz sorrir, esse brilho no seu olhar me da forças e me motiva a continuar vivendo apesar de todas as dificuldades, eu amo escultar sua voz, escultar sua risada me faz tão bem e o que me faz sentir vivo, é ter a certeza que você me ama com a mesma intensidade que eu te amo, que eu te faço bem do mesmo jeito que você me faz, que nos vamos enfrentar tudo juntos pra no final sermos só eu e você, numa casa só nossa, acordando um do lado do outro, te fazendo se sentir amada cada dia mais e mais minha anja pro restos dos meus dias, agradeço muito à Deus por ele ter cruzados nossos caminhos de uma forma tão incrível, ter colocado tantos problemas pra podermos superarmos juntos. Tenho vontade de largar tudo isso aqui e ir correndo até você, sei que valeria a pena. Olha, só quero que nunca se esqueça que nunca amei alguém como eu te amo e esse amor só vem crescendo a cada dia e ele se fortalece muito mais a cada obstáculo. Sempre estarei te esperando aqui, sempre e sempre que você precisar, segure a minha mão, eu nunca te deixarei cair, assim como eu só me sinto seguro pensando em você e imaginando que você está aqui comigo, assim como eu só me sinto seguro porque conheci você, e porque você está presente em cada segundo da minha vida. Você está aqui, no meu pensamento, eu sinto você, ainda sinto seu cheiro, seu abraço, seu toque, vejo seus olhos, só não posso te enxergar daqui, mas posso te sentir. E é o seguinte, você é minha e eu te amo, então por favor, fica bem e se cuida, que assim que possível eu farei isso por você. Você simplesmente é a mulher da minha vida, o meu amor eterno. Eu não existo sem você, nada nesse mundo levará você de mim.
— 

UMA CARTA PARA O MEU AMOR ETERNO.

MATT OLIVEIRA.

morro todo fim do dia
quando percebo que não consegui ser

deixo o mundo sugar minhas forças
e finjo que está tudo bem

como se eu não visse o sangue
escorrendo todos os dias

como se não existir
fosse confortável

mas no fundo não é

e todo mundo sabe disso
por isso diz que está tudo bem

porque admitir é olhar pra si mesmo
e não se enxergar.

Eu espero que, num dia chuvoso, quando teu sapato afundar na lama, e tu escorregar no piso da tua sala, e pensar que nada dá certo pra ti, e que no fim do dia tu não tem ninguém pra contar o quão azarado é, que nesse dia tu lembre de mim, e de tudo que a gente foi. Que minha saudade te doa, porque tua indiferença quase me matou.

- Rabuscos (NinaFepe)

Eu só quero poder ligar para alguém no fim do dia e confessar uma dor escondida no corpo, e aceitar um lanche no bar mais perto, e ir mancando mais um sobreviver. Poder fazer algo grande, sabe? Que alguém me olhe entendendo que é por amor. E continuar sem que te falte uma perna.

E se realmente gostarem? Se o toque do outro de repente for bom? Bom, a palavra é essa. Se o outro for bom para você. Se te der vontade de viver. Se o cheiro do suor do outro também for bom. Se todos os cheiros do corpo do outro forem bons. O pé, no fim do dia. A boca, de manhã cedo. Bons, normais, comuns. Coisa de gente. Cheiros íntimos, secretos. Ninguém mais saberia deles se não enfiasse o nariz lá dentro, a língua lá dentro, bem dentro, no fundo das carnes, no meio dos cheiros. E se tudo isso que você acha nojento for exatamente o que chamam de amor? Quando você chega no mais íntimo, No tão íntimo, mas tão íntimo que de repente a palavra nojo não tem mais sentido. Você também tem cheiros. As pessoas têm cheiros, é natural. Os animais cheiram uns aos outros. No rabo. O que é que você queria? Rendas brancas imaculadas? Será que amor não começa quando nojo, higiene ou qualquer outra dessas palavrinhas, desculpe, você vai rir, qualquer uma dessas palavrinhas burguesas e cristãs não tiver mais nenhum sentido? Se tudo isso, se tocar no outro, se não só tolerar e aceitar a merda do outro, mas não dar importância a ela ou até gostar, porque de repente você até pode gostar, sem que isso seja necessariamente uma perversão, se tudo isso for o que chamam de amor. Amor no sentido de intimidade, de conhecimento muito, muito fundo. Da pobreza e também da nobreza do corpo do outro. Do teu próprio corpo que é igual, talvez tragicamente igual. O amor só acontece quando uma pessoa aceita que também é bicho. Se amor for a coragem de ser bicho. Se amor for a coragem da própria merda. E depois, um instante mais tarde, isso nem sequer será coragem nenhuma, porque deixou de ter importância. O que vale é ter conhecido o corpo de outra pessoa tão intimamente como você só conhece o seu próprio corpo. Porque então você se ama também.
—  Caio Fernando Abreu.
E se realmente gostarem? Se o toque do outro de repente for bom? Bom, a palavra é essa. Se o outro for bom para você. Se te der vontade de viver. Se o cheiro do suor do outro também for bom. Se todos os cheiros do corpo do outro forem bons. O pé, no fim do dia. A boca, de manhã cedo. Bons, normais, comuns. Coisa de gente. Cheiros íntimos, secretos. Ninguém mais saberia deles se não enfiasse o nariz lá dentro, a língua lá dentro, bem dentro, no fundo das carnes, no meio dos cheiros. E se tudo isso que você acha nojento for exatamente o que chamam de amor? Quando você chega no mais íntimo, no tão íntimo, mas tão íntimo que de repente a palavra nojo não tem mais sentido. Você também tem cheiros. As pessoas têm cheiros, é natural. Os animais cheiram uns aos outros. No rabo. O que é que você queria? Rendas brancas imaculadas? Será que amor não começa quando nojo, higiene ou qualquer outra dessas palavrinhas, desculpe, você vai rir, qualquer uma dessas palavrinhas burguesas e cristãs não tiver mais nenhum sentido? Se tudo isso, se tocar no outro, se não só tolerar e aceitar a merda do outro, mas não dar importância a ela ou até gostar, porque de repente você até pode gostar, sem que isso seja necessariamente uma perversão, se tudo isso for o que chamam de amor. Amor no sentido de intimidade, de conhecimento muito, muito fundo. Da pobreza e também da nobreza do corpo do outro. Do teu próprio corpo que é igual, talvez tragicamente igual. O amor só acontece quando uma pessoa aceita que também é bicho. Se amor for a coragem de ser bicho. Se amor for a coragem da própria merda. E depois, um instante mais tarde, isso nem sequer será coragem nenhuma, porque deixou de ter importância. O que vale é ter conhecido o corpo de outra pessoa tão intimamente como você só conhece o seu próprio corpo. Porque então você se ama também.
—  Caio Fernando Abreu.
Posso te pedir uma coisa? Deixa eu ser a primeira pessoa a ver teu sorriso quando acorda? Deixa eu passar os domingos te cuidando, mimando. Até mesmo assistindo aqueles filmes de super herói.. juro não me importar com eles se você estiver comigo, embaixo do cobertor. Deixa eu te acordar com beijos no canto da boca, e te ver dormir com aquele carinho na nuca que você tanto gosta. Deixa eu te surpreender com bilhetes na mesinha do lado da cama e escritos de batom no espelho do banheiro? Até tolero suas mãos geladas em minhas costas quando estiver com frio. Eu prometo te abraçar com carinho até você esquentar. Deixa eu aconchegar o rosto no seu pescoço só pra decorar teu cheiro? Deixa eu acordar com essa vontade de encarar o mundo, todos os dias, por saber que você está ali, comigo? Deixa eu agradecer a Deus por ter encontrado a pessoa mais abençoada que Ele colocou na minha vida? Deixa a felicidade que é ter você aqui se perpetuar por mais 10, 50 anos? Te garanto não ser de mais ninguém. Ser sua mulher, sua pequena, até o fim dos meus dias. Deixa?
—  Morena
Todos os dias eu tento me convencer de que eu e você não era pra ser. Que tudo que aconteceu foi melhor pra nós, evitou um sofrimento maior. Todos os dias eu tento me convencer de que não preciso de você. Todos os dias eu tento. E por mais que eu me esforce, no fim do dia as lágrimas caem e todo o meu esforço pra te esquecer se torna em vão.
—  Milena Borges.