filmes textos

Disney Films

Aries: La isla del tesoro (1950), Cupido motorizado (1968), Mulan (1998), Bichos (1998), Cars (2006), Un gran dinosaurio (2015)

Tauro: Blancanieves y los siete enanos (1937), El jorobado de Notre Dame (1996), Ratatouille (2007)

Géminis: Pinocho (1940), Hocus Pocus (1993), Las locuras del emperador (2000), Los increíbles (2004), Chicken Little (2005), Frankenweenie (2012)

Cáncer: Bambi (1942), La bella durmiente (1959), La Película de Tigger (2000), Lilo & Stitch (2002), Enredados (2010), Marte Necesita Mamás (2010)

Leo: Los tres caballeros (1945), La dama y el vagabundo (1955), La bella y la bestia (1991), El rey león (1994), Valiente (2012)

Virgo: Fantasía (1940), Los rescatadores (1977), Tron (1982), Oz: un mundo fantástico  (1985), Jimmy y el durazno gigante (1996),  La Familia del Futuro (2007)

Libra: Cenicienta (1950), 101 Dálmatas (1961), Robin Hood (1973), Hércules (1997), Dinosaurio (2000), Frozen: Una Aventura Congelada (2013)

Escorpio: La Espada en la Piedra (1963), Atlantis: El imperio perdido (2001), Tierra de osos (2003), Ralph, el Demoledor (2012), Intensamente (2015)

Sagitario: Alicia en el país de las maravillas (1951), Peter Pan (1953), El Libro de la Selva (1967), Tarzán (1999), Buscando a Nemo (2003), Bolt (2008)

Capricornio: Mary Poppins (1964), Los aristogatos (1970), Pocahontas (1995), Vacas vaqueras (2004), Up: Una Aventura de Altura (2009), La Princesa y el Sapo (2009)

Acuario: El dragón chiflado (1941), El zorro y el sabueso (1981), Toy Story (1995), Monsters, Inc. (2001), WALL·E (2008), Big Hero 6 (2013)

Piscis: Dumbo (1941), La Sirenita (1989), Los tres mosqueteros (1993), Goofy, la película (1995), Tinker Bell (2008), Zootopia (2016), Buscando a Dory (2016)



> Ofiuco <

Conhecendo o Projeto:

O Projeto Almagrafia consiste apenas em ajudar escritores desconhecidos terem seu devido reconhecimento. Nosso objetivo é a incentivação da escrita na sua forma pura, isto é, apenas iremos dar apoio aos escritores que escrevem suas próprias autorias, seus sentimentos.

Não aceitaremos: trechos de músicas, filmes, séries, escritos/textos de autoria desconhecida, escritos/textos que não seja de sua própria autoria. Além disso, como dito antes daremos ajuda apenas autorias/escritores desconhecidos; Isso significa que: autorias com mais de 1k não serão reblogadas nesse projeto, só reblogaremos autorias com poucas notas.

O Projeto Almagrafia não será apenas mais um projeto, será a forma de ajudar tantos escritores que escrevem tão bem a terem seu devido e merecido reconhecimento.

Usem a tag #projetoalmagrafia em suas autorias.

Lembro de já ter ficado triste por te deixar triste. Lembro de me sentir mal com isso. Lembro dos momentos em que a gente foi bobo e feliz. Lembro que sou feliz a maior parte do tempo, pelo simples fato de você existir em mim. Lembro de descobrir que um sentimento não serve para ser dito, como coisa que fica bem em filme ou texto, ele tem que ser vivido de forma plena. Lembro de não conseguir me permitir sentir tanta felicidade assim. Lembro da tua mão, que sempre acha a minha. Lembro dos teus dedos, que sempre me fazem carinho. Lembro da tua boca, que sempre me acalma. Lembro do teu rosto de menino, que me olha como se ainda fosse aquela primeira vez. Lembro de cada coisa que descubro, manias, gestos, pensamentos.
—  Clarissa Corrêa.

E se nossa vida fosse um filme? Qual você acha que seria? Em qual gênero nos classificaríamos? Qual o título? Não consigo imaginar um único filme que nos represente, o que dirá nos classificar em um gênero. Talvez sejamos aventura, odiamos o presente e em boa parte de nossas conversas imaginamos um futuro, as vezes fica até difícil discernir a realidade daquilo que não é, mas quem sabe nossa aventura seja mesmo uma batalha nas galáxias, algo totalmente surreal., ou uma vida em alta velocidade, na busca de um tesouro chamado felicidade? Ah! Sejamos sincero, quando foi que fomos um casal aventureiro? Acho mesmo que nos classificaríamos bem em uma comédia, curtir a vida adoidada, você me inspirando com suas histórias malucas, vivendo cada dia como se fosse o nosso primeiro, mesmo que seja o quingentésimo dia com você. Acho mesmo que somos comédia, quem sabe até uma romântica, pois é tão bom quando você me faz rir, mesmo sabendo que depois do riso a minha lista de coisas que odeio em você irá aumentar. Acho até que consigo me imaginar sendo sua Julieta, sem o final dramático é claro! A quem acredita que a vida seja bela, mas quando trata-se de nós nem John Coffey encontraria uma solução e mesmo que eu sonhe com um casal perfeito em um navio de conto de fadas, drama seria a ponta do iceberg das nossas histórias, não há como negar isso. Apenas lhe peço para não nos rotular dizendo que a culpa é das estrelas ou que nosso amor vive em um eterno crepúsculo, pois nunca fomos modinha. Eu diria que ficção cientifica não nos classifica, mas se parar para pensar as vezes ficamos tão preso em nossa própria mente, não conseguimos nos entender, tem vezes que você me esquece tão fácil e é tão difícil conviver com sua mente sem lembranças, fica parecendo um ser de outro planeta, me enlouquece, faz eu sentir uma explosão de sentimentos negativos. É impossível nos classificar em algo, mas se nos permitíssemos, eu sei, viveríamos uma alta aventura. Mas no momento estamos longe de ser aquela clássica animação do felizes para sempre.

Conspire