filme maravilhoso

Deus poderia fazer com que todos nós acreditassemos nele, faria isso num segundo, mas não, Ele deixou os seres humanos livres para que escolhecem o caminho que desejam seguir.
E Ele manda sua Mãe, a Lourdes, a Fátima, a Guadalupe pra nos mostrar o quão caminho é mais justo, mas se não quisermos, Deus não nos abriga, nos deixa livres.
—  Filme, terra de Maria
Meu nome é Sutter Keely e eu tenho 18 anos.Comparando com os outros, eu não tive muitas dificuldades, nem tantas assim. Surgiram algumas pedras no caminho, problemas. Claro, mas problemas sempre surgem. O verdadeiro desafio da minha vida, a verdadeira dificuldade, sou eu, sempre fui eu. Desde que eu me entendo por gente eu sinto medo, medo de fracassar, de decepcionar as pessoas, de magoar as pessoas, de me magoar. Eu achei que se eu fosse defensivo, e me focasse em outras coisas, em outras pessoas, que se eu conseguisse não sentir, então eu não sofreria, mas eu fiz besteira. Eu não só desliguei a dor, eu me desliguei de tudo, do lado bom e do lado ruim, até que não sobrou nada. A gente pode viver o agora, mas o melhor do agora, é que amanhã tem mais. E eu vou começar fazer isso contar.
Atenciosamente Sutter Keeley
—  O maravilhoso agora
o suicida e a sonhadora

cassandra desce do taxi e caminha para a entrada do prédio em que costuma ir logo após o trabalho para ler. ela chega na recepção e encontra o portei que sempre a deixa ir ao terraço. ele libera sua passagem e ela rapidamente entra no elevador. assim que chega ao terraço se depara com uma cena assustadora. encontra um jovem no peitoril do terraço e ao que tudo indica prestes a pular. cassandra não sabe se entra em desespero e o tira daquele local ou se ignora e o deixa morrer. então ela decide falar com ele. mesmo nervosa com a situação se dirige ao menino e fala:

- por favor, diga-me que você não pretende pular!

então o menino olha para trás confuso, pois ainda não tinha percebido a presença de cassandra e diz:

- quem é você e o que está fazendo aqui?
- meu nome é cassandra e eu costumo vir aqui depois do trabalho para ler um livro e relaxar. quem é você e por que está aí?
- meu nome é dominic. por que você acha que eu estou aqui?
- acho que você irá se matar. estou certa?
- está.

neste momento dominic olha para baixo

- e por que você quer se matar?
- e por que você não quer se matar?
- porque eu gosto de viver. por que você não gosta?

ela perguntou surpresa

- não sei, tudo perdeu o sentindo. não tem mais nada que seja bom no mundo.
- claro que tem, você apenas não encontrou ainda.
- diga-me algo bom.
- tudo. o mar, o céu, os livros, as flores, o vento etc. tudo que é simples é bom. você não percebeu isso ainda?

dominic a olha surpreso

- eu não costumo dar muito valor a coisas simples, mas estou surpreso por você dar tanto valor a essas coisas.
- mas são essas coisas que o fazem verdadeiramente feliz. coisas materiais podem lhe deixar feliz por um tempo, mas elas sempre irão perder o seu significado, já coisas simples, coisas que a natureza nos dá, jamais irão perder o significado.
- eu estou cansado de tudo, não consigo achar um motivo para continuar vivo…

cassandra fica triste assim que ouve isto

- tenho certeza que consigo achar um motivo para você continuar vivo.
- consegue?
- sim! diga-me, o que você gosta de fazer?
- gosto de ver filmes.
- então isso será a sua vontade de viver.
- como assim?
- por exemplo, imagina quantos filmes maravilhosos você irá perder se você se matar. tantos filmes esperando por você na sala de cinema, esperando por sua alegria. se você pular, você irá perder todos os filmes que estão para serem lançados. você quer perder esses filmes?
- tentador, mas ainda não é o suficiente.
- ok, então vamos fazer assim, eu te levo ao cinema e tento lhe mostrar que a vida vale a pena, faço você ver a vida com outros olhos. se funcionar você não deverá fazer nada por mim, apenas continuará vivo, caso não funcione, eu deixo você seguir sua vida do jeito que quiser. o que acha?

dominic fica olhando para ela, pensando no que irá fazer, então decide aceitar a proposta

- ok, vamos fazer isso, mas lhe garanto que é bem difícil mudar algo em mim.

ela pensa por um momento e diz

- aceito o desafio.

dominic desce do peitoril e entra no elevador junto com cassandra.

Imagine Louis Tomlinson

Pedido: Faz um do Louis que ela é ex dele e tem problemas com a Danielle! Final feliz.

—————–


Eu já estava pronta, com o meu melhor sorriso enquanto muitos flashes eram direcionados para mim. Entrei no grande salão onde a cerimônia do Oscar seria realizada e fui de encontro com meus colegas de trabalho. Nós estávamos concorrendo à algumas categorias como o nosso filme, “Uma mulher de peso”, em que eu era a protagonista. 

Eu estava ansiosa para o início da cerimonia. É sempre lindo e emocionante, principalmente ver meus amigos ganharem prêmios por seus trabalhos brilhantes. 

Quando é dado o início, todos tomam seus lugares e prestam atenção em tudo que acontece. Quem apresenta esse ano é Leonardo DiCaprio, com quem já contracenei em um filme. ‘Estrelas Além do Tempo’ ganhou o prêmio de “Melhor Filme”, Chris Evans o prêmio de ‘Melhor Ator’ e agora seria a categoria que eu estava concorrendo; “Melhor Atris”. Eu estava concorrendo com vários nomes, como Emma Stone, Demo Moore, Scarlett Johansson e Danielle Campbell, a atual do meu ex. 

Eu namorei o Louis por quase dois anos. Nós terminamos há uns 8 meses e ele está com ela no momento. Desde que eles começaram a namorar, Danielle mudou completamente seu comportamento comigo. Nós nunca fomos amigas íntimas, ok. Mas ela sequer olha na minha cara hoje em dia. Ela já tentou criar discussões comigo, do tipo dizendo que ela é melhor do que eu e coisas assim. Eu apenas ignoro e finjo que nem é comigo. 

DiCaprio abre o envelope e anuncia a vencedora dessa categoria. 

- S/N S/S, “Uma mulher de peso”. - fico em choque por escutar meu nome e todos começam a aplaudir. 

Me levanto, cumprimento meus colegas de filme e subu no palco indo buscar minha estatueta dourada e brilhante. Cumprimento Leonardo, faço meus agradecimentos e volto a me sentar. Sinto os olhares raivosos de Danielle sobre mim, mas ignoro. 

Ganhamos mais alguns prêmios pelo nosso filme; e, no fim da noite, estamos com 4 prêmios em mãos. Eu não poderia estar mais feliz. 

Ao chegar na festa pós-Oscar, vejo Louis vir até mim. 

- S/N! Parabéns pelos prêmios! - ele me abraça. - Você está linda! - sinto minhas bochechas corarem. 

- Obrigada! - sorrio.

- Você merece! O seu filme é realmente maravilhoso! - ele sorri e eu faço o mesmo. 

Ficamos ali conversando sobre tudo, nossos trabalhos, nossos planos, nossas vidas pessoais. É sempre bom poder conversar com ele. Lá pelas tantas, vejo Danielle se aproximar de nós completamente furiosa e eu me arrependo mentalmente de ter ficado ali com ele. 

- Qual é a sua, garota? - a encaro sem entender. - Ele é meu namorado agora, você não tem que ficar de papinho pra cima dele. 

- Danielle, ele veio apenas me parabenizar pelo prêmio e ficamos conversando sobre nossos trabalhos. - expliquei. 

- Ah, o prêmio que você roubou de mim. - ri sem humor e sem acreditar no que ela acabara de falar. 

- Eu não roubei nada. Foi uma votação, eu eu fui a que recebi mais votos. Apenas isso. 

- Olha aqui, garota. - ela apontou o dedo para mim. - Fica longe do Louis, ouviu bem? Não adianta você querer se jogar pra cima dele, ficar de conversinha. É um último aviso. - solto uma risada. 

- Eu não vou ficar aqui ouvindo isso. Tchau, Louis. Boa festa pra você. - sorrio para ele e vou para o lado oposto do que eles estão.

***

Se não bastasse o que ela havia feito no Oscar, ela começou a jogar indiretinhas para mim nas redes sociais. Eu já estava me irritando com essa atitude dela. Quantos anos ela tem? Cinco?

Toco a campainha da porta na minha frente e espero ser aberta.

- S/N? - pergunta confuso e surpreso.

- Oi Louis…

- Entra… - ele da espaço e eu entro. - O que foi?

- Será que eu posso falar com a Danielle?

- Ela não está aqui… 

- Ela demora pra voltar? Eu realmente preciso falar com ela. 

- Ela não volta pra cá, S/N. Nós não estamos mais juntos. - agora quem está confusa e surpresa aqui sou eu. 

- Não? - ele nega.

- Eu me cansei desse jeito dela, sabe? - nos sentamos no sofá. - Ela é completamente louca, possessiva. E aquilo que ela começou a fazer no Oscar e depois foi a gota d’água. 

- Então é por isso que ela ficou falando aquele monte de coisas sem sentido… 

- É… - ele concordou. 

- Ok… Então acho que eu já vou indo… - digo indo em direção da porta, mas ele segura meu braço.

Me vira pra ele e me encara por alguns segundos e, sem que eu pudesse fazer alguma coisa, ele me beija com vontade. Num primeiro momento eu me assusto e não correspondo. Mas, quando ele segura minha cintura com força e mordeu meu lábio inferior, eu correspondo com a mesma intensidade. 

- No fundo, ela sabe que nunca deixei de gostar de você. - disse sopra em meus lábios. 

Eu encaro seus olhos azuis brilhantes e prendo seu lábio inferior no meio dos meus dentes. 

- Eu acho que posso dizer o mesmo. - ele sorri grandemente.

- Era o que eu precisa ouvir! - me beija com mais intensidade que antes, me prensando na parece. 


[…]

Se vcs ainda não tiverem assistido Into The Wild, larguem o que estão fazendo e vão assistir!!!! Gente, que filme maravilhoso, reflexivo... te faz pensar e repensar sobre muitas coisas, e ver como a vida é valiosa, e como há coisas importantes para as quais nós precisamos olhar, mas sempre deixamos de lado!!! Acabei de ver, chorei horrores..
❤️ Sugestões de filmes ❤️

O Quarto de Jack

A lista de Schindler (É um filme maravilhoso pra quem gosta de história, ps: é sobre nazismo)

A menina que roubava livros

Amizade colorida

Filhos da Esperança

Pecados Íntimos

Um Sonho de Liberdade

Doce vingança (É quase de terror, muito bom recomendo demais)

A Teoria de Tudo

O Menino do Pijama Listrado

O lado bom da vida

Intocáveis

As Vantagens de Ser Invisível

Sociedade dos Poetas Mortos

O preço do amanhã (Esse filme passa uma mensagem tão verdadeira e chocante se vc prestar atenção nele, é muuuuito bom. PS: TEM O TIMBERLAKE, QUE HOMEM)

Cidades de papel

PS: Todos esses filmes estão disponíveis online💕)
(Esses são uns dos melhores na minha humilde opinião espero que assista ao menos um,se você sabe algum filme que goste muito me indique p eu assistir💙💙.espero que goste hahaha <3)

Status&Legendas: Citações de Filmes

• “Algo tão maravilhoso não deve ser explicado.👏🏼💢”

• “A gente precisa ter o coração partido algumas vezes, isso é um bom sinal. Significa que a gente tentou alguma coisa. 💫👊”

• “Quando amamos uma pessoa, a amamos por inteiro, não somente as partes boas. 💕🍂”

• “É tarde demais pra pedir que você envelheça ao meu lado? 🍃✨”

• “Desapego não é desamor! 👏🏼💢”

• “Me disseram que eu tenho um defeito, eu acredito no amor verdadeiro. 🍃✨"

• “Achei qualidades em mim. Lá no fundo, bem lá no fundo. Aonde poucos tem paciência de chegar, ou enxergar. 💫👊”

• “Guarde suas histórias tristes para quem se importa. 🍃✨”

• “Não quero ser tudo para ele, quero ser apenas quem ele não trocaria por nada. 💕🍂”

• “Aqui está o amor jovem, cheio de promessas, esperança… ignorando a realidade 💕🍂”

• “Só pode ter algo de errado comigo, todas as pessoas que eu amo nunca me amaram. 🍃✨”

• “Não importa quanto tempo vai passar, você sempre vai ser o meu primeiro amor. 💕🍂”

• “Eu me apaixonei por você, mas, acima de tudo, te conhecer me fez perceber o que realmente significa amor. 💕🍂”

• “O amor é um negócio horroroso, terrível, praticado por tolos. Vai partir seu coração e deixar você na pior. O que sobra para você no final? Nada além de algumas lembranças incríveis que não se esquecem.”

• “Não se espante. Você deveria saber que tudo que é bom um dia acaba. 🍃✨”

• “Segredos são ótimos, a não ser, que sejam descobertos.💫👊”

• “Nunca deixe que ninguém te faça sentir como se não merecesse o que quer. 💫👊”

• “A maior crueldade, é a falsa esperança. 🍃✨”

• “Ou você acaba com as ilusões, ou elas acabam com você. 👏🏼💢”

• “Prometo estar com você, te dando coragem sempre que precisar, mesmo que nada dê certo no final. Fazendo-te ficar melhor quando se sentir sozinho. Contando os meus mais loucos segredos e planos. Até quando o meu coração não mais aguentar, e parar de bater. 💫👊”

• “Se você se apaixonar uma vez, talvez nunca mais se recupere. 💫👊”

• “Não fuja de quem você é. 🍃✨”

• “Ninguém pode fugir da sua própria história . 🍃✨”

• “Esse é o problema de se apegar a alguém, quando te deixam, você se sente perdido.🍃✨”

• “Dê valor enquanto você tem. A saudade não trás as coisas de volta. 👏🏼💢”

• “Não sei se a vida é maior do que a morte, mas o amor é maior do que ambas. 💕🍂”

• “A única coisa que você pode controlar são suas escolhas.”

• “Algumas pessoas encontram o amor. Eu tive que colidir com ele. 💕🍂”

• “Azar no jogo, azar no amor e sorte no azar.”

• “Porque em cada pedaço de mim, sempre haverá um pedaço de você. 💕🍂”

• “Às vezes você não precisa nem de palavras pra dizer o que você quer. 🍃✨”

• “Um sorriso pode ter dois significados. Ou ele mostra o quanto você está bem, ou esconde o quanto você está mal. 👏🏼💢”

• “A única forma de chegar ao impossível, é acreditar que é possível. 🍃✨”

• “Para aquilo que mais desejamos, há sempre um preço a ser pago no final.💫👊”

• “Chegar no fundo do poço é bom, porque agora você só pode ir pra cima. 🍃✨”

• “Às vezes a história mais importante é a que estamos fazendo hoje. 👏🏼💢”

• “Aprendi a colocar pontos finais, onde uma vírgula não faz sentido nenhum.”

• “Quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem. 💫👊”

• “Ninguém pode fazê-la se sentir inferior sem o seu consentimento. 🍃✨”

• “Acima de tudo nunca pare de acreditar. 🍃✨”

• “Você é o primeiro homem que amei verdadeiramente. E não importa o que o futuro traga, você sempre será, e sei que minha vida é melhor por causa disso. 💕🍂”

• “Você pode encontrar as coisas que perdeu. Mas nunca as que abandonou. 💫👊”

• “ Eu só preciso de alguém que não desista de mim. 🍃✨”

• “Não quero ser sua escolha, quero ser sua única opção. 💕🍂”

Se pegar/gostar reblog ou dê like, aceito pedidos, obg 🍃✨

Imagine Liam Payne – por Mel

 Parte 1

           O sinal tocou indicando o fim da aula de filosofia, a professora gorducha fechou o livro e saiu da sala com uma expressão de tédio dominando seu rosto, não a julgo já que na segunda-feira todos estão no mesmo animo. Suspirei guardando o caderno e me virei para Ruby que mascava a ponta do lápis enquanto lia algo no livro de biologia:

- Se continuar assim vai acabar usando aparelho nos dentes – resmunguei e ela franziu a testa me olhando – E franzir a testa dá rugas…

- Sempre me esqueço do seu mau-humor de inicio de semana – mostrou língua e largou o lápis na mesa – E ele fica melhor ainda com a aula que temos agora – sorriu sacana e tirou os óculos.

- Droga… Tinha esquecido que temos essa merda de aula de história – praguejei passei as mãos no rosto – Mais dois horários com um professor que me odeia e faz de tudo pra me infernizar.

- Se prepara, por que falaram que hoje ele ta bem irritado, eu recomendo você ficar calada e anotar tudo que conseguir…

- Ótimo! Hoje o dia vai ser pior que o esperado… - olhei para Ruby que franzia a testa novamente – Para com isso! – falei jogando a borracha nela que começou a rir.

           A porta da sala se abriu e a figura masculina e superior passou rápido por nossas mesas, encarei o homem virado de costas pra mim e pude notar os músculos contraídos por baixo da blusa, ele separava alguns papeis sobre a mesa e resmungava constantemente.

           Troquei olhares com minha amiga e mordi o lábio quando ele se virou para a sala nos olhando:

- Bom dia – disse por fim e colocou as mãos nos bolsos – Desculpem a falta de educação de entrar sem falar com ninguém, precisava arrumar alguns papeis…

- Tudo bem – alguns alunos responderam.

- Bom, hoje começaremos com América Inglesa e a formação dos Estados Unidos – seus olhos rodaram a sala e caíram em mim, um sorriso sacana brotou em seus lábios – Me diga (S/n), você leu os capítulos que pedi de dever, certo? – eu assenti devagar – Então me fale, quem foi John Locke?

- Er… Sr. Payne, John Locke foi um filosofo iluminista, não esta diretamente ligado a America Inglesa… - respondi sem graça.

- Eu não perguntei se ele estava ligado ou não a America inglesa… – parou em frente a minha mesa – Menos um ponto pra senhorita..

- Mas o que? – falei alto e ele arqueou a sobrancelha pra mim – Desculpe…

- É melhor se controlar… Prosseguindo…

           Olhei para Ruby meio assustada e suspirei baixo controlando a vontade de gritar e chorar de raiva, olhei para o resto da turma que me encarava e cochichava, encolhi o corpo e comecei a anotar as coisas que o Sr. Payne falava. A aula passou arrastando, meu caderno estava entupido de matéria e minha mão estava ficando fraca de tanto anotar, até que enfim larguei o lápis em cima da mesa desistindo, Sr. Payne me olhou intimidador e eu continuei na mesma posição, ele respirou fundo e prosseguiu a matéria, minha amiga me encarou e passou um bilhete discretamente:

“Você ta bem?”

“Estou, tirando o fato de que perdi um ponto atoa e minha mão ta atrofiando de tanto escrever”

“Se quiser te mando a gravação da aula depois”

“Eu iria adorar… Eu odeio esse cara…”

“ Ele sabe e ele também te odeia”

           Dei uma risada fraca com a última frase e embolei o papel levantando o olhar, assustei encontrando meu professor parado com as mãos no bolso:

- Parece que alguém aqui ta trocando bilhetinhos… Fico impressionado que não consiga anotar minha matéria mas trocar bilhetes inúteis durante a aula é super tranquilo… Bom… - ele tomou a bolinha de papel da minha mão – Nos vemos na detenção hoje de tarde Srta. (S/n).

- Mas… Sr. Payne…

- Sem “mas Sr. Payne” – me olhou irritado e foi até sua mesa continuando a matéria.

           O sinal bateu alguns minutos depois anunciando o fim das aulas, todos saíram de sala e eu fiquei sentada encolhida, meu professor passou por mim e eu continuei olhando pra baixo, eu não sairia dali, estava sem dinheiro para almoço e não ia ficar sentindo o delicioso cheiro de salgados na cantina do colégio.

           Ruby havia me mandando a gravação da aula e com muito custo consegui terminar de anotar tudo,  empurrei um pouco a mesa e abracei meus joelhos olhando em volta, parecia que o tempo esfriava cada vez mais e eu já não conseguia mais me esquentar com a blusa de frio, a janela da sala era pesada demais pra que eu fechasse sozinha. Minha barriga roncava e o relógio já marava 13:30, a detenção começaria em meia hora e eu teria que aguentar uma hora e meia com aquele maldito professor.

           Ouvi alguns passos no corredor e em seguida Liam entrou na sala com sua pasta pendurada de lado no corpo, ele me encarou confuso e foi até sua mesa, suspirei e continuei na mesma posição, ele se sentou na mesa no meio da sala e começou a arrumar suas coisas na mesma, ele tirou uma maçã e deixou no canto da mesma, minha barriga roncou alto e ele me encarou, senti as bochechas queimando e me arrumei encarando meu caderno na mesa:

- Tem 40 minutos que bateu o sinal – ele me encarou  - Não deveria estar com fome…

- Não estou com fome – respirei fundo olhando pra baixo e ele levantou indo até minha mesa e agachando na frente da mesma.

- Sua barriga não concorda com você… Por que não foi comer? – perguntou e eu continuei sem olhar para ele – Olha, eu não mordo, temos nossas diferenças mas eu quero saber o motivo de não ter ido nem na cantina…

- Estou sem dinheiro, não trouxe dinheiro para almoço, até por que era pra eu estar em casa almoçando, mas tudo bem, eu sobrevivo até 15:30 – olhei em seu rosto e tinha algo diferente ali.

- Não pense que meu objetivo era te deixar com fome.

- Tudo bem… - apoiei a cabeça nos joelhos e desviei o olhar novamente escutando meu professor suspirar.

- Eu trouxe duas, pode ficar com uma… - colocou a maçã em cima da minha mesa e se levantou.

- Er… Obrigada – peguei a maçã e o olhei.

           Os últimos 20 minutos antes do inicio oficial da detenção passaram rápido, quando o sinal bateu o Sr. Payne foi até a porta e a fechou, ligou o computador da sala e colocou um filme sobre a formação dos Estados Unidos, se sentou no fundo da sala e eu continuei em meu lugar. O filme era simplesmente incrível, prendeu minha atenção e eu até me esqueci de onde estava, eu podia rever aquilo milhares de vezes que ainda acharia extraordinário. Quando o mesmo acabou meu professor levantou me olhando e desligou o computador, puxou uma cadeira para perto de mim e me olhou:

- O que achou?

- Nossa… Que filme maravilhoso – disse impressionada.

- Bom… Com esse filme você recupera o ponto que te foi tirado hoje – respondeu baixo – Posso ver que recuperou a matéria de hoje – encarou meu caderno.

- Ruby me mandou…

- Bom, agora temos que conversar, você sabe que tive motivo pra te colocar na detenção hoje certo?

- Sinceramente Sr. Payne, não teve motivo nenhum, e tirou ponto atoa também…

- Então o fato de você não não ter respondido minha pergunta e o fato de que estava trocando bilhetinhos não influenciam em nada? – se levou e foi até a mesa.

- Você cobra de mim anotação o tempo inteiro e acha ruim se eu paro, me dá advertência caso pegue o celular pra gravar a aula e se o resto da sala faz o mesmo você nem sequer fala nada, acha mesmo que eles escutam assim que saem do colégio? Eles escutam no último dia antes de entregar, e é impressionante como eles conseguem todos os pontos fazendo isso e eu não…

- Olha como me responde… - me encarou.

- Fodas como eu te respondo! Você faz de tudo pra transformar minha vida em um inferno, me deixa em cima da média mesmo que eu mereça claramente mais, implica comigo e eu nem sei por que…

- Então você me odeia por isso? – perguntou se aproximando com as mãos nos bolsos.

- Isso! Exatamente por isso! Só porque não fico pagando pau pra você que quer dizer que mereço me ferrar toda etapa! Você me humilha na frente dos meus colegas, me coloca em detenção, me critica e me trata como um rato! Eu to cansada de você! – falei rápido e respirei ofegante ao acabar.

- Acabou?

- Acabei…

- A detenção acabou, já pode ir…

- Obrigada – respondi seca e peguei minhas coisas saindo rápido daquela sala.

Continua…

tataanjos34  asked:

Oiin linda, amo o seu Tumblr, você por acaso tem filmes pra mim sugerir ? ❤🌸🌈

O Quarto de Jack 

A lista de Schindler (É um filme maravilhoso pra quem gosta de história, ps: é sobre nazismo)

A menina que roubava livros

Amizade colorida

Filhos da Esperança

Pecados Íntimos

Um Sonho de Liberdade

Doce vingança (É quase de terror, muito bom recomendo demais)

A Teoria de Tudo

O Menino do Pijama Listrado

O lado bom da vida

Intocáveis 

As Vantagens de Ser Invisível

Sociedade dos Poetas Mortos

O preço do amanhã (Esse filme passa uma mensagem tão verdadeira e chocante se vc prestar atenção nele, é muuuuito bom. PS: TEM O TIMBERLAKE, QUE HOMEM)

Cidades de papel

(Esses são uns dos melhores na minha humilde opinião espero que assista ao menos um, espero que goste hahaha <3)

‘E’ e ‘se’ são palavras que, por si, não apresentam nenhuma ameaça. Mas, se colocadas juntas, lado a lado, elas têm o poder de nos assombrar a vida toda. E se… E se… E se…
—  Cartas para Julieta.