ficou uma bosta d:

já é tarde da noite e tá um calor desgraçado aqui dentro. não sei se é isso ou se é minha cabeça a mil por hora que não me deixa pegar no sono direito. eu abri a janela que fica bem em cima da minha cama e comecei a olhar as estrelas bem lá em cima, longe pra caramba. dizem que quando olhamos para elas, estamos olhando para o passado. isso me assusta. o passado assusta, na verdade. junto com aquelas luzes que viajaram milhares de anos luz até a minha pupila, veio uma enxurrada de lembranças ruins sobre o passado. sobre as coisas que não deram certo. sobre as coisas que eu me dediquei tanto, pessoas que eu amei e desfizeram do meu sentimento. talvez o passado seja o bloqueio da felicidade. a gente se desgasta tanto que fica praticamente inevitável apostar no futuro. e nessa brincadeira, uma lágrima escapa e puxa outra e outra e outra. até que não exista mais nada dentro de nós. se eu pudesse, nesse instante eu sumiria. 

Pelo amor de Deus… Eles tem tequila liberada e eu aqui, sendo castigado pelos médicos e impedido de beber. É tortura. - Nash resmungou ao ver a bandeija com tequila passar por perto de seus olhos e desviou o olhar, salivando por uma. - Vamos fazer assim, você pega duas e toma uma por mim e em troca eu te faço companhia, justo?

                                     _________ @celinewayne

Deambular pela escola fora de horas tinha se tornado um hábito para Declan desde o primeiro dia que sua cabeça pousara na sua almofada de seu dormitório em Arcadia. Um reflexo natural para com todas as noites que a insónia tomava conta de sua mente. Já se tinha tornado uma velha amiga sua, sabendo que não iria adiantar de nada se ficasse encarando o teto de seu quarto. Quanto mais energia gastasse, mais rápido ficaria exausto o suficiente para, pelo menos, dormir umas horas, até seu despertador tocar ou até os pesadelos habituais decidissem assombrar um sono que deveria ser tranquilo.

Seu destino atual era o ginásio, com suas katanas firmemente seguras em suas costas. Não tendo o mesmo talento para as manusear que o seu pai, sendo bem mais adepto do uso de armas de fogo, fazia questão de perder suas horas livres treinando, sempre tentando melhorar sua técnica. Percorria os corredores em silêncio, não querendo perturbar ninguém ou ser perturbado, no caso. No entanto, quando já estava quase chegando no seu destino, se distraiu com o som de que parecia alguém chorando. Parou na frente da porta da qual provia o som, encontrando-a entreaberta, apenas o suficiente para que ele conseguisse olhar lá para dentro. Se surpreendeu ao ver Celine. Pouco conhecia da garota a não ser que era irmã de Audrey e que elas não eram exatamente as maiores fãs uma da outra. Pensou em simplesmente continuar com seu caminho, mas definitivamente não conseguiria dormir o resto da noite se não confirmasse se ela estava bem. Entrou devagar, não a querendo assustar, caminhando na direção dela. ❝ — Eu diria que é um prazer te encontrar nessas horas da noite, mas considerando que você está chorando, esse encontro é bem menos agradável. — ❞ Riu, suavemente, parando na frente da garota. ❝ — Você está bem?

               Orgulho. Essa era uma palavra que poderia descrever o francês. Ele, porém, não se recordava com quem havia aprendido a ser tão orgulhoso. Talvez com sua avó, Cécile. Ela era uma das pessoas mais orgulhosas que o francês tinha conhecido e quem sabe a convivência entre eles o tenha influenciado a ser tão orgulhoso dessa forma. Foi por puro orgulho que Oliver havia se negado a se desculpar com Sofia por não ter ido a visitar no hospital quando ela ficou hospitalizada. Seus ciúmes o tinha impedido de ir até o local e depois, seu orgulho o tinha impedido de procura-la quando voltaram a Avalon. Já fazia algumas semanas que eles não se falavam, não trocavam mensagens ou qualquer interação. Ele a via pelos corredores, pátios e outras locações da escola, sempre acompanhada de seus novos e queridos amigos. Notava como ela sorria e não parecia sequer se importar se tinha ou não ficado sem falar com ele durante todo aquele tempo. Sabia que o orgulho não o deixaria procura-la, não depois de notar que ela não parecia sentir sua falta e assim deixou que o tempo se encarregasse.

            O caso do suicídio dos gêmeos ainda era um dos assuntos mais comentados da escola e ainda o irritava. Oliver então partiu para algo que o distraísse e deixasse de lado os pensamentos raivosos que sentia cada vez que ouvia uma palavra de pesar com respeito aos gêmeos. Estava construindo uma nova maquete de Avalon, já havia terminado toda a estrutura e faltava os acabamentos finais, a pintura das paredes de isopor, o tom de verde para a grama. Porém, ele não tinha qualquer talento para isto, era bom em montar, não em decorar. Ainda assim, sem Sofia para ajuda-lo ele precisou rumar em direção a sala de artes em busca de tintas e pinceis, tentaria afinal. Ao entrar no local não foi surpresa encontrar a mexicana ali. Pensou em dar meia volta e sumir, mas respirou fundo e se encaminhou até o armário onde se mantinham tudo o que precisava. ❛Não se incomode, já estou de saída.❜

Keep reading

Vou ter dar carinho, mesmo que você diga que não precisa
Vou te amar até nas horas mais incertas
Vou te estender a mão mesmo que não mereça
Tudo isso para que não me esqueça.
Na madrugada te ligar somente para dizer que a saudade está me matando
E que só quero te ver
Em meus braços… te amando
Aquelas noites mal dormidas, o seu nome era o motivo
A vontade era de apenas ter você aqui comigo.

goldxlioness  asked:

“I think I love you.” (aquele flashback bem fuffly -q)

Os olhos do francês estavam voltados para a tela a sua frente, afinal, Marie o tinha convencido a ver o filme iraniano que havia ganhado o Oscar daquele ano. Era tedioso, enfadonho e dava sono, mas o francês se mantinha acordado apenas para satisfazer a namorada. Um de seus braços envolvia o ombro da loira, que recostava a cabeça em seu ombro, enquanto o francês massageava lentamente cabelos da mesma. Estava tão distraído com as cenas que se passavam na tela que sequer notou que Marie já não prestava atenção no filme, mas virou-se para encontrar os olhos da namorada fixos em si, assim que ouviu as palavras ditas por ela. A surpresa se transformou em um sorriso sutil e apaixonado, enquanto depositava um singelo beijo na testa da princesa. ❛Je t'aime, ma belle❜.

Meu coração é um filho da puta, mesmo. Eu sempre me senti atraído por essas pessoas que são românticas, carinhosas e melosas na medida certa. Eu sempre vivo rodeado de pessoas de todos os tipos, todos os tipos mesmo pessoas com seus diferentes ideais, pessoas singelas, educadas (…) e logo por quem meu coração bate acelerado? Nenhuma dessas, ele inventa de se apaixonar por aquela pessoa que só falta ter um letreiro na testa: “Eu vou fazer você sofrer pelo sentimento que tem por mim!”. Ah, coração parece até que você gosta de ficar sofrendo por aí, eu poderia ter milhares de preocupações na minha cabeça que fizessem pelo te apagar um pouco da minha mente ou simplesmente as conversas que tentamos evitar poderia fazer você se afastar de mim, mas é como se você pudesse saber todos os meus pensamentos de longe e com apenas um sorriso que muitas vezes é/foi irônico faz com que toda aquela armadura, todo aquele obstáculo que eu tento criar sob você se desmorone. Isso é realmente louco, é como se você pudesse me anestesiar, como se você fosse uma droga, até meu estresse que muitas vezes tem ido embora, volta e eu não dou a mínima atenção a ele, eu sempre fico em desvantagem com você, meu foco e minha atenção sempre ficam voltados à você. Sou daqueles que fazem vários e vários planos. Não só fiz planos de ter aquela pessoa na qual a sua beleza física me chamasse atenção, é claro, sempre fiz planos de ter aquela pessoa na qual me pudesse fazer-me sorrir, que pudesse me fazer bem no qual a sua maior beleza viesse de dentro. Beleza muitas vezes é fundamental sim e mente quem diz que não mas, a beleza que é mais fundamental é aquela que se trata do que existe por dentro de cada pessoa. Aí vêm você com as suas atitudes hipócrita, com o seu jeito todo bagunçado me deixando todo errado por dentro e por mais que eu tente eu não conseguia mentir para mim mesmo o que sento. Você é dessas pessoas que nem “obrigado” não pede, nem se quer deseja um simples “bom dia”, “boa tarde”, enfim. E o que ferra com tudo é que você não tá nem aí, passa nem me dá bola e finge que eu nem existo. Mas é assim mesmo, espero que isso seja apenas uma fase ruim ou apenas um obstáculo que a vida me propunha, quem sabe você um dia me perca de vez e tente voltar atrás, mas talvez quando você perceber talvez seja tarde demais.
—  Anderson S, — visivel.
Se esquecer fosse tão fácil quanto amar, haveriam menos corações infelizes. O problema é que não é simples pra gente aceitar que acabou, que chegou ao fim, não é tão fácil dizer ao coração pra simplesmente não amar. Se desacostumar, e aceitar que oque antes era presença, agora é ausência, oque antes era amor, agora é só dor. E não ver mais a pessoa constantemente, nem esperar uma ligação ou uma mensagem, um “bom dia amor ” ou um “dorme bem, eu te amo”.
O espaço que a pessoa ocupava fica vazio, um vazio que sufoca, machuca, dói. A pessoa parte da sua vida e parte seu coração. Amores deveriam durar para sempre. Mesmo que você recomece, siga sua vida, e namore outra pessoa, aquele amor nunca será esquecido, pela mente talvez seja, mas pelo coração jamais. Um pedacinho de amor, sempre ficará lá no fundo do coração, porque nunca, jamais, em hipótese alguma você poderá esquecer o que o coração insiste em lembrar
—  Michele V.

Por quanto tempo vai durar essa espera? Vem logo meu amor,matar essa minha vontade de você. Vontade dos teus beijos e abraços,do teu carinho,desse teu sorriso,da tua voz,das bobagens que você fala,de te ter por perto. Ah como eu venho sonhando em te ter,poder te sentir… Pegar no teu cabelo,mesmo você não gostando,te morder,te xingar,te bater,te chamar de meu. Vem acabar com essa minha carência. Se eu prometer te dar amor,muito amor, promete que cuida de mim? Quero ligações de madrugada,demonstrações de carinho,ter a certeza de que sou importante pra você. Quero tuas mãos entre as minhas,teu corpo colado no meu,sussuros ao pé do ouvido e beijos intermináveis. Quero acordar e ver que me mandou sms. Saber que quando eu estiver triste,você vai estar do meu lado. Eu não me importo se existirem brigas,desde que elas terminem com um beijo. Não me importo com o seu ciúmes exagerado,aliás,vamos combinar que você fica muito fofo com ciúmes. Eu prometo te fazer sentir amado e nunca te dar motivos para duvidar disso. Vou deixar meu orgulho de lado por você quantas vezes forem preciso. Vou aguentar suas chatisses e quando estiver nervoso e descontar sua raiva em mim,vou entender. Não vou deixar esse amor morrer,pois apesar das brigas eu sei que nos faz bem. Então trate te vir logo,me fazer feliz.  - su-cessivamente

Cardiff Bay – Morning.

Após os eventos da noite anterior onde uma seleção fora anunciada e em seguida uma festa foi dada em comemoração a tal fato, o francês resolveu ficar pelo menos mais um dia na capital galesa antes de seguir para Paris, para então retornar a Avalon. O destino escolhido para seu passei matinal foi Cardiff Bay, pois para um amante de arquitetura o local era um deleite aos olhos. A velha baia que anteriormente abrigava industrias, foi totalmente reformada, passando então a abrigar os mais diferentes tipos de comércios, indo de restaurantes a hotéis, dentre outras coisas. Portanto, não era por acaso que o francês tinha escolhido a localidade para seu pequeno passeio. Seus olhos iam e vinham analisando as construções, questionando os habitantes mais antigos do local e por fim, descansando seus pés em um dos inúmeros cafés, enquanto a água dos lagos que formavam a baia batia lentamente no cais.

Um minuto de silêncio e descanso era tudo o que o príncipe francês desejava, ainda que estivesse sentado em uma das mesas externas no café e o vento frio açoitasse seu rosto, o rapaz sentia-se em paz naqueles ínfimos momentos até ser interrompido. Há alguns metros da mesa de Oliver, uma criança o encarava fixamente. Não a ele especialmente, mas a Bridget, seu daemon. O francês abriu um pequeno sorriso para o jovenzinho e continuou a tomar seu café, porém, a insistência da criança incomodou a ave que reclamou na mente de Oliver. Este revirou os olhos e levantou-se, aproximando-se da garota e se ajoelhando defronte a ele. ❛Olá, está perdido?❜  Bridget que tinha ficado na mesa ralhou com a frase em sua mente talvez ele não tenha idade para lhe compreender.❜ Oliver não desistiu e revirou os olhos novamente para a ave que piou descontente. ❛Você gostou dela, não é? Quer chegar mais perto?❜ Perguntou enquanto estendi a mão para o menino, esperando que ele viesse para junto de si até a mesa. A criança está perdida, deveria procurar ajuda.❜O francês sabia disso, não precisava que a coruja lhe alertasse, mas seu receio era que ela se afastasse mais e então encontrasse pessoas não dispostas a ajudar.

Keep reading

Você ai, eu aqui. E assim a gente segue. Você ainda lembra de mim? Acho que sim. Você ainda lembra das promessas? Espero que sim. Realmente não vamos cumprir nada, tenho convicção disso. Mas te levo comigo por onde eu for, dentro do meu coração. Sobre a vida ser injusta: eu concordo, e muito devo dizer. Por que amar alguém de tão longe com tantas pessoas por perto? Por que? Por que logo você? Por que o fim? Só peço que nunca se esqueça de mim, de nós. Então é isso? Acabou? The end. Fechem as cortinas. Não quero o fim, não quero me despedir, não quero te arrancar do meu coração, seu lugar é aqui dentro. Prometo te aceitar desse jeito, aceito seus lados bons e os lados ruins também, amor é isso. Te aceito calado, falante, romântico, safado. Eu te aceito de qualquer jeito. Te ter de qualquer jeito é melhor do que não te ter, entende? Então vai, finge que nada aconteceu, a briga já passou, finge que não tem distância. Somos só nós meu amor. Diga que vai voltar. Diga que sim. Nós podemos enfrentar tudo isso, eu sei, você sabe. Nós sabemos. Isso não precisa ser o fim. Tem medo de largar tudo? Eu largo tudo por você, eu mudo de cidade, abandono meus amigos, construo uma nova vida, desde que você segure a minha mão e diga que não é o fim. Eu te amo, me ame também. Esquece o preconceito, deixe as barreiras de lado. Seremos só nós, eu e você contra o mundo. Só me ame. Só diga que sim. Isso, tudo isso, nada disso pode chegar ao fim.
—  Tacle
Sabe como é se sentir esquecido? Última escolha? Então, eu me sinto assim. É como se todos tivessem me esquecido, como se ninguém me visse ali, é como se eu fosse invisível. E sabe o que é engraçado? Eu não sou. Eu estou aqui, ali, lá. Carne e osso. Eu estou presente, mas sem ser notado. Isso me deixa ainda mais triste. Triste por saber que as pessoas esquecem de você quando conhecem alguém melhor. E é assim que eu me sinto, como se fosse aquele brinquedo esquecido de baixo da cama.
—  João Américo.

Ei garota, cuida dele direitinho por favor. Ele é a melhor parte de mim, e independente de com quem ele esteja, sempre vai ser. Não faça o que eu fiz. Não o faça chorar, isso não por favor. Olha, deixa eu te dizer uma coisa. Ele é meio complicado de lidar, talvez você já tenha percebido isso. Mas é o jeito dele, o aceite assim, não faça como eu fiz. Não seja estúpida. Ele é muito ciumento sabia? É, muito mesmo. Daqueles que fecha a cara e tudo mais. Ele não vai gostar dos seus amigos, de nenhum deles, principalmente daqueles que te chamam de minha linda, meu amor e coisas do tipo, isso pra ele é uma ofensa. Ele não vai gostar se você sair sozinha, não mesmo. Então não faça isso, por favor, senão ele vai ficar chateado. E tudo isso não é falta de confiança, é apenas medo de perder você, a coisa mais preciosa que ele tem. Ele não vai precisar de mais nada, nem ninguém além de você. Você será a melhor amiga dele, então fique do lado dele, aconteça o que acontecer. Outra coisa, ele é muito preguiçoso, é e isso me irritava um pouco, então olha, puxe a orelha dele ok? Eu vou confiar em você pra continuar o meu serviço. Ligue cedo pra ele, pra verificar se ele foi trabalhar na hora certa. Ligue de noite pra saber se ele já foi dormir, e se não foi ainda, diga pra que ele vá, senão ele vai perder a hora pra trabalhar no dia seguinte. Ele não gosta de festas cheias de gente, prefere sair sozinho com você, talvez com uns dois, três amigos, mas nada mais que isso. Ele não gosta de dormir o tempo todo te abraçando,ele também gosta de ser abraçado. Então revese durante a noite ta? Ele também prefere você ao natural. Nada de muita maquiagem, pranchinha no cabelo, ele não gosta dessas coisas. Ele gosta de vestidos, eu não tinha esse costume de usar, nunca gostei muito, e ele compreendia isso, mas se você gosta de usar, abuse dos vestidos, ele adora. Ele é muito guloso, é muito mesmo, então briga com ele, não deixa ele comer mais que o normal, tira esse mal costume dele. Ele é cheio de manias, cheio de defeitos, mas ainda assim ele era perfeito pra mim, e com certeza será pra você. Ele é o mais bonito de todos, então diga isso pra ele, essas coisas deixam ele feliz. Diga que não pode viver sem ele, e que ele é perfeito. Ele vai dizer que não é,mas ficará feliz em saber que você o acha perfeito. Ele não é muito de falar quando esta com raiva, ele fecha a cara e fica na dele, então se ele ficar quieto, não te olhar nos olhos, te beijar na testa ao invés de dar um selinho, alguma coisa esta acontecendo. Aos sábados e domingos ele adora acordar tarde, mas faça diferente de mim, não durma até tarde, acorde ele cedo, ele não vai se importar, chame ele pra caminhar com você na beira da praia, pra ir passear em algum lugar diferente, faça coisas novas com ele, aproveite cada segundo ao lado dele, construa uma história, viva os melhores momentos, faça planos, sonhe, voe alto. Confiar nele também é algo muito importante, confiança é algo muito valioso dentro de uma relação, construa isso com ele. Não tente fazer com que ele mude o jeito dele, isso ele não aceita, mostra que você é capaz de conviver com tudo, que é capaz de aceitá-lo. Se aceitem os dois, mudem o que tiver que mudar, o que puderem. Mas se não puder, se aceitemEle vai te aceitar, se você aceitar ele. Se você chorar, ele vai chorar junto, você será parte dele, e tudo que acontecer com você, acontecerá com ele. Ele não se entrega pelas metades, ele gosta do inteiro, do completo, então ser quiser mesmo ficar com ele, se entregue completamente. Dê o seu coração nas mãos dele, e não precisa ter medo, ele irá cuidar direitinho, eu te prometo. E eu vou estar aqui sempre. Sempre olhando ele, sempre ajudando quando precisar, sempre falando o que você deve fazer, quando surgir alguma dúvida. Eu não fui capaz de cuidar dele direito, falhei em várias dessas coisas que te aconselhei a fazer. Mas o que eu quero e vê-lo feliz, e essa felicidade não esta mais comigo. Esta com você agora, então faça, faça exatamente tudo que eu não fiz, e faça dele o cara mais feliz desse mundo.