fez is me

Meu coração te daria mais uma chance, na verdade por ele perdoaria tudo o que você já fez ou ainda vai fazer. Por ele, você ainda continua sendo o melhor homem que já conheci; continua com o mesmo sorriso que me fez apaixonar e continua com o mesmo amor por você. Mesmo depois de tudo, de todas as mancadas e mentiras suas, meu coração te daria mais uma chance. Mesmo sabendo que seria em vão, só que ele ainda tem esperança que você mude. Se fosse ontem, tenho certeza que deixaria me levar pelo coração, mas hoje não. Hoje eu te falo não! Falo isso com uma dor enorme, mas meu coração não pode se iludir mais. Ele daria uma mais uma chance, mas eu não.
—  Ilusões de Esther.
E eu te olhei tantas vezes implorando. Não morre, por favor, seja ele, seja o homem que perde um segundo de ar quando me vê. Mas você nunca mais me olhou quase chorando, você nunca mais se emocionou, nem a mim. Você nunca mais pegou na minha mão e me fez sentir segura. Nunca mais falou a coisa mais errada do mundo e fez o mundo valer a pena. Eu treinei viver sem você, eu treinei porque você sempre achou um absurdo o tanto que eu precisava de você para estar feliz. De tanto treinar acostumei. E cadê a inspiração? Foi embora junto com a minha pureza, a minha crença, a minha fidelidade
—  Tati Bernardi.
Como de costume cada mês eu te falava algumas coisas de como você trouxe alegria para a minha vida e de como me transmitia essa alegria e paz só de te ter em minha vida, e hoje não seria diferente, mesmo que você não esteja mais aqui. Mais um mês que se passa e a partir desse eu terei que aprender a não escrever alguma lembrança para você. É dolorido, vazio e sufocante. Eu sei que a decisão foi a correta, eu não te fazia bem e na realidade acho que nunca fiz você se sentir realmente bem. Eu fico repassando cada momento dos últimos meses na minha cabeça e sempre me questiono aonde foi que eu me perdi, já que quando me perdi acabei te perdendo também. É como se eu estivesse dentro de um triturador de alimentos ligado no pulsar 24 horas por dia. Eu quero aprender a respirar novamente, caminhar entre meus tropeços sozinha e sorrir mesmo quando por dentro estiver tudo nublado e escuro. Eu queria te agradecer por cada momento por mais pequenininho que foi, você me fez rir como ninguém fez e principalmente quando tinha uma placa de “fechado para sempre” em mim. Eu falei isso várias vezes e repito quantas forem necessárias é você e sempre será. Posso me apaixonar por outro, amar, ter todos aqueles sonhos bobos que eu tive contigo mas ele nunca seria você. Eu penso no futuro e quando ler todas essas coisas que escrevi para você e em como vou me sentir. Todos os dias é mais uma tortura ridícula e eu só queria saber o porque de ser tão doloroso assim, porque eu não fui o suficiente para você. Eu também queria chorar mas não consigo, eu estou vazia, quando você foi embora me levou contigo e eu só queria um pedacinho meu de volta. Eu preciso continuar fingindo que está tudo ótimo como era antes de você.
—  Anna Paula Varella.
Aí eu paro e penso: com você, só com você, eu imaginei tudo assim. Todas essas coisas de romance bonito de filme, casamento, família, viagens, cachorros, canários, papagaios. Por quê? Porque eu te amo. Porque eu te quero. Porque eu nunca senti por ninguém nada perto do que sinto por você. Porque ninguém fez com que eu me sentisse assim, entregue, na corda bamba, com esse gosto de felicidade na boca
—  Clarissa Corrêa.

você me contava das estrelas e das leis que regem o universo e de como viver é algo incrível e bonito
mas meu coração sempre foi cheio de depois
outra hora
outro tempo
amanhã
porque eu tenho medo do hoje
porque eu não sei de nada e o nada me engole.

e por isso eu sumo.

lembra quando assistimos into the wild e você recitou a minha frase favorita?
mas eu não sou forte
eu não me sinto forte
e eu não posso tornar você fraco.

semana passada eu te liguei chorando porque eu não aguentava o tamanho da perda que tava sentindo e você tocou e cantou Dylan e eu acabei adormecendo e quando eu acordei a ligação ainda tava lá
e por um momento eu pensei que talvez eu pudesse dançar sobre o caos do mundo com você
e que tudo podia ser bonito
mas na minha mente é sempre
depois
outra hora
outro tempo
amanhã
e não há nada de bonito nisso.

minha vida é um eterno depois que nunca chega
mas você chegou
por isso eu tô indo embora.

você abraçou meus medos
e a minha paz adormeceu no teu peito
e isso me assusta
porque eu ainda não sou um bom lugar pra você
porque eu ainda não tô pronta
porque talvez eu nunca consiga ficar pronta pra alguém como você
e nem mesmo as tuas mãos tocando minha pele e indo além iriam conseguir me trazer a sensação de estar no tempo certo porque eu não sei de mim.

e eu não posso estragar você
eu não posso te pedir pra lutar quando eu mesmo jogo as munições fora
porque a guerra é em vão e a paz já é você.

porque as ruínas feitas por mim não são bonitas
e você me fez sentir amor
e por isso não quero ser a base do teu desmoronamento
e por isso o fim chega sempre antes do tempo.

E como foi que aconteceu mesmo? Porque se eu me lembro bem, você me chamou pra conversar e me vi com os olhos em você e eu não conseguia fazer outra coisa, foi aí que eu vi esse sorriso tão lindo, mas quem me dera se fosse só isso, porque você era lindo, mas em todos os sentidos. E, da mesma maneira que chegou você já me teve, simples assim. Sem contestações, sem dificuldades e sem barreiras. Você realmente me fez acreditar que eramos só eu e você e que nada iria atrapalhar isso, e sou tão grato por ter você comigo. O mais estranho de tudo isso, foi que eu estava tão cego procurando alguém que me completasse, que do nada, sem pedir e sem esperar, chegou a pessoa certa, eu então senti como se toda aquela espera e aquela dor valesse a pena, depois de ver que ele esta ali, pronto pra ser amado e eu aqui louco pra poder amá-lo. Uma vez eu tinha lido que “você sabe que alguém é certo pra você, quando invés de lágrimas ela te trás sorrisos” e eu queria lhe dizer que desde que eu te conheci eu nunca mais deixei de ser feliz.
—  O Pequeno Bob.
Eu senti sua falta, então procurei um livro pra ler, mas, o nome do personagem era o mesmo que o seu. Então fui procurar algo pra comer, e adivinha? Eu fiz pipoca com leite condensado, e na hora de comer lembrei que você me viciou e eu a joguei fora. Peguei meu celular para escutar música, mas a nossa música tocou e eu desisti. Peguei o material da faculdade e fui estudar, mas, meu pensamento estava em você. Fui dar um passeio para distrair, mas, todo canto que eu olhava me lembrava você, então voltei pra casa, entrei em meu quarto e pensei: não importa o que eu faça ou onde eu esteja, sempre vou lembrar de você, mas eu preciso continuar minha vida, preciso achar um novo rumo das coisas e quem sabe encontrar um novo alguém. Alguém que faça por mim o que você não fez, que me dê o amor que você não deu e queira o meu amor também. E mesmo encontrando esse novo alguém, sei que nunca esquecerei você, mas você não precisa saber disso.
—  Cuidarias and Carentizando