festa toda noite

Hoje me entristeci. Você não está aqui, comigo. Pra me dizer que vai dá certo, que eu sou o melhor, que a faço feliz. Sinto saudade disso tudo. Você longe de mim, como pode? Tem certeza que é o certo? Posso largar essa guerra, e voltar pra casa, voltar pro seu abraço, onde é meu lugar. Nós estamos ganhando território, o inimigo está tremendo. Fazemos festa toda noite que somos vitoriosos. Mas quando olho ao redor e não vejo você, é como se eu voltasse a batalha, ficasse abatido. Mas não vou desistir. Quando essa guerra acabar, só teremos amor e paz, e eu voltarei a estar ao seu lado. Batalharei pelo nosso amor.
—  Cartas à Amanda.