fernandasoares

Sempre existiu essa “coisa” entre nós. Ou, melhor, eu sempre senti essa “coisa” por você. Não sei rotular o que é isso. Paixão, amor, ou só tesão. E tanto faz tanto fez também. Você sempre foi muito indiferente aos meus sentimentos mesmo. E que seja paixão ou tesão, porque se for amor, não sou capaz de admitir a mim mesmo tal fatalidade.
—  Fernanda Soares (prowesses)
Vamos fugir no sábado, casar no domingo e passar o resto da semana tentando fazer nosso primeiro filho. Vamos nos amar no campo, nos aquecer com nossos corpos, uma lareira e duas xícaras de chocolate quente. Vamos deixar o mundo pra ter o nosso mundo. Faça suas malas. Vamos?
—  Não sou mais um Don Juan. (prowesses)
Eu escolhi você. Mentira, eu não escolhi. Isso não é algo que possa escolher. Olhar pra alguém e dizer: “A você será perfeito pra mim, escolho gostar de você!”. Não, isso não existe. Talvez até exista, mas ai não é gostar, é mais interesse ou algo assim. Quando se trata de sentimento é algo involuntário. Não há escolhas. Ou gosta ou não. Não tem, “ah eu só gosto de Fulano quando ele ta sorrindo.”, não. Quando a gente gosta, gostamos até dos benditos defeitos. E eles as vezes até nos fazem apaixonar mais. Idiota, sim, mas é uma das consequências por ter um coração. E o meu é fraco. Por você ele se desmancha inteiro e ainda faz questão de ser piega. E serei sincera, se eu tivesse escolha, eu escolheria você.
—  Fernanda Soares (prowesses)

Mesmo que eu tentasse eu não conseguiria esconder meu amor por você. Ele esta no meu olhar, nas minhas palavras ditas, em cada frase que eu escrevo, ele esta dentro de mim. O que eu sinto por você, é forte, puro, intenso e verdadeiro. As dificuldades sempre surgiram, mais esse amor, me deu forças pra superar tudo isso. E ele que me ajuda a acreditar que é você que vai estar do meu lado pra sempre, independente do tempo que isso demore. Eu Te Amo!

Fernanda Soares