ferfs

3

Eu tenho demorado pra dormir ultimamente. Não por opção, mas sim porque é inevitável. Toda vez que eu deito na cama e olho pro teto, vem milhares de imagens na minha cabeça. O engraçado é que nenhuma dessas imagens existiu. É tudo imaginação. Passo tanto tempo deitada ali, imaginando nós dois, imaginando você ali deitado comigo. Mas eu não posso viver de imaginação e esquecer de viver. Então toda vez que eu acordo, tento não pensar na falta que você me faz. Na dor que eu sinto ao ouvir teu nome. Mas eu sei que um dia tudo isso vai sair da minha imaginação e se tornar real. Eu não esperaria tanto se soubesse que não valheria a pena. Vale a pena. Cada segundo que eu passo pensando em você, vale a pena. É dolorido? É sim, demais. Mas só de ouvir/ler o seu “oi meu amor”, a dor some. E eu sinto que nada disso é em vão. (fer for… preciso mesmo dedicar essa porra?)

Palavras não são o suficiente pra te mostrar o quanto eu te amo. Se você me prometer que jamais vai sair de perto de mim, ou me esquecer, eu não preciso saber de mais nada. Sabe, eu até tento não pensar em você, mas é inevitável. Quando eu vejo, já estou pensando em ti. É bom demais saber que eu te tenho. O jeito que você me faz sorrir é inexplicável. E mesmo que eu queira, jamais vou te esquecer. Eu preciso de você. Hoje, amanhã, sempre. (ifiwas-you)