fav gents

O som do girar da catraca me faz refletir sobre o girar do mundo e não sentir as mudanças - mesmo sentindo que eu mudo constantemente - e mesmo sabendo que o mundo está em constante mudança. E é isto que me aflige, o silêncio, a hipocrisia e com certeza minha própria hipocrisia; é difícil ficar feliz, ao mesmo tempo que é muito fácil ficar chateado e justamente não sei a minha situação emocional. Aflição é o principal presente na minha vida, ao mesmo tempo que algumas coisas me libertam e me faz me sentir improvável, sentir que eu mudo tanto no caráter, como emocionalmente; embora não sinta as mudanças geral. É a maior contradição.

-Luan Patrick.

Eu não sou romântica, não sou miolo mole. Só os burros acham que eu sou inteligente. Eu não sou alguém que todo mundo devia conhecer. Eu sou uma lunática procurando restos, sou como qualquer imbecil fracassado de quem já desviei e fingi que não conhecia. Sou todos eles, todas as coisas feias numa fantasia feita de última hora. Eu não sou diferente, nem um pouco, diferente de nadinha nesse mundo. Eu sou um defeito defeituoso ambulante, uma ruína arruinada, um desastre, um fracasso tão grande que nem vejo mais o que já fui. Eu não sou nada.
—  Por isso a gente acabou.

credits to arslansenkis (tweet) or like *:・゚✧

Fizeram a gente acreditar...

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Flagelos de um poeta

domande che mi affliggono
  • ma dov’è che jax e fedez comprano gli esami all’università? così, per sapere.
  • ma che fine ha fatto nelly furtado?
  • perché non è socialmente accettato andare in giro col pigiama? ho visto gente vestirsi peggio del mio completino rosa confetto con scritto DON’T BE SCARED con tutti cuoricini ovunque
  • ma perché la domenica deve essere così pigra e tutti i miei buoni propositi vanno sempre a farsi friggere?
Acho que tudo mundo, já teve um amor virtual ou ainda tem, a distancia entre a pessoa que a gente ama e tão foda, nossa vontade era de estar do lado dela, cuidando, dando carinhos, beijos, abraços. amar alguém que mora longe as vezes e difícil, porque você tem que ter uma certa confiança na pessoa, também você não sabe se ela ta sendo fiel ou não, você apenas tem que confiar,eu amo alguém que mora longe de mim, não vejo a hora de poder abraçar ela, e dizer olhando nos olhos dela o quanto eu esperei por isso, e que ela me faz a mulher mais feliz do mundo, quero construir uma família do lado dela, pessoas que moram longe, as vezes valem mais a pena do que as que moram perto da gente.
—  Revivenciador.