falsario

Uma noite de frio

Senhor neste momento me coloco em sua presença, meu coração cheio de mágoa pede clemência. Já não suporto mais tanta tristeza, sentimento opaco, fraco, cheio de frieza. Quanto mais falam de união, mais me vejo só. Bem pior é ver ao meu redor as pessoas , alimentando o ódio e maldade o tempo inteiro. Por dinheiro, status, ego, vaidade. Vejo pessoas semeando a rivalidade, relativa é a paz no mundo que vivo. Em um minuto vira tudo sem qualquer motivo. O mal arrasta, fere, causa dor e quem ontem era amigo, hoje já não vê mais valor em lealdade, honestidade, sinceridade, amizade de verdade. Já não se sabe mais quem é quem, decepção com o ser humano é o que mais se tem, você ali achando que a pessoa é sangue do seu sangue, sincera, sem fraqueza e que não mede seu valor pelo que você tem. ;“É nós, tamo junto, não tem pra ninguém”. Conversa vem mas a máscara caiu, falsario, interesseiro, classifica seu perfil hostil. Mil caras, mil bocas, mil modos, mil jeitos, mil maneiras loucas de ser. Lamento ver mas amor próprio não existe. Saber que as pessoas podem ser assim é triste, amargas, rancorosas, fracas mentalmente, sem fé e sem futuro consequentemente. Senhor por favor, abençoe essa gente e ilumine suas vidas espiritualmente.