falando com a lua

youtube

http://www.youtube.com/watch?v=SwG49Zo91K4

ela...

resolvi escrever pra falar sobre ela
e não quero me importar com pontuação, com rima e muito menos com palavras bonitas
ela dá todo encanto que a poesia precisa pra existir.
Ela ama livraria e tem aquele quê de cheirar as páginas dos livros como se cada um tivesse um perfume diferente,
ela gosta de café e passa várias madrugadas escrevendo sobre suas “neuroses e paranóias” como ela diz, mas prefiro dizer que é sobre o quanto ela sente, sobre cada pedacinho da alma dela que ela tenta explicar, e perguntas que ela insiste em teimar que existe alguma resposta (mesmo não existindo).
A cor preferida dela é azul, porque a lembra de coisas infinitas, lembra do próprio infinito, do mar, do céu, ah, o céu, ela pode passar horas olhando e se perdendo naquela imensidão, passa horas falando com a lua, (ela não sabe que eu sei, mas já a vi fazendo isso) olhando o formato das nuvens e procurando constelações que ela mesma nem sabe que existem.
Ela vai pra outra época ouvindo seu jazz e seus rocks antigos, na verdade, ela parece de uma outra época. Ah, ela ama Artick Monkeys e odeia quem fica olhando o celular quando está ao lado dela.
Ela é fascinante, tem umas manias estranhas e sempre se acha a pessoa mais complicada do mundo. Ela diz que é uma bagunça, mas é a bagunça mais perfeita que eu conheço. Ela é extremamente apaixonavel e nunca percebe isso. Ela é engraçada sem querer ser e mesmo a risada dela sendo a mais escandalosa que eu já ouvi, continua sendo linda. Ela não tenta ser quem não é, ela não quer ser igual, ela é diferente sem tentar ser diferente, ela só é ela e isso a torna tão incrível. Ela sempre se interessa por caras babacas, eu acho que ela tem um imã que atraí isso, porque só pode, ela sempre vai atrás de quem nunca tá nem aí pra ela. Como disse, alguns idiotas. Ela tem o sorriso mais lindo do mundo, o sorriso dela realmente acabaria com muitas guerras, aah e ela finge que não, mas adora flores e clichês. Ela não se vê. Ela ama poesia e por isso deveria amar-se. Ela é poesia. Ela é mais que só um rostinho bonito. Ela tem essência. Tem alma, e mesmo dizendo que não, ela tem um coração enorme. Eu tenho um milhão de coisas pra falar sobre ela… Eu falaria sobre ela por dias inteiros e não me cansaria. Ela é a causa das mais diversas sensações que eu sinto e não sei explicar, e eu continuo me perguntando, como ela não percebe que a pessoa mais perfeita do mundo, se encontra dentro dela mesma.

Que tipo de otário não percebe isso e ainda a faz duvidar dela mesma? Caramba, ela devia se enxergar com meus olhos, assim, ela daria mais valor ao seus próprios versos.
Mate

— Hoseok Smut; 1680 palavras 
↳  Wolf!AU

Originally posted by gotjhope

“Não sei, não…” Hoseok suspirou, encarando a lua pela janela e mordendo o lábio inferior.

“Mas Hoseok, você pediu pra ver esse filme e disse que ele era maravilhoso!” Exclamei, ouvindo a respiração do meu líder. Havíamos marcado de assistir a um filme juntos há algum tempo, e só agora tínhamos tempo livre.

Keep reading

À noite, quando as estrelas iluminam o meu quarto, me sento sozinho falando com a lua, tentando chegar até você na esperança de que você esteja do outro lado, falando comigo também.
—  Bruno Mars.
As coisas mudaram muito por aqui desde que você se foi. Até porque você levou quase tudo de mim quando foi embora, então tive que aprender a me organizar e a seguir com os pedaços de mim que ainda continuaram aqui. Eu agora consegui de fato parar de me importar com o futuro, eu aprendi a viver um dia de cada vez sem pressa. Eu joguei aquele sofá fora, ele sempre me trazia muitas lembranças de nós. Demorou mas finalmente eu joguei fora e comprei outro. As fotos que ficavam perto da lareira, queimei todas. Na verdade rasguei e queimei todas as fotos que eu tinha aqui. Eu sei, eram muitas né? Eu amava fotografias. E isso mesmo, você leu certo, eu amava, não amo mais. Na verdade acho que não gosto nem um pouco. Porque eu percebi que quando você olha pra elas, dá vontade de voltar no passado, e o que eu menos quero é ter essa vontade novamente. E também porque aprendi a guardar lembranças de melhores momentos na memória e não em meros pedaços de papel. O meu sabor de sorvete preferido não é mais o mesmo também, e eu aprendi a dançar, acredita? Logo eu que sou toda dura e desengonçada. Outra coisa que faço agora também é desenhar. E não, não estou falando do sol todo torto com olhos e um sorriso, eu aprendi mesmo. Entrei pra um curso de desenho e adivinha? Foi bem mais difícil do que aprender a dançar. Minha cor favorita ainda é azul, o que você já sabe, é por causa do céu. Sim, eu ainda fico olhando o céu a noite e falando com a Lua como se ela fosse minha melhor amiga. Conto as estrelas e faço pedidos à estrelas cadentes. Ainda fico adivinhando o formato das nuvens e aquela música mesmo depois de tanto tempo continua sendo minha preferida. Sabe? Eu ainda guardo aquelas duas cartas que você me deu, não sei porque. Talvez porque por mais que o tempo passe, por mais que quase tudo mude, sempre fica um quase que continua sempre a mesma coisa… infelizmente ou felizmente, isso ainda não sei responder. Mas só estou te escrevendo pra te dizer que eu aprendi muita coisa depois que você se foi e, porque você se foi. Coisas que eu não escrevi e que não teria aprendido se tu não tivesse me deixado sem motivo algum e sem dar nenhuma explicação. Aah mais uma coisinha. Mais uma coisa que eu aprendi e creio que a principal delas é que por mais que você queira muito e faça de tudo pra isso aconteça, algumas coisas nunca mudam. Não importa o tempo que passe nem o que faça, algumas coisas continuam sempre a mesma coisa. Mesmo que você mude tudo de lugar, jogue fora todas as fotos, aprenda várias coisas novas e que substitua outras. Algumas coisas são insubstituíveis, são o que são e nada nem ninguém no mundo pode ou consegue mudar.
—  E aí? Como faço pra te esquecer?, Flávia Oliveira

À noite, quando as estrelas iluminam o meu quarto  me sinto sozinho falando com a lua. Tento chegar até você na esperança de que você esteja no outro lado falando comigo também. Você já me ouviu chamando? Porque toda noite eu estou falando com a lua , ainda tentando chegar até você.