expressar

Texto pra namorada

Nunca pensei que iria amar alguém do modo que te amo ,nunca pensei que iria conhecer uma garota tão meiga t ão gentil, tão simples, e tão fofa, eu me sinto completo ao seu lado, eu me sinto feliz quando estou contigo, você é como um raio de sol na minha escuridão, você me ensinou a gostar como eu nunca tinha gostado de ninguém antes, poderia falar varias coisas aqui para tentar expressar oque eu sinto ,mas é difícil te dizer porque o amor não tem cor, não tem cheiro, muito menos é visível, eu sei que apenas sinto, eu sei que apenas meu coração bate quando você aparece, eu sei que fico bobo quando vejo seu olhar meigo, eu sei que fico bobo apenas com seu sorriso , aquele sorriso fofo e único, nunca expressei meus sentimentos assim como eu to expressando ah você, sei que não sou muito bom em fazer textos ou em falar que te amo, mas apenas quero que você saiba de uma coisa, você foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida.Te Amo Minha Princesa❤

anonymous asked:

Eu planejei uma história e até comecei a escrevê-la, mas então eu me dei conta de que a história não estava expressando nada. Um dos meus objetivos como escritora é expressar as mágoas que eu sinto e aliviá-las, e se eu não o fizer eu acho que a história fica muito vazia e sem emoção. Eu sei que no clímax da minha história vai ter acontecimentos em que poderei ser poética.Você acha que eu deveria continuar escrevendo até o clímax ou reescrever o que já tenho agora de maneira mais sentimental?

Continue a nadar… continue a nadar… continue a nadar SEMPRE! Sabe por quê? Você vai voltar, reescrever do jeito que quer, e quando menos esperar vai aparecer outra coisa para te incomodar. Daí você vai querer começar de novo, e de novo e mais uma vez. Resultado disso: você nunca terminará o dito cujo. Reescrita é uma coisa que deve ser feita no final da obra, não no seu processo de criação. No máximo, anote em um caderninho as coisas que têm te incomodado no momento só para não esquecer, ou como um desabafo mesmo, e siga em frente sem olhar para trás.

Não é porque deixei de me expressar, que parei de sentir. Às vezes, apenas nos cansamos de saltar os degraus da escada e torcer os pés, sabendo que não iremos chegar a lugar nenhum. Em vez disso, optamos descer um por um, deixando de lado a pressa e o medo de se perder, aprendendo que nem tudo na vida vale a pena ser conquistado. É uma pena, pois muita coisa não volta e a vontade imensa de ser e estar com alguém também se vai. Mas é assim… neste mundo, os sonhos e as ambições costumam desaparecer antes da morte.
—  Emerson Mollin
É difícil tentar pôr palavras para fora de si quando nem você mesmo sabe o que dizer, expressar ou falar. Tem dias que não sabemos o que sentimos. É simplesmente uma mistura de coisas, memórias, fatos e acontecimentos. As vezes a única coisa que queremos é não sentir. Muitas vezes, essa é a melhor saída. Os pensamentos nos deixam loucos.
—  Coração de tinta.

Frequentemente, tenho a sensação de que a vida das outras pessoas é tão simples e que só a minha que é complicada. Tenho andado meio infeliz ultimamente. Sei que até parece pecado dizer isso perto de tanta gente quase morrendo e passando necessidade. Sei que tem muita gente que não tem onde morar, o que comer, o que vestir. Sei que muitos não têm emprego, família, amor. Sei que muita gente tem doença terminal ou algum transtorno grave. Sei de tudo isso, mas desculpa, preciso falar a verdade: ando meio infeliz. Às vezes tenho a impressão de que sempre tenho que estar bem disposto, ser legal, amigo, gente boa. Não tenho o direito de ter problemas, estar de cabeça quente ou simplesmente de estar assim, meio infeliz da vida. Com licença, estou infeliz. Estou mesmo. Não sei dizer o motivo, são algumas frustrações, algumas coisas muito minhas, algumas mágoas que não consigo colocar para fora, porque eu sou assim, escrevo, escrevo e escrevo, mas na hora de abrir a boca pra falar nem sempre sai. Tem coisa que guardo, tranco lá dentro e jogo a chave fora. Preciso me sacudir e fazer a coisa toda sair, mas nem sempre dá, então fico nessa vibe meio infeliz de tudo, infeliz com tudo, infeliz pra sempre. Até o dia que deixar de ser. Até o dia que conseguir falar, me expressar, fazer sair. Preciso de um laxante para as emoções.

É difícil tentar pôr palavras para fora de si quando nem você mesmo sabe o que dizer, expressar ou falar. Tem dias que não sabemos o que sentimos. É simplesmente uma mistura de coisas, memórias, fatos e acontecimentos. As vezes a única coisa que queremos é não sentir. Muitas vezes, essa é a melhor saída. Os pensamentos nos deixam loucos.
—  Coração de Tinta