existiram

Uma hora, a gente cansa. Cansa desse vazio, desse estado de não ter nada, desse silêncio que já não traz paz, das pessoas que não nos ligam, não nos procuram, dos amores que nunca existiram. A gente cansa das músicas, das memórias e até mesmo dos pensamentos; cansa de dormir, de não aguentar ficar acordado, de ter que aguentar mais um dia. A gente cansa dos amigos de mentira, cansa do celular que nunca toca, e do vazio que grita. A gente cansa.
—  Pedro Carlos.

O seu sorriso, de tão bonito
Deveria ser uma das maravilhas do mundo
Ou o motivo dos versos mais singelos
Que já existiram
Quem sabe, também
Poderia ser a razão das melodias mais poéticas
Das culturas mais fantásticas
Talvez o seu sorriso, de tão encantador
Poderia ser a inspiração das obras de arte mais marcantes
Seu sorriso, de tão largo
Deveria ser estampado por aí
Como slogan de vitrines
Como grafites nas paredes da cidade
Como trailer de cinema
Para todos terem o privilégio de apreciar
Ao menos uma vez
Algo tão belo, como é
O seu sorriso.

Nathalia Velozo
Eu entendo o quão avassalador a distância é mas também o quão reconfortante ela pode ser se você souber olhá-la com olhos de quem tem esperança. Sentir-se esperançoso não é algo ruim ou infantil mas sim, algo que faz você levantar da cama todos os dias, pois “é só mais um dia a menos”. E interiormente você sabe que, existiram mais dias como este até que de fato vocês estejam juntos e compartilhando uma vida diariamente. Olha nos dois, acho que nossa teimosia é a prova de que não existem barreiras para amar e apreciar um ao outro. A distância é o abraço que toca o coração, e você como nenhum outro homem tocou o meu. E não é apenas sua beleza e todos os atributos que fazem você ser o cara ideal mas sim, teu sorriso, teu jeito de menino que pode se transformar em um homem maduro quando se sente ameaçado, teu corpo que mesmo nunca tenha sido encostado no meu encaixa-se perfeitamente junto dele, tua alma que é tão linda, maravilhosa, delicada e perfeita que é única e somente tua e eu quero que toque a minha profundamente a cada dia, e como tudo ganhou forma, cor e toque com a sua chegada e como você transformou meu desespero em amor e como me ajudou a confortar meu coração e me conectar espiritualmente com as coisas maravilhosas que a vida pode nos proporcionar. Sim, eu sou amarga sem você ao meu lado e continuarei sendo até que as barreiras sejam quebradas e que sejam suas mãos junto as minhas me confortando e amando. A distância é sufocante, é a falta de um membro todos os dias. É como ter meu coração fazendo conexão onde quer que você esteja e preocupando-se se você está bem e também se pensa em mim quando olha as luzes da sala de aula sentindo minha falta, pois eu olho todos os dias para o teto morrendo de tédio e esperança, é um dia a menos mas que você não estará em casa me esperando quando eu chegar, você não estará fisicamente mas sei que mesmo com a vida ocupada seu coração está ligado ao meu, assim como o meu ao teu. É aquele vazio até que você chegue e meu bem, eu almejo desesperadamente a sua chegada. Cada sintoma, até mesmo quando estou extremamente irritada e você fala “vai passar, estou aqui com você”, é a prova de que amar é complicado mas amar você mesmo sendo essa montanha-russa, é a melhor de todas em que estive na minha vida.
—  Nem a distância vai nos separar.
A carência cega as pessoas. A carência te faz construir castelos de areia que nunca existiram (a não ser nos teus sonhos). A carência faz a gente não se reconhecer. Minha amiga, ainda dá tempo. Te olha no espelho e aprende: quem gosta de você te trata bem. Mas pra isso, aceita, a gente tem que se gostar. E muito.
—  Clarissa Corrêa.
Saudade

As vezes sinto falta de coisas que nunca existiram,

Sinto falta de quem eu poderia ser, e não fui.

Falta dos sentimentos que criei em minha mente.

Os abraços apertados que não dei a quem eu realmente queria,

As palavras que não disse no momento em que tive oportunidade.

Momentos que sonhei viver, mas ficaram presos por lá.

O silencio que eu deixei falar mais alto, ao em vez de ter gritado.

O beijo que eu queria ter dado, mas não dei.

O aperto de mão que poderia ser mais firme e não foi.

Todas as vezes em que eu poderia ter sido mais intensa e não fui.

Simplesmente por medo.

Tudo isso parece ser um pouco confuso eu sei…

Mas há coisas que não fazem sentindo,

Nós apenas vivemos, e tentamos entender, ou resolver.

Eu acho que de alguma forma isso vai me ajudar a ser melhor.

Uma pessoa mais corajosa,

Que dará mais importância para as oportunidades que a vida dá.

Mas sei que tudo isso, é resultado de quem eu sou.

Esse desejo de transbordar, de sonhar.

São coisas que vem do meu interior,

Que querem escoar e desabrochar.

Obs: Talvez seja a melhor parte de mim.

- Benevolência

existe em mim um outro eu depois de todos vocês. um eu
inseguro
aflito
receoso
com inúmeras colisões
eu juro pra cada um de vocês que passei diversas noites me perguntando aonde é que eu havia errado. onde é que eu havia doado de menos pra que vocês me retribuíssem dessa maneira.
eu fui insuficiente pra vocês?
o universo em mim merecia muito mais que isso, vocês não acham?

eu me sinto incapaz depois de vocês.

existiram outras pessoas depois de vocês. pessoas incríveis, sério, por um segundo elas me fizeram ter outra visão sobre essa coisa toda de se-envolver-com-um-outro-alguém.
eu
travei
eu não pude dar a nenhuma dessas outras pessoas um pedaço das minhas constelações porque eu senti medo delas serem quebradas de novo. eu tive medo de sentir dor outra vez.
foram noites
dias
semana
meses
em agonia tentando superar a vinda de vocês em minha vida. mas ainda é um tormento.
o medo permaneceu pra me lembrar que vocês existiram aqui.

amedrontei

tudo começou quando você cantou
I don’t believe that anybody feels the way i do about you now
e por causa de você eu virei um campo de batalha

você estava a milhas de distância
mas eu posso jurar que senti a textura da tua epiderme
nas palmas das minhas mãos

entre nós sempre existiram montanhas, estradas escuras e oceanos pacíficos ou não
mas o teu cheiro era o pedaço do céu que me cobria
e mesmo quando chovia, eu sei, você estava lá

você é a parede que separa o próprio amor de mim
você é o brilho sombrio da multidão sem rosto
e foi por causa de você que os muros a minha volta foram levantados

e eu repetia pra mim: when the walls come down, when the walls come down
quando as paredes ruirem, eu estarei livre de você

lutei batalhas que não eram minhas
me fiz cenário de combate
e permiti que me despedaçassem
de novo e de novo

mas outros amores só me renderam arranhões
e quando você é a própria zona de guerra
arranhões são motivos para festejo
arranhões secam, cicatrizam, apagam-se da pele
você lateja, sangra e não desaparece nunca

quando se trata de você, eu já sei
depois que as paredes ruírem, vai começar tudo de novo

Desde criança tive a tendência para criar em meu torno um mundo fictício, de me cercar de amigos e conhecidos que nunca existiram. Não sei, bem entendido, se realmente não existiram, ou se sou eu que não existo.
—  Fernando Pessoa (1935)
Claro que existiram situações difíceis, sentimentos ruins… só não podemos permitir que isto encubra os momentos bons que já tivemos ou que ainda podemos ter.
—  Utopias de Sonhador
Uma reflexão

Um dos motivos de Deus nos colocar em situações nem sempre fáceis é para que além de aprendermos a lidar, também possamos evoluir através do nosso maior sofrimento, principalmente aqueles que sempre existiram. Isso tudo contribui com boa parte do nosso ministério, e é esse o ponto chave, Deus sempre soube o que passaríamos, e nos criou na intenção de vencermos todas as circunstâncias para que lá na frente tivéssemos um grande e bom testemunho de vida para levar alguém até Jesus. Através da nossa vida, Deus ainda vai mudar outras, então tire tudo como ensino, porque nada é em vão. 

Nossa mente é tão brilhante que criamos personagens, cenas e roteiros que nunca existiram. Entretanto, a capacidade que temos de sonhar nos motivam de tal forma, que podemos fazer aquilo que jamais teve existência, se tornar a coisa mais viva que já vimos nesse planeta.
—  A mente de um sonhador.

Desde criança tive a tendência para criar em meu torno um mundo fictício, de me cercar de amigos e conhecidos que nunca existiram. (Não sei, bem entendido, se realmente não existiram, ou se sou eu que não existo. Nestas coisas, como em todas, não devemos ser dogmáticos). Desde que me conheço como sendo aquilo a que chamo eu, me lembro de precisar mentalmente, em figura, movimentos, carácter e história, várias figuras irreais que eram para mim tão visíveis e minhas como as coisas daquilo a que chamamos, porventura abusivamente, a vida real. Esta tendência, que me vem desde que me lembro de ser um eu, tem-me acompanhado sempre, mudando um pouco o tipo de música com que me encanta, mas não alterando nunca a sua maneira de encantar.


Fernando Pessoa 
Carta a Adolfo Casais Monteiro – 13 Jan. 1935 (fragmento)

Uma pequena parte do meu amor por você

Você é meu raio de sol, você acendeu uma luz no meio da minha escuridão, você me faz sentir insanamente amada e cuidada, você me faz sentir como se eu pudesse fazer qualquer coisa que eu quiser fazer, você é simplesmente extraordinário pra mim. Se eu pudesse colocar em palavras o que você é pra mim, eu faria, mas eu não posso, é muito sentimento pra ser posto em palavras. É incrível como meus sentimentos por você ficaram tão intensos em menos de 2 meses. É como se fosse pra ser, como se a gente já se conhecesse antes e estivéssemos sendo reunidos de novo. É lindo e puro, é a gente. Você me faz rir tanto, e quando eu estou contigo parece que todos os momentos ruins nunca existiram, você me cerca com luz e brilho e eu te agradeço muito por isso. Você é meu tudo agora, você é a pessoa que eu morreria por sem nem pensar duas vezes, alguém que eu faria qualquer coisa pra ser feliz, alguém que tem tantos sentimentos dentro que me faz querer ir mais e mais fundo em você. Você é luz e trevas, mesmo que isso não faça sentido, você é intenso, você é cheio de sentimentos que você ainda não entende direito, você é doce e bondoso, e eu queria que todos pudessem te ver como eu vejo, porque é lindo. Oh menino, vamos falar desse teu sorriso, e daqueles seus olhos brilhantes quando você ri, seu olhar bondoso quando você me olha e vê mais do que eu mostro, sua boca tão perfeita, o som da sua risada, suas mãos, seus lábios e o quão delicadamente eles me beijam, seu cabelo longo e macio, seus braços e como eles me seguram tão forte, seu rosto lindo, seu pescoço e aquelas duas pintinhas que você tem nele, seu peito, suas maçãs do rosto e como elas parecem perfeitas quando você sorri de verdade. Você é tão perfeito e nem vê isso, você tem partes ruins como todo mundo, mas quando alguém tem um coração tão bom é uma alma tão bonita quanto a sua, as partes ruins são só pequenos detalhes. Eu amo quando você me segura com força como se o mundo fosse acabar, quando você me abraça tão desesperadamente que parece que estamos dizendo adeus, quando você está triste e apegado e só quer ser cuidado, então você me abraça forte e me beija a cada 30 segundos, quando eu te pego me olhando como se eu fosse um anjo ou algo extraordinário, seus olhos brilhando e você parece estar tão admirado. Aquela vez que você tava doente e triste, então eu cuidei de você e você dormiu nos meus braços e eu senti como se eu tivesse segurando a coisa mais preciosa que eu tenho, nos meus braços, você parecia tão em paz e relaxado, eu poderia te assistir dormir por horas e nunca me cansar. Eu tentei colocar em palavras o quanto eu te amo e o quanto eu amo cada coisa que você faz, mas é impossível, então eu mantenho pra mim, na minha mente caótica, todas as coisas que eu queria saber como dizer. Você disse que eu sou uma pessoa ótima, mas você não vê que você é uma pessoa maravilhosa, você só vê o mal em você, e eu tenho certeza quando eu digo que você é muito mais do que o mal. Eu não preciso que você me dê anéis, uma declaração estúpida no Facebook ou algo assim, eu só preciso que você me ame, e que você se cuide, porque parece que você está se auto destruindo e eu acho que isso acontece porque você fica lembrando das coisas ruins. Eu queria poder te fazer esquecer todas as coisas ruins, queria ser pra você o que você é pra mim, eu queria ser suficiente pra você, mas eu sinto que não sou, mesmo que você me diga todo dia que eu sou mais do que suficiente e que você não me merece. Eu nunca amei ninguém assim, eu nunca me senti desse jeito, e tudo que a gente faz é novo pra mim, eu nunca beijei alguém, eu nunca deixei ninguém me ver como eu realmente sou, eu nunca me permito ser eu mesma com as pessoas porque elas não gostam da eu cheia de amor, que gosta de ficar abraçando e que é grudenta, eu não tenho certeza se elas gostam de mim de qualquer jeito, mas você, eu posso ver e sentir que, você não apenas gosta mas que você ama cada parte de mim. Isso já está longo o suficiente, e se eu continuar, eu nunca vou parar, então, essa é uma pequena parte do quanto eu te amo.

E você me dizia: “Eu não vou te machucar, eu nunca faria isso com você, eu prometo.” e me jurava de dedinho.

Mas você mentiu, não foi capaz de cumprir com sua palavra. Você me machucou, e muito, várias e várias vezes. Noites mal dormidas, dias mal vividos.
E agora? Para onde se foram todas as promessas? Todas as juras? Se esvaíram por entre todo esse caos ou nunca existiram?
—  Essa é pra você, L.